fanfan28 fanfan 28

O sobrinho do Kyungsoo sumiu e toda a família se desespera por não saber o paradeiro dele, será o pequeno vai ser encontrado? Shortfic Kaisoo NÃO ACEITO ADAPTAÇÕES PLÁGIO É CRIME


Fanfiction Bandas/Cantores Para maiores de 18 apenas. © Reservados a mim

#amor #desespero #exo #kaisoo #jongin #kyungsoo #criança #família #susto #cuidado #desaparecido #encontrado
3
1.5mil VISUALIZAÇÕES
Completa
tempo de leitura
AA Compartilhar

Sumiu

Kyungsoo estava se preparando para sair de casa ele iria encontrar com seus pais e irmão mais velho, quando terminou tudo pegou suas coisas, depois seguiu pelo corredor até chegar na sala Soo morava sozinho e não havia se casado com ninguém muito menos namorava, só vivia para os estudos e trabalho assim que fechou a porta da frente seguiu até a cara nem ele iria de moto.


[**]


Quando chegou no parque estacionou a moto na vaga certa então saiu e caminhou, ele olhava para todos lados procurando a família não encontrou ninguém ali resolveu ligar.


Ligação:


Do - Chen vocês estão onde, já chegaram aqui no parque ou não?


Chen - Estamos perto do lago Han só que na parte de baixo vem logo.


Do - Eu encontro vocês aí então! Manda beijos para o Mark diz que estou com saudade dele.


Chen - Tá bom! Se apresse.


A chamada foi encerrada e Kyungsoo guardou o celular no bolso da calça para poder correr, os minutos foram passando até que chegou no local onde a família estava sentada rapidamente cumprimentou a todos e sentou.


Do - Mark meu bebê o titio trouxe um presentinho lindo para você quer ver?


Mark - Presente obaaaaaaaa... quero sim, titio.


Do - Vou te dar, mas abra devagar ou vai terminar derrubando tudo.


A criança assentiu com a cabeça bem rápido e sorriu depois estendeu as mãos o tio entregou e deu um beijo em sua testa, o pequeno amava ganha doces e receber um pacote grande da guloseima preferida então nada melhor, seus pais ficaram murmurando baixo por não concordar muito com aquilo, mas era o tio, toda a família permaneceu ali conversando e também comendo até que chegou o momento da soneca eles deitaram sobre a grama mesmo e dormiram um pouco por o clima estar agradável, eles só não previam o pior.


Quebra tempo


Mark que estava deitado no meio dos seus pais já não estava mais ali quando se deram conta era tarde demais, Chen sua esposa Sana, Kyungsoo e os mais velhos saíram também a procura do menino pelo parque na esperança de talvez encontrar era isso o que pensavam a aflição começava a crescer nos corações por pensar no pior, eles se separaram enquanto isso gritavam.


Do - MAAAAAAAARK AMOOOOO, CAAAAADÊ VOCÊ TITIOOO. — Já do lado outro lado estava os pais da criança correndo parando o povo no meio do caminho, desesperados, eles também mostravam uma foto do filho, mas sem sucesso então o jeito mesmo era gritar.


Sana - FILHOOOOO CADÊ VOCÊ MEU AMOR... A OMMA ESTÁ PREOCUPADA CADE VOCÊ MARK...


Chen - MARK... MAAAAARK... APARECE AMOR POR FAVOR... NÃO SOME ASSIM... FILHOOOO POR FAVOR.


Sana - Senhor você viu esse menino andando sozinho por aí, ele é meu filho eu estou desesperada.


S/N - Não vi desculpa, esse parque é grande, mas se quer uma dica tem um lugar que as crianças ir, fica naquela direção al, boa sorte na busca, eu espero que encontre logo.


Chen - Obrigado senhor, muito obrigado.


Eles permaneceram no parque por muitas horas então saíram frustrados o casal percebeu que não iria encontrar Mark mais em nenhum lugar ligaram para o mais novo avisando que estariam indo emboram, porém após tanto pensar e conversar eles resolveram fazer um boletim de ocorrência pelo desaparecimento do menino era importante então assim fizeram, Kyungsoo estava de moto e logo foi na frente sua angústia e medo pela situação só aumentava era impossível ignorar os sentimentos ruins, Chen a esposa e o outro casal foram no carro então seguiram para até o destino, quando finalmente chegaram em frente ao prédio desceram dos veículos estacionados e correram até lá desesperados e entraram.


