Quebrando todas as regras! Seguir história

arielo Arielo K

Trunks confessa os seus verdadeiros sentimentos para Goten. Porém ele enfrentará grandes problemas com seu pai, que não aceita aquela nova situação. Anos se passam e as coisas mudam, com a chegada de alguém inesperado na vida de Goten e Trunks, que virará a vida deles de pernas para o ar.


Fanfiction Anime/Mangá Para maiores de 21 anos apenas (adultos). © Todos os personagens de dragon ball Z pertencem a Akira Toriyama e não a mim.

#romance #drama #yaoi #sexo #incesto #bissexualidade #Bra #Trunks #goten #Dragon-Ball-Z
7
6.1mil VISUALIZAÇÕES
Em progresso - Novo capítulo A cada 30 dias
tempo de leitura
AA Compartilhar

A notícia!

-


Muitas coisas tinham mudado após o torneio dos doze universos, exatamente dezoito anos se passaram. Durante esse tempo, a família de Vegeta enfrentava um grande dilema, por Trunks se descobrir apaixonado por seu melhor amigo, terminando naquela ocasião seu noivado de anos com Mai.


Após isso Goten e Trunks começaram a namorar e foram morar no mesmo apartamento, contrariando o príncipe dos sayajins que não era a favor deles ficarem juntos, já sua esposa Bulma, como era mente aberta, apoiou seu filho juntamente com Goku, que também queria ver o filho feliz. Por conta das brigas, e do preconceito que ambos enfrentaram vindo de algumas pessoas, Trunks abriu uma filial da corporação cápsula na capital do norte, um lugar bem a frente de seu tempo, muito moderno e liberal, que não se importava nem um pouco que ele morasse com outro homem e tivesse um relacionamento com ele.


Já fazia três anos, que Trunks morava com Goten, na capital do norte, e infelizmente os laços que o empresário tinha com seu pai foram cortados bruscamente, pois ele não admitia que ele tivesse aquela opção sexual. Ao contrário de Bulma que sempre vinha visitá-los e os apoiava abertamente, os defendendo perante os conhecidos e amigos, e foi numa dessas visitas feitas pela matriarca, que as coisas começariam a mudar novamente na família Briefs.


Era verão na capital do norte, o sol escaldante fazia com que todos circulassem apenas com suas roupas mais frescas, foi nessa época do ano que Bulma visitou novamente seu filho, que a esperava no aeroporto.


- Olá! Meu filho – Abraçou entusiasmada a senhora de cabelo turquesa.


- Olá mamãe! A Bra não veio junto dessa vez? – Pediu o empresário.


- É sobre isso que quero falar, a sua irmã passou no vestibular para engenharia mecânica numa universidade bem conceituada da capital do norte, e eu gostaria que você me ajudasse a arranjar um apartamento pra ela.


- Mas ela pode ficar morando comigo e com o Goten, lá é grande tem quatro quartos – Argumentou o hibrido carregando as malas da mãe.


- Seu pai acha melhor ela morar longe de vocês, Vegeta acha que vocês podem influenciar a Bra de alguma maneira – Responde desgostosa a senhora.


- Papai e seu preconceito, eu não entendo porque ele é assim tão cabeça dura. Até o senhor Goku aceitou numa boa o relacionamento do Goten comigo.


- Dê um tempo pra ele Trunks, seu pai um dia aceita vocês.


- Mamãe, eu quero que a Bra more comigo, sem questionamentos e se papai surtar, ele que venha falar comigo, o que duvido muito que ele faça. Ela é minha irmã, não vou deixá-la desamparada sozinha nessa enorme cidade.


- Você me deixa muito orgulhosa meu filho Que bom que você vai cuidar dela! A faculdade de engenharia é o dia inteiro, então vocês só vão se ver a noite e no final de semana, espero que ela não atrapalhe o seu relacionamento com o Goten, sabe sua intimidade – Retrucou a azulada embarcando no carro junto com o filho.


- O Goten também gosta dela, ele não vai ligar de tê-la lá em casa! – Declarou o empresário guiando o carro até sua moradia.


-

Continua

-

31 de Março de 2018 às 20:27 0 Denunciar Insira 2
Leia o próximo capítulo Decisões!

Comentar algo

Publique!
Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a dizer alguma coisa!
~

Você está gostando da leitura?

Ei! Ainda faltam 16 capítulos restantes nesta história.
Para continuar lendo, por favor, faça login ou cadastre-se. É grátis!