Sophie Seguir história

fuckmeangirl Mariana Armstrong

O que você faz quando as suas escolhas te levaram para um caminho sem volta? Eu não me arrependo. Não consigo olhar para trás e sentir que eu deveria estar me culpando por ser a pior filha do mundo e por ter feito tantas coisas que seriam consideradas burrices tremendas. Porém, tudo o que eu queria era fugir. E foi aí que ele apareceu. Como uma luz no fim do túnel, uma nova esperança, uma nova história e uma razão diferente para viver. Todos os meus pensamentos eram dele e tudo que ele fazia era meu. E vivemos felizes até o dia em que a minha mãe nos encontrou.


Erótico Para maiores de 18 apenas.

#agegap lolicon sugardaddy babygirl #drama incesto nudez sexo violencia
17
7.7mil VISUALIZAÇÕES
Em progresso - Novo capítulo Todos os Domingos
tempo de leitura
AA Compartilhar

O Meio

Sophie — Capítulo I.


Parte II – O Meio.


O que você faz quando as suas escolhas te levaram para um caminho sem volta? Eu não me arrependo. Não consigo olhar para trás e sentir que eu deveria estar me culpando por ser a pior filha do mundo e por ter feito tantas coisas que seriam consideradas burrices tremendas. Porém, tudo o que eu queria era fugir. Sentia uma dolorosa vontade de gritar para o mundo inteiro que o meu lugar não era ao lado de quem a minha família pensava ser o correto. Eu queria ser livre para escolher por pelo menos uma vez. Eu queria fugir como uma covarde ou lutar de alguma forma por aquele sentimento que me consumia e me destruía por dentro. Era uma dor boa, mas só quando eu estava com o principal responsável por ela. Eu já estava farta de ser um instrumento nas mãos de pessoas que não se importavam comigo, que só queriam que eu fosse uma droga de boneca manipulável, um passarinho treinado, um cão adestrado sem voz, sem coragem, sem sangue correndo pelas veias.

No entanto, as minhas escolhas levaram-me ao momento que estou vivendo agora. Eu imaginei que um dia o meu sonho dourado chegaria ao fim, mas não dessa maneira. O sangue escorre pelas minhas mãos como suor e o verdadeiro suor salgado e quente encharca os cabelos negros do homem que está deitado ao meu lado. Sua cabeça está em minhas mãos, os olhos estão serenamente fechados, sua boca bonita e fina não é mais capaz de dizer nada. O meu rosto endurece a cada minuto. Não tenho mais lágrimas para chorar esta noite. Aos 15 anos de idade, não me sinto menos do que arrasada pela vida. Tudo o que era meu, tudo que era justo, acabou.

28 de Fevereiro de 2018 às 23:14 2 Denunciar Insira 3
Leia o próximo capítulo Born To Be Wild - Parte I

Comentar algo

Publique!
Karimy Karimy
Excepcional. Sua escrita é leve e a história está com um gostinho irresistível de quero mais! *-*
10 de Março de 2018 às 13:17

  • Mariana  Armstrong Mariana Armstrong
    Oieee! Obrigada por comentar, meu bem. Fico feliz que esteja gostando e agradeço de coração por ter comentado. Espero que continue por aqui. Bjs 1 de Abril de 2018 às 11:34
~

Você está gostando da leitura?

Ei! Ainda faltam 6 capítulos restantes nesta história.
Para continuar lendo, por favor, faça login ou cadastre-se. É grátis!