Café com Canela Seguir história

larivalk Larivalk .

Ja estava na hora de criar coragem e convidar o esverdeado para um encontro.Precisa agir antes que perdesse a cabeça .


Fanfiction Anime/Mangá Para maiores de 21 anos apenas (adultos).

#My Hero Academia #Boku no Hero Academia #Izuku Midoriya #Denki Kaminari #DenkiDeku #Bnha #Boku no Hero Academia (My Hero Academia)
Conto
5
6800 VISUALIZAÇÕES
Completa
tempo de leitura
AA Compartilhar

1


Há quanto tempo já se encontrava naquela situação? Poderia chutar com toda certeza que já era provavelmente o 5 mês já que estava sofrendo em silêncio, a culpa era exclusivamente sua que era covarde de mais para convidar o rapaz de seus sonhos para sair e ter algo mais serio.

Denki Kaminari, um rapaz de cabelos loiros e uma marca de raio na cor preta em seu cabelo, olhos na cor de mel e um corpo um tanto atlético,mas não tanto. Tinha conhecido aquela cafeteria por acaso, já que sempre que ia para seu serviço no edifício em frente sempre a via cheia com pessoas com sorrisos, muitas nem estavam acompanhadas e ainda sim estavam sorrindo.

O loiro então ficou curioso querendo saber o motivo de tantos sorrisos, mas ao pisar naquela cafeteria soube na hora o motivo de tanta felicidade. O garçom do local era simplesmente uma graça e um poço de fofura e beleza. Tinha um corpo pequeno, pelo menos próximo a si que tinha 1,75. Cabelos enrolados e esverdeados algumas sardas no rosto que o deixavam completamente adorável e dois pares de olhos verdes, que faziam qualquer um se perder neles.

Seu nome era Izuku Midoriya, o responsável por frequentar aquele local a 5 meses e estar agindo feito um bobo apaixonado sempre que o menor se aproximava .Como não era tímido nem nada do gênero ,só um covarde mesmo, tinha logo de cara puxado assunto com o menor visto que outros clientes faziam o mesmo, logo não teria problema ele fazer também.

Além de achar o garoto atraente, no quão era mais novo que si já que tinha 23 e ele 19, tinham varia coisas em comum fazendo com que o sentimento que tinha com o mesmo acabasse crescendo rapidamente e quando foi perceber já estava apaixonado pelo mesmo. Mas tinha medo de convida-lo para sair, nem ao menos sabia que ele era gay, mesmo todo seu corpo dizendo que ele tinha a mesma opção sexual que a sua.

Mas já não aguentava mais de sonhar sonhos nem um pouco inocentes com o esverdeado, precisava arriscar antes que perdesse a cabeça. Precisava aceitar que mesmo se não conseguisse era melhor do que ficar parado vendo o mesmo sorrir pra cada novo cliente que entrava pela porta fazendo ficar com ciúmes.

Então se decidiu naquele dia convida-lo, viu o esverdeado vindo em sua direção com um sorriso, ainda não tinha feito o pedido mas o esverdeado já devia saber de cor o que iria pedir. Pelo menos a bebida, já que as vezes gostava de mudar um pouco sua comida, já que tudo naquele lugar era ótimo.

–Além do café com canela, o que meu cliente favorito vai querer? –Falou com um sorriso grande encarando o loiro que retribuiu o sorriso.

–Acho que uma torta de frango –Falou mordendo o lábio e tomando coragem para completar a frase –E a companhia de um certo verdinho para sábado a noite.

Viu o esverdeado piscar algumas vezes com aquilo, estava tão constrangido com aquilo e não ficaria surpreso caso estivesse envergonhado. Viu o esverdeado ficar um tanto rubro, o deixando mais adorável se possível viu ele abrir um sorrisinho e logo anotar algo no caderninho e sair dali sem dar uma resposta pro loiro que ficou um tanto chateado, já que não esperava isso pelo jeito que o esverdeado havia ficado.

Quando seu pedido chegou já se encontrava um tanto desanimado, sua real vontade era sair dali e não voltar mais já que estava um tanto constrangido por continuar a frequentar um lugar aonde tinha levado um fora. Foi ai que viu um papel junto a torta ele pegou e analisou vendo seu conteúdo e abriu um sorriso de lado.

