kalinebogard Kaline Bogard

Se você tivesse a chance de realizar um sonho, iria até as últimas conseqüências? Ou se acreditasse viver um sonho, qual seria o limite de suas fantasias? Quando dois corações se encontram, tudo pode acontecer..


Fanfiction Livros Para maiores de 21 anos apenas (adultos).

#Humor #angst #homossexualidade #alcool #mpreg #harry #Draco
14
6.6mil VISUALIZAÇÕES
Completa
tempo de leitura
AA Compartilhar

Entre a festa e o sonho

Notas do Autor

Importante: antigamente eu postava algumas histórias com o nick de "Felton Blackthorn". Então se você ver esta história postada como "Felton Blackthorn", saiba que é o meu perfil também!

Atualmente ando postando nos perfis oficiais "Kaline Bogard", mas ambos pertencem a mim! :D

Desafio: (Inspirado na Fic "Conseqüências daquela noite" da Chris Ann W.) Em uma festa em Hogwarts, Draco bebe demais. Harry Potter vê o sonserino sair cambaleando e resolve aproveitar a oportunidade para realizar as suas fantasias com o loiro. Porém, essa noite trará sérias conseqüências. A fic obviamente é Drarry, mas ela tem que ser Mpreg. Bônus se a fic for NC-17 – desafio proposto por: Nicolle Snape

Nota01: como o desafio é baseado em uma fic, resolvi utilizar algumas das explicações da autora para as conseqüências daquela noite (com a devida autorização dela)


----



Nota02: devido às diretrizes do site, aqui NESTA PLATAFORMA será postada a versão CENSURADA da história, infelizmente a moderação não se deu ao trabalho de ler a história inteira e tirou conclusões precipitadas. Agradeço a compreensão.



----



Então assim que era uma festa Slytherin?

Harry Potter estava decepcionado. Isso no mínimo.

A coisa de uma semana atrás, quando O Garoto Que Viveu ouvira as primeiras fofocas a respeito da festa na casa adversária, decidira que dessa vez ele participaria. Claro que usando sua capa da invisibilidade, e sem que seus... anfitriões soubessem.

Tal curiosidade era perfeitamente justificável, já que como Ron costumava dizer, aqueles Slytherins botavam mesmo para quebrar, todas as festas na casa da Serpente terminavam em orgias e coisas piores. Sádicas.

Pra matar a dúvida, Harry decidira que participaria de uma dessas festas, de qualquer maneira. E fora tão fácil no fim das contas... só precisara esconder-se debaixo da capa da invisibilidade e espreitar as masmorras por um tempo, até flagrar Zabini e Nott saindo a surdina provavelmente para contrabandear alguma bebida.

Tudo o que teve de fazer foi esperar por alguns minutos, até os dois Slytherins retornarem com os braços cheios de garrafas de Firewhisky. Assim que Zabini sussurrou a senha, abrindo a entrada para o salão comunal, Harry aproveitou-se e escorregou antes que a passagem se fechasse e ele ficasse de fora.

Num primeiro momento, o moreno achou tudo muito animado. Havia música, muita comida e a cerveja amanteigada corria solta nas grandes canecas. Sobre a mesa com os doces estava também uma jarra que parecia ser de suco de abóbora e que sem dúvida estava batizado.

Quando Zabini e Nott chegaram com o Firewhisky, foram cercados pelos sedentos Slytherins, que avançavam sobre os garotos, tentando encher os copos com algo mais forte que a cerveja amanteigada.

Harry teve que desviar dos bruxos e refugiar-se em um canto, temendo esbarrar em alguém.

E então a decepção veio com força total. Aquela era uma das famosas festas Slytherin? Pois então toda Hogwarts estava enganada. Não havia nada suspeito aos olhos de Harry. Nada de orgias, nem nada demais.

Apenas estudantes enchendo a cara e se animando para dançar de forma desajeitada. Suco de abóbora batizado e vozes exaltadas. Ótimo, exatamente como as festas Gryffindor... e talvez como as Ravenclaw, que eram bem comentadas também.

A coisa mais indecente que Harry viu foi Goyle e Millicent se pegando num dos cantos do salão.

Que beleza. Se eu soubesse teria ido a Torre de Astronomia. Seria muito mais interessante.

Claro, porque agora teria de esperar alguém sair, para que pudesse voltar a seu dormitório.

Os olhos verdes enquadraram todo o salão comunal da casa da Serpente. Estava diferente de quando invadira ali no segundo ano. Parecia maior, e os móveis haviam sido trocados.


Harry e Draco saem da festa.


Harry Potter e Draco Malfoy se encontram.


Os dois se entregam ao amor apaixonado...


Não que isso importasse agora. Afinal, teria um grande problema pela manhã, quando Draco abrisse os olhos e percebesse que, daquela vez, não se tratava de um simples sonho...

Fossem quais fossem as conseqüências, Harry estava disposto a pagá-las, feliz consigo mesmo por ter tido coragem de realizar sua fantasia mais secreta.

+

17 de Janeiro de 2022 às 12:21 3 Denunciar Insira Seguir história
2
Leia o próximo capítulo As consequências de um ato

Comente algo

Publique!
Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a dizer alguma coisa!
~

Você está gostando da leitura?

Ei! Ainda faltam 12 capítulos restantes nesta história.
Para continuar lendo, por favor, faça login ou cadastre-se. É grátis!