O primeiro amor do papai Seguir história

larivalk Larivalk .

Os dois garotos se perguntaram quem era aquela loira misteriosa, além de ficarem curiosos sobre sua identidade, se ela era ou não, o primeiro amor de seu pai.


Fanfiction Anime/Mangá Impróprio para crianças menores de 13 anos.

#naruto #shikanaru #Naruto-Uzumaki #Shikamaru-Nara #Boruto-Uzumaki #Shikadai-Nara
Conto
10
5.0mil VISUALIZAÇÕES
Completa
tempo de leitura
AA Compartilhar

Afinal, quem é ela?

Shikadai estava mexendo em caixas antigas em sua casa, estava querendo procurar alguma foto do tal Asuma, que seu pai tanto falava, então estava procurando alguma foto que o mesmo estivesse com Kurenai, já que a única que ele via pela casa era do seu pai muito jovem junto com o time dele e Asuma atrás, só com o rosto aparecendo, não tinha nenhuma depois que seu pai ficara adolescente.

─ O que você ta procurando? ─ Era Boruto, perguntando um tanto curioso.

─ Uma foto do papai com o tio Asuma, queria ver ele junto com o papai mais velho, não com ele tendo 13 anos igual a gente. ─ Falou pegando uma outra caixa e procurando algum álbum de fotos, ou fotos largadas.

─ De fato, o papai fala muitas histórias dele, assim como o pai fala do vovó Jiraya. ─ Falou com um sorriso se agachando e começando a ajudar seu irmão.

Sim, Shikadai e Boruto eram irmãos, gêmeos para ser mais exato. Só que eram completamente diferentes um do outro, fazendo com que muitos duvidassem se de fato eram gêmeos, mas seus dois pais sempre diziam que mesmo sendo diferentes, eram pequenas cópias de si. Enquanto Boruto era uma copia de Naruto, Shikadai era uma copia de Shikamaru, só que possuía olhos esverdeados, assim como sua avó.

Naruto e Shikamaru tinham se casado, depois de um ano de paz na vila, o moreno tinha ajudado o loiro a virar Hokage e hoje em dia era o conselheiro do mesmo. Eram dois homens muito ocupados, afinal com a paz, muito trabalho havia se acumulado. Afinal, eles tinham que lidar com a crise econômica, já que ninjas já não eram tão viáveis como antigamente, sem contar que precisavam mudar uma série de questões antigas na qual hoje em dia não tinha mais sentido.

Boruto era o mais problemático, pois ele ficava furioso com seus pais por serem um tanto ausentes, ele sabia que a vila precisava dos dois, só que ainda sim achava que os dois podiam ficar mais tempo consigo do que cuidando da vila, ele brigava principalmente com seu pai Naruto, já que ele era o Hokage.

Já Shikadai entendia a ausência dos pais, tinha muito orgulho de ambos e entendia o motivo de algumas vezes eles forem ausentes, então era sua responsabilidade ficar cuidando e tentando abrir a mente do irmão sobre o assunto, pois seus pais davam todo amor e carinho que mereciam, não deixaria o irmão ter raiva de nenhum dos dois.

─ O que é isso?! ─ Boruto falou com uma foto em mãos, era seu pai mais novo, junto a uma garota loira sorridente, seu pai estava completamente envergonhado. ─ Ele ta envergonhado?

─ O quê? Dá isso aqui! ─ O moreno pegou a foto da mão do irmão, não acreditando na mesma. ─ Como assim?! Papai disse que seu primeiro amor tinha sido o pai! Que ele nunca tinha se apaixonado por outra pessoa!!

─ Não é o que parece, olha isso! ─ Falou Boruto irritado, havia mais fotos com a tal loira misteriosa, tinha até deles mais velhos. ─ O papai…

─ Não! Ele não traiu o nosso pai, impossível! Eles se amam tanto! ─ O moreno mordeu o lábio querendo não acreditar que seu pai estava sendo traído, ele não merecia aquilo. Não podia aceitar que estava vendo aquelas fotos.

─ Vamos falar pro pai, ele merece saber! ─ Boruto falou decidido, levantando e juntando as fotos com a loira.

─ Você está doido?! Se mostrarmos essas fotos, eles podem se separar! ─ Falou se levantando em pânico.

─ E você prefere ver o papai continuar a trair nosso pai? ─ Falou vendo o moreno fazer uma expressão triste.

─ Como ele pôde?! Eu achei que era mentira, era só o primeiro amor dele, não o casamento todo! ─ Disse começando a chorar. ─ É tudo culpa minha, se eu não tivesse achado essas fotos…

─ Nosso pai seria enganado a vida toda, agora cabe a nós dizer a verdade. Vem, vamos! ─ Disse puxando a mão do irmão, não deixaria mais um dia passar, iria hoje mesmo para a torre do Hokage, falar tudo.

Enquanto isso na torre, Naruto estava apoiado na parede, tendo o moreno a sua frente. Estavam se beijando, aproveitando o curto espaço de tempo que possuíam de folga. As caricias estavam aumentando, deixando ambos um tanto animados.

Entretanto, Naruto sentiu a presença de seus dois filhos, então se afastou do moreno que ficou confuso. Mas ao ver duas figuras pequenas entrarem afobadas na sala entendeu, agradeceu mentalmente pelo marido ter aquele dom maravilho, já tinham escapado de varias ciladas constrangedoras.

─ Pai, precisamos conversar com o senhor, em particular. ─ Falou Boruto encarando feio seu outro pai, que lhe encarou confuso.

─ Papai, poderia sair? Queremos falar a sós com o pai. ─ Falou Shikadai apertando forte a mão do irmão, não queria olhar no rosto do mesmo.

─ Vocês estão estranhos e parecem tensos, por qual motivo querem só falar com o Naruto? ─ O moreno cruzou os braços encarando as duas crianças, fazendo Boruto rosnar e gritar.

─ Eu falo na sua frente então, não tem problema nenhum!! ─ Falou irritado.

─ Irmão, não! ─ O moreno tentou impedir.

─ Pai, o senhor está sendo traído! ─ Falou vendo o olhar de choque de ambos os homens a sua frente. ─ Achamos varias fotos dele! ─ Falou chorando, enquanto apontava para o moreno. ─ Com outra mulher !! Pareciam felizes, ele… Ele tinha falado que o senhor tinha sido o primeiro e único amor dele… Mas… Mas ele mentiu.

─ Deixe-me ver essas fotos. ─ Falou Naruto se aproximando calmo, agachando para que ficasse na altura do filho.

O mesmo pegou o bolo de fotos que Boruto carregava, Shikamaru tentou até se aproximar, mas os dois garotos recuavam a cada novo passo. Naruto ao ver as fotos, esboçou um sorriso e logo começou a rir, fazendo as duas crianças ficarem sem entender.

─ Oh, querido! Eles acharam essas fotos nossas! ─ Naruto falou com um sorriso alegre se aproximando do moreno, que ficou envergonhado ao vê-las.

─ Problemáticos, tudo isso por essas fotos? Céus, eu quase tive um infarto aqui! ─ Disse vendo seu marido sorrir um tanto desconfiado. ─ Você é um porre ciumento Naruto, mesmo sendo mentira você podia simplesmente me jogar pela janela, com um estralar de dedos!!

─ Isso é tão exagerado, mas enfim crianças, seu pai não esta me traindo. ─ Falou fazendo um carinho nos cabelos loiros do filho, logo se agachou para que pudesse limpar as lágrimas.

─ Então quem é?! ─ Shikadai perguntou curioso, afinal seu pai até mesmo beijava a loira.

─ É seu pai, Naruto. ─ Shikamaru falou passando as fotos, vendo uma a uma.

Os dois garotos começaram a fazer varias caretas, não entendendo aquela situação. Como assim era seu pai? O mesmo era uma mulher e ao mesmo tempo um homem? Aquilo não tinha sentido nenhum, eles estavam cada vez mais desesperados em busca de respostas. Então um barulho e uma fumaça chamou atenção dos dois, fazendo com que eles encarassem a sua frente e ficassem ainda mais em choque.

─ Sou eu! ─ Falou uma bela mulher de cabelos loiros, bem compridos. Estava usando exatamente a mesma roupa que Naruto. E possuía um belo sorriso. ─ Afinal, acharam que vocês nasceram como? Fui eu que lhes dei a luz.

─ Mas… Mas… Isso… ─ Boruto não sabia o que dizer.

─ Seu sensei, Kohonamaru sabe fazer o mesmo também. ─ Disse divertida. ─ Só acho que ele não aguenta tanto tempo quanto eu, sabe como é.

─ Pera, o senhor ficou 9 meses nessa forma?! O senhor ficou grávido?! Isso é possível! ─ Shikadai falou ainda mais confuso.

─Possível não é, para um humano, mas eu não sou um humano comum, esqueceram que eu tenho a Kurama dentro de mim? Com a paz, eu consegui um tempo pra conseguir planejar isso, Tsunade-Obachan me ajudou e pronto, fiquei gravido e precisei ficar nessa forma durante 9 meses!

─ Por isso tem fotos do Naruto como mulher comigo, ele devia já estar grávido e mantendo a forma. ─ Falou com um sorriso gentil olhando para os filhos.

Ambos os garotos estavam maravilhados, a loira a sua frente era linda, não tinham visto mulher mais bonita do que aquela na vida deles. Ficavam até mesmo envergonhados de vê-la sorrindo tão gentilmente para eles.

─ Mas por que nunca vimos essa forma antes? Não seria normal que já tivesse nos mostrado e explicado? ─ Boruto perguntou curioso.

─ Bem, é que seu pai tem ciúmes de mais dessa forma, ainda mais pelo fato de seu tio Kiba… ─ Mas não conseguira terminar pelo olhar mortal do marido.

─ Escutem garotos, seu pai é a droga de um homem muito popular, mulher então é problemático de mais. ─ Disse suspirando e coçando os cabelos. ─ Quero que prometam pra mim ficar de olho nele, espantando qualquer babaca que se aproximar.

─ Gente, que absurdo. ─ Naruto falou colocando as mãos na cintura, não acreditando naquilo. ─ Não faça meus filhos ciumentos, assim como você.

─ Só estou protegendo o que é importante. ─ O moreno segurou a cintura da loira que lhe sorriu amorosa.

─ Sem beijos, por favor! ─ Shikadai falou com uma careta.

─ Espero que tenham entendido toda a situação, queridos. ─ Falou a loira fazendo um carinho nos cabelos de ambos os garotos que ficaram envergonhados.

Os dois garotos assentiram animados, fazendo com que Naruto acabasse pegando os dois para que pudesse apertá-los em um abraço forte, só que com isso acabou sufocando os dois em seus seios fartos, deixando eles ainda mais constrangidos, se possível.

Shikamaru olhava a cena com um sorriso, nunca se arrependeria de ter se apaixonado perdidamente pelo garoto problemático, que os adultos tanto odiavam. Lutou pelo amor do mesmo e esteve ao lado dele em todos os momentos, passou por dificuldades, mas no fim tinha conseguido o melhor prêmio de todos.

Sua família e nada podia deixá-lo mais feliz, do que ver seu amado esposo com seus dois filhos.

3 de Maio de 2018 às 21:20 0 Denunciar Insira 5
Fim

Conheça o autor

Larivalk . Local, onde as fics estão em dia >https://www.wattpad.com/user/LariValk

Comentar algo

Publique!
Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a dizer alguma coisa!
~