X xxxx-xxxx Meu número, vou adorar sair com você no sábado ;3

O loiro ficou extremamente feliz com aquilo, depois de sua refeição antes de sair deu um beijo na bochecha do esverdeado, que foi pego de surpresa, e ficou extremamente vermelho com aquilo. O loiro só podia esperar que o final de semana finalmente chegasse e pudesse ter a companhia do esverdeado.

Denki poderia dizer com todas as letras e certezas que aquele tinha sido seu melhor encontro de toda a vida, tinham ido ao cinema primeiro e depois foram até uma pista de kart aonde ambos competiram varias vezes de quem chegaria primeiro, no final do encontro comemoram em um restaurante do centro da cidade.

Denki tinha adorado a companhia do menor, tudo nele lhe encantava em uma proporção gigantesca, mal via a hora de ter outro encontro com o mesmo já que não ficaria satisfeito apenas com aquele.

Agora já era tarde da noite e estava levando o menor até sua casa, queria lhe fazer ainda companhia mesmo que um pouco mais, além do fato de ficar preocupado com ele andando sozinho a essa hora. Quando chegaram percebeu a simplicidade da casa do mesmo, não que ele morasse num lugar mais luxuoso do que aquele.

–Eu adorei o encontro !! –Falou o esverdeado em frente a porta.

–Então podemos sair mais vezes, iria adorar tê-lo comigo mais vezes –Comentou o loiro com um sorriso vendo o menor ficar envergonhado –Midoriya, quero que fique ciente dos meus sentimentos… Não quero sair com voce como amigo, quero lhe conquistar e tê-lo só pra mim.

Aquilo pegou o menor de surpresa que mordeu o lábio inferior e ficou mais envergonhado encarando o chão, o loiro ficou parado esperando alguma reação já que naquele encontro ele não tinha tentado fazer nada para ver a reação do mesmo.Mas agora após ver como precisava ter o menor ao seu lado sempre, iria investir mais e demonstrar isso.

–Você quer entrar? –Perguntou ainda envergonhado fazendo o loiro ficar um tanto surpreso –Eu…

–Midoriya, sabe como me sinto e ainda sim quer que eu entre? –O loiro mordeu o lábio inferior ficando excitado com o jeito envergonhado que o menor se encontrava –Eu não vou me controlar, sabe disso .

–Por isso quero que entre –Falou olhando para o loiro e segurando sua camisa enquanto olhava para o rosto do loiro –Eu também quero Kaminari , eu quero você.

Aquilo foi o suficiente para o loiro que se aproximasse e já tomasse os lábios do esverdeado que logo correspondeu como pode, um pouco sem jeito eles entraram pela porta e Midoriya fechou a porta, tentou tranca-la mas Denki ficava beijando seu pescoço e passando a mão em seu corpo fazendo com que o processo fosse mais lento do que o normal.

Quando finalmente conseguiu trancar a porta voltou a beijar o loiro, passou as mãos pelo corpo do mesmo enquanto sentia o maior apertar com certa força sua intimidade por cima da calça o fazendo ofegar e morder o lábio inferior do loiro por conta disso.

Eles se separaram ofegantes e um tanto avermelhados, Midoriya não estava se importando muito então simplesmente empurrou o loiro que estava no braço do sofá para que ficasse deitado no mesmo, se sentou em cima do loiro que rebolou por cima da intimidade do loiro o fazendo gemer com isso.

Midoriya rapidamente retirou sua camisa vendo que o loiro fazia o mesmo abaixo de si, Denki um tanto impaciente inverteu as posições ficando por cima do esverdeado o mesmo dava uma curta risada, já que eles quase caíram para mudar as posições.

–Sei que deseja fazer algo memorável e completamente romântico –O esverdeado falou recebendo atenção do loiro –Mas eu no momento só quero sentir voce dentro de mim o mais fundo possível com força.

O loiro abriu um sorriso sacana vendo o menor lhe olhar com desejo abaixo de si, não conhecia aquele lado do esverdeado, mas tinha adorado saber daquilo. Então atendendo o pedido do menor, logo retirou a calça do mesmo o deixando apenas com a boxer vermelha que mostrava um pouco molhada pelo pré gozo.

Voltou a se aproximar para beija-lo, sentiu as mãos pequenas e um tanto desesperadas em sua calça as puxando com certa força para baixo. Pelo jeito o esverdeado queria aquilo tanto como ele, estava mais excitado ao ver que também era desejado.

O sofá já parecia um tanto desconfortável para os dois que se esfregavam e se beijavam com desejo, o esverdeado falou um pouco ofegante aonde era seu quarto. O loiro se levantou e o puxou para seu colo o carregando pela sala enquanto o menor beijava seu pescoço e ele procurava o quarto.

Quando encontrou jogou o loiro na mesma que sorriu divertido lhe chamando com o dedo enquanto mordia o lábio inferior, estava um tanto surpreso ao imaginar que o menor podia ser alguém completamente diferente na cama, alguém que apenas ele teria o prazer de ver.

–Na gaveta ao lado da cama –Falou o esverdeado, vendo o loiro ficar sobre si para pegar o que o outro queria, sentiu as mãos pequenas abaixarem a boxer e começar um boquete.

–Porra –Falou se apoiando no colchão enquanto sentia a língua do esverdeado passar por toda sua extensão de seu membro. Havia pego o lubrificante e a camisinha na gaveta próxima da cama.

–Esta tão duro… O que esta esperando pra enfiar isso em outro lugar? –Perguntou travesso novamente escutando a respiração acelerada do loiro.

Denki rapidamente abriu o pote despejando o líquido em alguns dedos, saindo daquela posição e retirando a boxer do esverdeado que lhe olhava em expectativa, viu o mesmo morder os lábios o deixando mais excitado. Quando colocou o primeiro dedo escutou um gemido contido e o corpo tremer abaixo de si.

Sem o corpo abaixo de si se acostumar já colocou o segundo escutando o esverdeado suspirar e se remexer um tanto incomodado, subiu o rosto para que pudesse beija-lo enquanto o relaxava fazendo movimentos de tesoura com o dedo.

–Hmm… Denki –Falou entre suspiros um tanto manhoso.

–O que foi ?–Perguntou parando de movimentar os dedos escutando um gemido raivoso do esverdeado,estava adorando aquilo.

–Eu… Preciso de você. –Falou rouco colocando os braços em volta do pescoço do loiro.

O loiro rosnou com aquilo retirando os dedos de dentro do esverdeado e se posicionando em sua entrada. Midoriya era um masoquista de plantão e não duvidaria que estava ficando um tanto sádico ao gostar daquilo, então colocou rapidamente a camisinha em seu membro e começou a entrar devagar foi quando sentiu a cintura do menor abaixar fazendo seu membro entrar por completo.

–Ahh… hmm –Midoriya jogou a cabeça para trás com um sorriso.

–Seu..hmm –O loiro tinha a respiração acelerada por conta do ato, seu membro fora completamente apertado pela cavidade quente que o deixava mais excitado.

Lembrando das palavras do menor, começou a se movimentar com certa agressividade, indo cada vez mais fundo e rápido escutando os gemidos do esverdeado aumentarem cada vez mais alto pedindo por mais. O loiro apertava com força a cintura do menor enquanto se movimentava.

Foi quando atingiu certo ponto que o corpo abaixo de si se contorceu,notando que ali era a próstata do menor. Começou a focar naquele ponto sentindo o corpo começar a tremer e dar leves espasmos. Voltou a beijar um tanto sem jeito já que ambos estavam com a respiração fora de sintonia.

Não demorou muito para que Midoriya gozasse, fazendo com que o membro do loiro fosse completamente apertado fazendo dar as ultimas investidas antes de gozar.Se retirou de dentro do menor e se deitou o puxando para cima do seu colo.

–Então … Masoquista em? -Perguntou com um sorriso de lado.

–Você ainda não viu nada –Respondeu com um sorriso malicioso e ofegante.

–Vou adorar ver mais –Puxando os cabelos esverdeados para outro beijo. Aquela noite estava bem longe de acabar pois não estava disposto a largar aquele esverdeado tão cedo, ainda mais por saber que ele também sentia o mesmo. 

25 de Fevereiro de 2018 às 21:54 0 Denunciar Insira 1
Fim

Conheça o autor

Larivalk . Local, onde as fics estão em dia >https://www.wattpad.com/user/LariValk

Comentar algo

Publique!
Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a dizer alguma coisa!
~