fullanodtall Fullano D'tall

O que aconteceria se, por causa de um pequeno deslize, você acabasse descobrindo o segredo mais obscuro do seu chefe? Naquele início de noite, Thomas queria apenas voltar para casa e fazer algumas colagens de papel depois que Nicholas Baker, seu patrão, não comprou o que ele precisava para terminar o seu serviço. Apesar do vento frio, o céu estava limpo e o assalariado de apenas vinte e um anos esperava ansiosamente pelo seu ônibus quando percebeu que havia esquecido o celular na casa do chefe. Decidido a não ficar sem contato com o resto do mundo até a tarde seguinte, ele voltou para buscar o aparelho no trabalho. Chegando lá, Thomas deu de cara com algo que ele certamente teria dificuldades para esquecer. Algo que atormentaria os seus sonhos e que Thomas pagaria para ver de novo sem ser pego espiando atrás da porta. Ele queria apenas assistir Nicholas mais uma vez e sem julgamentos, afinal, ele também tinha seus segredos. [HIATUS] Um novo capítulo será postado dia 15/04. ━━━━━━━━━━━━━━━━━━━━━━ AVISO: Álcool, BDSM, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de Sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Suicídio, Violência. História Também Postada no Wattpad e Spirit Fanfics.


LGBT+ Para maiores de 18 apenas.

#chefe #amizade #bl #hot #yaoi #amor #gay #drama #romance
20
1.3mil VISUALIZAÇÕES
Em progresso - Novo capítulo A cada 15 dias
tempo de leitura
AA Compartilhar

Prólogo: Insuficiente

Thomas, eu estou tão orgulhosa de você! Finalmente se formou no Ensino Médio, hein? Quem diria! Você deve estar muito feliz. O que planeja fazer agora? Seja lá o que você escolher, saiba que eu vou sempre te apoiar. Mesmo assim, você já deve saber que na vida nem tudo é bom, então, espero que entenda os meus motivos para estar te escrevendo esta carta.

[...] Nunca pensei que fosse chegar a esse ponto, mas eu prometo que em uma outra vida eu serei melhor e darei a vocês todo o amor que não pude dar agora. Eu serei uma mãe melhor, uma filha melhor e... uma irmã melhor também. Mas agora, só por agora, eu não tenho esperanças para o meu problema, por isso, creio que devo achar o meu próprio jeito de resolver as coisas.

Só Deus sabe como eu queria poder ser mais forte e sorrir tanto quanto você quando vê a Mia. Você realmente a ama, não é? [...] De alguma forma, isso me deixa melhor. Saber que ela estará em boas mãos quando eu partir me conforta. Infelizmente, não poderei mais ver seus sorrisos daqui para frente, mas não se preocupe, eu vou ficar bem. As primeiras e últimas pessoas em quem vou pensar durante tudo isso será em vocês.

Porque eu os amo, mas não o suficiente para ficar.

Me perdoe, Tom, espero que você saiba lidar melhor com a Mia do que eu. Você é esperto e determinado, sei que vai dar um jeito. Também espero que você fale coisas boas sobre mim para ela, lembre-se de mim como a pessoa boa que eu costumava ser antes de toda essa merda acontecer e minha vida cair aos pedaços. