juupter Valeska Stoffel

Um herói e um vilão Duas almas que procuravam a felicidade E quando o herói finalmente achou a sua Ele a perdeu no mesmo instante


Conto Todo o público.

#romance #fantasia #Drama
Conto
0
37 VISUALIZAÇÕES
Em progresso
tempo de leitura
AA Compartilhar

Os Deuses não são tão benevolentes quanto parecem

"Os Deuses prometeram a paz, mas ela não chegou"



- Eu ia dizer "Que Deus perdoe meus pecados", mas não acredito em Deus algum, além de mim mesmo, é claro - ele ri, o gosto de ferro enchendo sua boca. E tomando o que ele sabia ser seu último fôlego de vida diz:

- Então que eu perdoe a mim mesmo, por mais difícil que isso possa ser... - assim ele cai, imponente como jamais foi, sem nenhuma intenção de se levantar novamente.


E o herói, que assistia aquilo tudo tentava aceitar o que seu coração não permitia.

- Como... Isso... Isso não é justo... - sua voz falhava, a dor que tomou sua alma e seu corpo era grande de mais para ser explicada.


Era como se uma parte de si tivesse sido rasgada em pedaços.


Como se seu coração estivesse se desintegrando aos poucos.


Ele estava morrendo, sem realmente morrer.


Então ele gritou, gritou tanto que seus pulmões doíam ao ponto de explodir e sua garganta queimava.


- Por favor não se vá! Por favor abra os olhos...- a dura verdade atingiu o herói na quele momento, aquela pessoa estava morta.


- Eu deveria estar feliz certo?... Afinal você finalmente foi embora... E eu finalmente deveria estar em paz... Então por que?! - o herói não queria admitir, ele não podia admitir, mas era tarde de mais...


Era tarde demais para ele começar a ama-lo como ele sempre quis desde o princípio.


Era tarde demais para consertar tudo, e voltar no tempo era impossível.


Ele, como um ser humano mortal e comum, não podia fazer nada além de deixar a culpa, tristeza e perda contaminarem o pouco de sanidade que lhe restava. Como um ser mortal ele não podia fazer nada além de ser patético dessa forma.


- Então eu peço para qualquer Deus que esse canalha não acreditava, peço que eu tenha uma segunda chance.... Que nós tenhamos uma segunda chance, e que, por favor, me deixem ser feliz ao lado dele dessa vez. - o herói então se curvou perante a pequena esperança de que algum ser superior existisse, e implorou, implorou para que escutassem seu pedido desesperado e cheio de dor, implorou por misericórdia, implorou para que aquilo não fosse real.


Mas aparentemente o vilão estava certo, nenhum Deus existe nessa merda de mundo. Porque se um realmente existisse, uma nova chance teria sido possível, eles teriam ganhado um novo começo. Mas o corpo do homem o qual o herói amava continuava frio e coberto de sangue, sem qualquer sinal de um milagre ou algo parecido.


Foi aí que o herói percebeu, que Deuses não eram tão generosos e gentis como todos diziam.


- Haha... É realmente engraçado como no fim, nada passa de uma ilusão pobre e infantil da felicidade - ele sorria, mas não havia nada de feliz naquilo.

- Eu tinha a felicidade comigo mas falhei em perceber, e quando percebi já era tarde de mais. Seres humanos são realmente ignorantes ao extremo... - o herói suspirou, o peso de seus poucos mas duros anos de vida caído sobre seus ombros, as memória indo e vindo como se fossem um filme trágico em sua mente.

No fim ele fechou os olhos, e assim como o vilão havia feito, não voltou a abri-los.


-------*


Uma história trágica da qual ninguém tinha controle, uma história onde dois jovens garotos dormiram e nunca mais acordaram.


Uma história que mostra como o amor podia ser cruel e injusto.


Ela foi contada e falada por vários durante muitos milênios, ao ponto onde ninguém mais a tomava como verdadeira. Mas tinha alguém que estava lá, que viu e ouvi tudo com aquele corpo que estava vivo nassa terra mesmo após tanto tempo.


Por isso ela sabia que aquilo não era só uma história inventada por Bardos ou algum tipo de tabu estúpido.

- Sei que ambos serão felizes em sua próxima vida, afinal eu profetizei isso. - a garota tinha um sorriso relaxado no rosto enquanto falava algo que muitos achariam estranho. - E assim como a profecia diz, eles estão destinados a ficarem juntos, não importa quanto tempo leve.

E no fim, a garota estava certa.

4 de Julho de 2022 às 20:53 0 Denunciar Insira Seguir história
0
Continua…

Conheça o autor

Comente algo

Publique!
Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a dizer alguma coisa!
~