Chen - Senhor... senhor nos precisamos de ajuda o meu filho sumiu, minha família estava no parque fazendo piquenique em frente ao Rio Han normalmente até que dormimos quando acordamos percebemos o nosso pequeno havia sumido por favor nos ajude.


Policial - Senhor tenha calma você está falando muito rápido, e vocês estavam lá também?


Do - Sim senhor, eu sou o tio esse aqui e o meu Appa e minha Omma eles são os avós paternos.


Policial - Ótimo me acompanhem.


Eles seguiram até uma sala e logo entraram depois sentaram, o delegado trabalhava enquanto o escrivão apenas esperava algo novo, Chen se pronunciou então apresentou os outros que estava ao seu lado rapidamente contou o caso do desaparecimento o homem prestava atenção nos detalhes, Kyungsoo falou bem depois relatando o fato assim como os demais também quando terminaram tudo o responsável pela delegacia falou.


Delegado - Bom! Eu sei que é muito difícil e ruim, mas preciso pedir que esperem em suas casas vamos procurar o seu filho quando aparecer uma pista mínima que seja ficaremos para informar.


Sana - Senhor, será que isso demora?


Delegado - Olha isso não depende de nós, espero que ele apareça o mais rápido possível, como a criança sumiu sozinha assim acreditamos, vamos investigar isso ou se alguém pegou é uma hipótese termos e cautela para não fazer prejulgamentos, a orientação que dou é voltem para casa e aguardem.


Do - Senhor tem chance grande de encontrar não é?


Delegado - Tem sim, vamos ter fé.


A família Do concordou então agradeceu e saiu, Sana e Chen estavam com o coração aflito pelo desaparecimento do filho, mas não tinham muito o que fazer naquele momento infelizmente, mas não descansariam até encontrar o Mark são e salvo.


[**]


Kyubgsoo estava em sua casa ligando para todos os seus contatos ele queria muito encontrar o sobrinho, mas não obteve sucesso na busca então deixou o aparelho de lado e pegou depois seu notebook, ele terminou e publicou nas redes sociais na esperança de alguém ter visto a criança pelo caminho, depois que concluiu tudo guardou as coisas e saiu do sofá para preparar o jantar ele estava com bastante fome e agilizou tudo, seu irmão Chen e Sana conversavam sobre o ocorrido a casa estava bem silenciosa sem o menino correndo o gritando pela casa e isso angustiava o casal, de repente o celular tocou e rapidamente um deles atendeu.


Ligação:


Do - Como estão as coisas aí?


Sana - Oi! Soo olha não está tá! Bom como gostaria, nosso bebê está perdido e sozinho estou pensando em sair agora para procurar ele com o Chen.


Do - Vão precisar de minha ajuda hoje?


Sana - Não meu lindo vá descansar só precisamos de um tempo, mas obrigada, te mantenho informado tá! Vai dormir.


Do - Me liga se surgir alguma coisa eu estarei aqui esperando tá! se alimentem corretamente por favor não quero ver nenhum doente.


Sana - Não irei te garantir nada sobre comer algo aqui estamos muito desesperados Soo, mas vou tentar.


Do - Boa noite! Meu amor, amo vocês.


A chamada foi encerrada e o casal levantou do sofá e seguiram na direção dos aposentos, pois saíram em breve, o tempo passou e logo fora embora!Eles estavam muito angustiados com medo então a decisão foi procura o pequeno nas ruas da cidade.


\\//


A situação era caótica e preocupante nem Kyungsoo seus pais muito menos o casal esperava por isso a noite seria bem longa e cansativa era desesperador, mas a esperança era sim, de encontrá-lo quem sabe alguma alma boa tivesse avistado o pequeno perdido e levar para casa quem sabe.

16 de Abril de 2022 às 16:20 0 Denunciar Insira Seguir história
3
Leia o próximo capítulo A ligação e o encontro

Comente algo

Publique!
Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a dizer alguma coisa!
~

Você está gostando da leitura?

Ei! Ainda faltam 3 capítulos restantes nesta história.
Para continuar lendo, por favor, faça login ou cadastre-se. É grátis!