Esquadrão da Revisão Seguir história

embaixada-brasileira Inkspired Brasil

Os autores estão indecisos, escondidos, com medo: a Gramática os ameaça de todas as formas. É neste cenário caótico que um esquadrão se formou: soldados competentes em busca de justiça, recrutando mercenários para lutarem ao seu lado e, juntos, combaterem o Obscurantismo. Assim, o Esquadrão da Revisão ergue-se contra a tirania da Gramatica para submetê-la aos autores. Entender como funciona a gramática normativa é a base de qualquer escritor. Passar a ideia da cabeça para o papel de forma harmônica é a maior dificuldade de muitos literatos. Nós queremos, neste blog, mostrar a vocês que a gramática não é uma tirana; ela não passa de uma ferramenta que serve para ajudá-los. Juntem-se ao nosso esquadrão para desvendar os mistérios da Gramática e de suas normas.


Não-ficção Todo o público.

#acentuacao #EmbaixadaBrasil #gramática #revisão
29
6354 VISUALIZAÇÕES
Em progresso - Novo capítulo A cada 15 dias
tempo de leitura
AA Compartilhar

Acentuando as palavras oxítonas




Acentuando as palavras oxítonas

Escrito por Karimy


Olá, pessoas! Tudo certo?


Hoje estou aqui para mostrar a vocês como funcionam as regras de acentuação das palavras oxítonas. Mas o que são palavras oxítonas?


Se você não sabe ou não tem certeza, vou explicar direitinho para que não fique dúvida alguma!


As palavras oxítonas são aquelas bonitonas que possuem o acento tônico na última sílaba. Só que temos um pequeno probleminha aqui! Você sabe qual é a última sílaba de uma palavra?


Chegue mais, vou mostrar!



Como você pode ver, as sílabas estão classificadas como 3, 2 e 1, isso porque contamos as sílabas a partir da última, não da primeira. Ou seja, quando a sílaba tônica for a de número 1 (a última), você estará diante de uma palavra oxítona!


Ainda não entendeu?


Vou simplificar!


Você está saindo da escola e vê aquele seu amigo que mora perto da sua casa e decide chamá-lo para irem embora juntos, então, você grita:


— Josééééééé!


Viu só? Quando você gritou o nome de José, a sílaba ficou com a parte mais forte do seu grito. Essa sílaba mais forte de uma palavra é aquela que chamamos de sílaba tônica e todas as vezes em que a última sílaba de uma palavra terminar com mais força, você estará diante de uma palavra oxítona!


A Língua Portuguesa possui um ritmo natural de fala, o que faz com que sempre recorramos ao acento paroxítono das palavras, cuja sílaba tônica é a penúltima. Ou seja, quando tiver de gritar uma palavrinha desconhecida, o mais natural será que você acentue a penúltima sílaba. Pense na palavra pudico. Na sua mente, como foi que a pronunciou? pu-DI-co? Se sim, você está certo! A palavra não possui acento, mas o seu ritmo natural de fala, enraizado desde pequenininho na sua cabeça, o guiou na hora de pronunciá-la. Na nossa língua, toda palavra possui essa sílaba tônica natural, mesmo quando não acentuada, e você usa a acentuação quando quiser marcar uma tonicidade diferente dela.


Logo, o objetivo da acentuação é sabermos a pronúncia formal de todas as palavras, inclusive daquelas que ainda não conhecemos.


Observe estas palavrinhas:



Conseguiu identificar em qual sílaba recai a tonicidade dessas palavras? Bom, se você respondeu que todas elas são oxítonas por terem como sílaba tônica a sílaba 1 (a última), então você acertou!


Vamos observar essas palavras um pouquinho mais de perto: Paraná, café, dominó.


Certo, Karimy, observei, mas o que essas palavras têm de tão importante?


Bom, não muita coisa, na verdade! O que quero mostrar a você é a terminação delas! Perceba que a primeira termina com a vogal a, a segunda com e, enquanto que a terceira com o. Por que estou apontando isso? Simples! A primeira regra de acentuação de oxítonas que veremos é esta: Acentuam-se todas as oxítonas terminadas em: a, as; e, es; o, os.


Vamos, agora, para a segunda regrinha:



Imagino que tenha percebido de primeira que todas essas palavras são oxítonas! Elas também não possuem nada em comum, mas observe a terminação delas. Viu? éu; éi e ói: Todas as palavras oxítonas terminadas com esses ditongos abertos são acentuadas!


Fácil, não é mesmo? Vamos prosseguir, então!


Observe estas palavras:



Ah, já foi direto conferir a terminação delas! Muito bem! Está aprendendo! Todas as palavras oxítonas com a última vogal tônica fechada e ou o receberão acento circunflexo (^).


Agora, veja estas palavrinhas aqui:



Percebeu? Não? Vou explicar: todas as palavrinhas oxítonas com mais de uma sílaba e terminadas em ditongo nasal em ou ens serão acentuadas.


Agora, veremos as monossílabas. Não sabe o que é monossílaba? Vou simplificar: monossílabas são todas as palavras com apenas uma sílaba! Acentuam-se todas as monossílabas tônicas que terminarem em a, as; e, es; o, os.


Veja só:



Viu como é fácil?


Bom, agora, estamos chegando ao fim! Veremos a última regrinha que você aprenderá sobre como acentuar palavras oxítonas e ela também é muito simples!


Quando ligamos um verbo a um pronome oblíquo (me, te, lo, na...; aqueles que podemos colocar antes ou depois do verbo; “a amar = amá-la”), poderemos produzir uma oxítona ou um monossílabo a partir dele. Sendo assim, deveremos acentuá-lo.


Viu só? Acentuá-lo!


Mas como saber quais verbos acentuar? Mostrarei a você:



Percebeu quais são as terminações dos verbos? Não? Vamos verificar então: a; e; o. Todos os verbos que, quando ligados a pronomes oblíquos, terminarem com essas vogais receberão acentuação.


Agora, se o verbo terminar com i, quando ligado a um pronome oblíquo, e fizer parte de um hiato (o encontro de duas vogais, mas em sílabas diferentes), ele também será acentuado. Veja só:



Você ainda tem cabelo? Sim? Ufa! Isso é ótimo, significa que conseguiu aprender todas as regrinhas de acentuação de oxítonas sem se desesperar. Isso me deixa feliz!


Entendeu tudo direitinho? Caso ainda reste alguma dúvida, deixe nos comentários! E não se esqueça de que você sempre pode procurar no google se estiver com um pé atrás a respeito de como acentuar determinada palavra. Como escritores, precisamos usar todas as ferramentas à nossa disposição!


Até a próxima dica! Beijos!


Revisado por Kaline Bogard


Referência: BECHARA, Evanildo. Moderna gramática portuguesa. 37. ed. Rio de Janeiro: Nova Fronteira; Lucerna, 2009.

17 de Maio de 2018 às 01:41 2 Denunciar Insira 8
Leia o próximo capítulo Acentuando as palavras paroxítonas e as proparoxítonas

Comentar algo

Publique!
Karimy Karimy
kkkkkkkkkkkk Mééé!!!
24 de Maio de 2018 às 05:28
Camy <3 Camy <3
Então, dona Karimy, eu tenho uma dúvida... Esse José aí tem todos os "e" acentuados mesmo?
18 de Maio de 2018 às 00:24
~

Você está gostando da leitura?

Ei! Ainda faltam 16 capítulos restantes nesta história.
Para continuar lendo, por favor, faça login ou cadastre-se. É grátis!