Deixa-lo ir Seguir história

bhii-alves4291 Bhii Alves

O que me resta a fazer é deixa-lo ir.


Drama Todo o público. © Essa one também foi postada no Spirit, em minha conta (Omma_Gabi). Portanto, não é plágio!!

#homossexual #casamento #Drama-Romantico
Conto
1
5.3mil VISUALIZAÇÕES
Completa
tempo de leitura
AA Compartilhar

Deixa-lo ir

E a ali eu me encontrava no altar da linda igreja que sempre desejei casar com o amor da minha vida que, por sinal estava ao meu lado.
Mas não se engane eu não iria me casar com o mesmo, apenas era seu padrinho de casamento, apenas iria vê-lo se casar com a minha melhor amiga por quem ele se apaixonou há três anos em nosso segundo ano na faculdade.
Os dois se apaixonaram na primeira vez que se viram, e eu era o melhor amigo em comum deles, e claro, sobrou para mim juntar os dois, foi doloroso, mas eu queria a felicidade de ambos meus amigos então, fiz de tudo para junta-los. Mas a pior parte era ouvir por vezes seguidas o quanto o sexo entre eles era maravilhoso, perdi a conta de quantas vezes ouvi suas aventuras sexuais e de quantas vezes os ajudei em algum tipo de fantasia.
Por vezes chorei, escondendo minha dor de todos a minha volta, o sorriso em minha face era constante, radiante de dia e obscuro à noite, foi assim por um longo período, até á noticia que me devastou por completo, eles iam casar e eu iria ser o padrinho, chegou até mim. Naquela mesma noite, me dei conta de que o cara que eu sempre amei nunca iria ser meu e a dor foi maior que todas as outras que já tinha sentido até aquele dado momento.
Por anos eu o amei, mas eu sabia que não poderia conta-lo os meus sentimentos pois sabia de sua opção sexual e que de forma gentil e doce iria me rejeitar, não queria aquilo mas o dia em que ele finalmente iria seguir em frente chegou cedo a sua porta e quem à abriu foi eu.
Segui com meus sorrisos por quatro anos, até a data de hoje, onde ele se casaria e me deixaria para construir sua nova vida onde eu só faria parte da mesma como o melhor amigo de ambos e provavelmente seria padrinho de seus filhos e permaneceria naquela etiqueta de ‘amigo’ pelo resto da minha vida.
Eu iria experimentar a dor de ver o homem que amo, amando uma mulher pelo resto da vida, e iria vê-lo feliz a seu lado, seus melhores sorrisos, seu amor, sua mente, seu corpo e alma, tudo... Seria voltado somente a ela, a quem tanto ele ama.
E eu iria sempre apoia-lo, porque acima de tudo eu queria vê-lo feliz mesmo que não fosse comigo, em meus braços, em minha cama, em minha vida...
A única coisa que poderia fazer era deixa-lo ir.

9 de Abril de 2018 às 02:15 0 Denunciar Insira 0
Fim

Conheça o autor

Comentar algo

Publique!
Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a dizer alguma coisa!
~

Histórias relacionadas