Abraço Quentinho Seguir história

nari Ane Monteiro

Hongbin sentia frio e não havia lugar melhor no mundo para se estar além dos braços de Taekwoon, ainda que ele negasse isso com quase todas as forças.


Fanfiction Todo o público.

#taekbin #leobin #vixx #fanfic
0
7044 VISUALIZAÇÕES
Completa
tempo de leitura
AA Compartilhar

Único

   Taekwoon entrou no quarto logo depois de ouvir a confirmação de Hongbin, que estava se trocando lá dentro após o banho. O mais velho não entendia essa mania de Hongbin, essa recusa de ficar sem roupas na frente dele. Eles já se conheciam há tanto tempo e namoravam havia meses, não tinha motivos para ter vergonha - Leo já tinha visto a bunda de Hongbin nas vezes em que se amavam, ele não tinha que ter vergonha de nada, oras.

   O moreno abriu a porta, encontrando o namorado saindo do banheiro com os cabelos ainda molhados e vestindo a sua camiseta dos tempos de capitão do time de futebol. Não que a camisa fosse muito antiga, ou que Taekwoon fosse enorme, mas ela poderia ser preenchida por um Hongbin e meio - tanto que a mesma havia ficado na metade das coxas do rapaz, coxas que estavam escapando da camisa e dando pensamentos não muitos certos ao ex-capitão.

   “O que você tá olhando tanto, hyung?” Hongbin fez uma cara emburrada e esticou a camisa o máximo que pode para que elas tampassem mais as suas pernas - ele provavelmente está com frio, Taekwoon constatou, já que a saúde do Lee ficava mais frágil quando o clima esfriava.

   “Suas pernas. Elas são bonitas.” Taekwoon deu de ombros e andou até cama, apagando a luz no caminho e deixando apenas o abajur ligado.

   Hongbin tinha certeza que Leo falou aquilo de propósito para deixá-lo envergonhado, o mais velho sempre fazia isso com ele, e se não fosse pela pouca luz a vermelhidão em seu rosto com certeza seria outro motivo de piada. Hongbin fechou a porta do banheiro e andou até o outro lado da cama de casal, se escondendo entre as cobertas. Taekwoon, ainda sentado, arrastou Hongbin para trás fazendo-o encontrar o meio de suas pernas e o conforto entre seus braços desnudos - e ele estava certo afinal, Hongbin estava gelado.

   “Você não tá com frio usando só essa camiseta?” Hongbin perguntou enquanto se ajeitava no colo de Leo para encostar o rosto no pescoço do rapaz. Taekwoon levou o braço para prender a cintura do Hongbin próxima da sua, e a outra mão para fazer carinho no cabelo dele.

   “É estranho, eu não sinto frio direito.”

  “É porque mais frio que esse quarto é só o seu coração.” Hongbin falou raivoso, claramente brincando, uma vez que o frio sempre atingia seu corpo e sua saúde de forma cruel e desumana. Taekwoon puxou o queixo do rapaz e aproximou o nariz quentinho do nariz frio dele e deixou um selinho nos lábios.

   “Mas o meu coração é todo derretido por você, Hongie, não seja assim. Sempre que você me quiser eu vou te aquecer.”

   “Mentiroso.” Hongbin falou no mesmo tom de antes, buscando os lábios do outro, ganhando diversos beijos pelos lábios e rosto, e um sussurro no ouvido.

   “Manhoso.”

   “Como se você não gostasse disso.”

   “E eu não gosto, eu amo, assim como eu amo você.”

   “Eu também te amo, hyung. Mas agora deita aí porque eu estou com frio e quero dormir.”

   “Sim, senhor!”

25 de Fevereiro de 2018 às 21:27 0 Denunciar Insira 1
Fim

Conheça o autor

Ane Monteiro tentando constantemente segurar a onda senão o drácar afunda

Comentar algo

Publique!
Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a dizer alguma coisa!
~