igorazevedoescritor Igor Azevedo

Meu primeiro conto, publicado no Wattpad em Nov/2017. Extraído do meu primeiro livro, intitulado "Retratos". Data de publicação original: 03/10/2017. PLÁGIO É CRIME! TODOS OS DIREITOS RESERVADOS À ©2017/2022 Igor Azevedo.


Conto Impróprio para crianças menores de 13 anos. © 2017/2022 Igor Azevedo

#literatura #conto #igorazevedo #literaturabrasileira #literaturamaranhense #igor #EmbaixadorPT #Retratos
Conto
3
961 VISUALIZAÇÕES
Completa
tempo de leitura
AA Compartilhar

Retratos

À noite, os retratos dormem um sono leve. Enquanto isso, planejo-me para sair pé ante pé, para que ninguém escute um barulho sequer.

Consigo sair. A noite está fria. Meus ossos congelam, porém meu peito continua a doer.

Entro no carro; acendo um cigarro. O odor e a quentura da morte adentram no espaço. Fumo até onde posso, ouvindo o barulho do silêncio ensurdecedor.

Os retratos continuam lá dentro da minha morada. Mas que se dane: eles não mandam mais em mim.

Ligo o carro; dirijo rápido. Ligo o rádio; ouço meu indie favorito. Aquela música que costumávamos ouvir e cantar. Hoje? Hoje eu não sei, não tenho destino.

Estou indo à praia. O mar nunca esteve tão lindo. À luz da lua, acendo outro cigarro. O cheiro da vida adentra na tranquilidade. Maconha me deixa um pouco animado.

Enquanto isso, os retratos acordam; seus olhos piscam enquanto eles envelhecem mais um pouco. Começou um novo dia; eu, sem sono, confiro as estrelas. Nunca o céu esteve tão estrelado. Olho para uma delas; ela pisca para mim. E eu pisco de volta; ela pisca também. Nunca foi assim, tão recíproco. De repente, apago. Como eu sei que eu apago? Sinto-me preso novamente nas ruínas de uma casa abandonada. Os retratos olham para mim. Eu grito, grito e grito, mas o grito nunca grita. A ajuda nunca vem.

No dia seguinte, acordo em casa. Não sei como cheguei de volta aqui. Acordo, vou à sala. Os retratos continuam ali, olhando para mim. Voltaram a dormir, mas acordarão novamente quando sentirem que é hora de me perturbar.

3 de Novembro de 2022 às 02:59 0 Denunciar Insira Seguir história
6
Fim

Conheça o autor

Igor Azevedo Igor sempre brincou de professor e escritor. Na infância, sonhava com o lançamento de um livro, mas pelas poucas condições e pouca idade que possuía, seu sonho parecia impossível, porém nunca esquecido. Na adolescência, não costumava ler por influência das tecnologias que geravam um desinteresse latente pela arte da escrita. Tudo isso acabou quando Igor sentiu a necessidade de se esvair do mundo, quando a Literatura era a única saída, o suficiente para transformá-lo em amante da arte.

Comente algo

Publique!
Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a dizer alguma coisa!
~