Black Garden Seguir história

linest LiNest

Sete mulheres de uma nobre família. Esses são os contos sobre as flores de um jardim negro. {Coletânea de drabbles para o Desafio do Dia das Mães 2018}


Fanfiction Livros Todo o público.

#mae100 #harry-potter #Walburga-Black #Iola-Black #Narcisa-Malfoy #Andromeda-Tonks #Lucretia-Prewett #Cedrella-Weasley #Bellatrix-Lestrange #Black-Family #Familia-Black #Mães-Black #Mulheres-Black
1
5.3mil VISUALIZAÇÕES
Completa
tempo de leitura
AA Compartilhar

Erva Daninha

Houve muitos momentos na vida de Walburga Black onde ela se sentiu rancorosa por ter nascido como uma mulher, mas nada a preparou para a gravidez onde tudo era um pesadelo e ela nunca odiou tanto antes seu destino.


Mas então ele nasceu, pulmões fortes com um choro alto e tudo pareceu claro para ela. Ali, em seus braços, estava seu futuro, o fruto de toda aquela provação, toda a dor e raiva. Foi com olhos cansados que Walburga olhou para seu filho, sangue e primogênito.


Sirius Black era seu orgulho e Walburga, pela primeira vez, se sentiu realizada.


✿ ✿ ✿ ✿ ✿ ✿ ✿ ✿ ✿ ✿ ✿ ✿ ✿ ✿ ✿ ✿ ✿ ✿ ✿ ✿ 

Notas Finais:


Já começamos bem, a primeira mulher Black a ser retradada é a famosa matriarca Black. Nada melhor do que começar com o rancor.


Ok ok, vou aqui explicar porque a flor da Walburga é a erva daninha.


Além do óbvio significado de praga, eu usei erva daninha por ser a única tradução válida para a flor que originalmente eu usaria chamada Hawkweed, é uma flor tipica alemã que é da família das plantas tradicionalmente conhecidas como erva daninhas, além de ser bem tóxica, muito parecida com a Walburga, então faz sentido.


Mas explicando mais sobre de onde venho a ideia, eu dei uma pesquisada no nome da Walburga e é claro que tudo me levou diretamente para o famoso Noite de Walpurgis, como eu queria uma flor que nascesse em Blocksberg, o local onde ocorre a festa pagã, fui fazendo pesquisas e descobri a hawkweed, bem legal né? Então tá ai o resultado.


Vou até deixar aqui no final uns links das minhas fontes de inspiração.


Enfim, não esqueçam que comentários e criticas alimentam uma alma, see ya~


Parte mitológica nórdica do nome

Sobre a noite de walpurgis

8 de Maio de 2018 às 21:48 6 Denunciar Insira 2
Leia o próximo capítulo Alecrim do Pântano

Comentar algo

Publique!
Neeca Ashcar Neeca Ashcar
uou começar com a Walburga, eita mulherzinha que me deu dor de cabeça, mas pelo menos o Sirius senpai conseguiu quebrar um pouco essa mulher dificil <3
19 de Maio de 2018 às 19:17

  • LiNest LiNest
    Começar com a Walburga foi uma estratégia deliberada lol vi o tema e ela venho direto na minha cabeça. Mas sim, eita mulherzinha chata. Muito obrigada por comentar~ 19 de Maio de 2018 às 20:40
Ocarina Ocarina
Olha só que demais! Começar com a matriarca Black foi uma grande surpresa! Gostei bastante e não esperava nada menos que uma mulher rancorosa. Mal sabia ela o quanto desgosto Sirius lhe traria no futuro! hehe Valorizo muito a pesquisa que você fez sobre o nome e tudo mais! Mostra o quanto se compromete com a sua história! Parabéns pela drabble! Beijos!
10 de Maio de 2018 às 09:49

  • LiNest LiNest
    Não havia como não começar com uma figura tão marcante quanto a Walburga, além de que a ironia de tudo, como vc lindamente apontou, era apenas deliciosa demais para ignorar saghsaghsa e quis dar um toque especial para a Walburga, precisava de uma flor que a representasse plenamente, não foi ruim o fato dessa flor ser uma erva daninha. Muito obrigada por comentar 10 de Maio de 2018 às 18:37
Crytter Crytter
Uou! Não espera pela mãe do Sirius! Adorei!
8 de Maio de 2018 às 17:22

  • LiNest LiNest
    Eu acho que ninguém espera pela Walburga, mas ela é mãe mesmo sendo do jeito que é Obrigada por comentar 8 de Maio de 2018 às 17:55
~

Você está gostando da leitura?

Ei! Ainda faltam 6 capítulos restantes nesta história.
Para continuar lendo, por favor, faça login ou cadastre-se. É grátis!