Flores Seguir história

pudimdemelao Jade Hizuri

Inojin sabia muito sobre flores, não gostava delas, mas poderia abrir uma exceção para os girassóis. *Essa fic também foi postada no Nyah Fanfiction


Fanfiction Anime/Mangá Todo o público. © Todos os direitos reservados

#himawari #inojin #boruto #Inojin-Himawari
Conto
2
5.4mil VISUALIZAÇÕES
Completa
tempo de leitura
AA Compartilhar

Capitulo Único

Inojin conhecia muito sobre flores, passava grande parte do tempo cercado por elas, mas não se importava muito com as mesmas. Na verdade, Inojin não se importava com muitas coisas. Era leal, dedicado ao trabalho como ninja, fiel a si mesmo, mas completamente indiferente.

Ele não era muito de sentimentos, empatia também não era o seu forte. Fazia o que tinha que fazer, era bastante confiável e obediente, em contrapartida era prático demais e sempre tinha uma resposta cheia de honestidade na ponta da língua. Características estas que quase custaram o seu principal ninjutsu.

Não conseguir mais usar o desenho de imitação da super besta foi o seu momento de angústia como ninja. Por mais que se mantivesse escondido na sua típica indiferença, perder seu mais importante ninjutsu o deixou completamente abalado. Até ela aparecer.

Himawari era como o sol, levava luz por onde passava. Era doce e tinha uma pureza que não poderia se comparar a nenhum ser humano. O que Inojin tinha de indiferente, Himawari tinha de sentimentos e empatia. Ela era tudo o que faltava em Inojin.

Agora, além de luz, Himawari era força. Após ter entrado na Academia a pequena Himawari tirou o título de prodígio do irmão Boruto como se tirasse o doce de uma criança. Rapidamente suas habilidades não ficaram conhecidas apenas na Academia.

Himawari se tornou a mais forte usuária do Byakugan até aquela geração. Suas habilidades ultrapassaram as do falecido prodígio do clã Hyuuga, Neji, ou as da sua tia Hanabi, a nova líder do clã. Era assustador como a inocente filha do Nanadaime era tão poderosa.

Ainda sim, para Inojin, Himawari era apenas luz. A luz que o lembrou o que era realmente importante, a luz que tirava um sorriso seu rosto que não fosse carregado de cinismo e indiferença, a luz que fazia Inojin sentir.

O leve som do sino tirou Inojin de seus pensamentos o alertando da presença de um cliente, naquele dia Inojin precisou cuidar da floricultura no lugar de sua mãe. Por mais que não houvesse negado o pedido dela internamente torcia para que nenhum cliente aparecesse e pudesse desfrutar o dia na companhia de seus pensamentos. Doce engano, Inojin não daria essa sorte.

Levantou os olhos devagar e um inconsciente sorriso brotou nos seus lábios assim que avistou quem havia chegado. Os cabelos de Himawari agora iam até a altura da cintura, seus olhos azuis não estavam muito diferentes assim como as duas marquinhas que adornavam o seu rosto. Vestia uma bermuda preta e uma blusa estilo yukata amarela com uma faixa vermelha marcando sua cintura. Himawari havia crescido bastante assim como Inojin.

— Himawari-chan. — Sorriu se inclinando no balcão. — A que devo a honra de sua presença?

— Bom dia, Inojin-kun — Himawari retribuiu o sorriso de forma doce. — Hoje eu irei visitar o túmulo do tio Neji.

Inojin rapidamente se lembrou do hábito da menina. Todo mês ela e Hinata trocavam as flores do túmulo de Neji. Apesar de nunca ter conhecido o ninja, Himawari nutria extremo respeito por ele.

— Então veio buscar as flores... — Divagou consigo mesmo. — A Hinata-sama não vai te acompanhar hoje?

— Não, já fomos juntas esse mês. — Himawari respondia enquanto observava algumas flores. — Gosto de vê-lo quando preciso de conselhos. — Pegou pequenas flores vermelhas mostrando-as para Inojin. — Deveria levar estas?

— Deveria levar girassóis. — Falou guardando as flores que ela pegou. — Ele vai gostar mais deles, lembram você.

— Por causa do meu nome? — Ela sorriu se lembrando do que sua mãe havia lhe falado alguns anos atrás.

— Não. — Inojin olhou nos olhos de Himawari. — Porque significam felicidade.

Himawari sorriu enquanto sentia seu rosto ruborizar. Com um tímido beijo no rosto se despediu de Inojin levando suas flores consigo.

Inojin conhecia muito sobre flores, nem gostava delas, mas poderia abrir uma exceção aos girassóis.

16 de Abril de 2018 às 03:02 0 Denunciar Insira 7
Fim

Conheça o autor

Jade Hizuri Também tenho uma conta do Nyah!Fanfiction: pudimdemelao

Comentar algo

Publique!
Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a dizer alguma coisa!
~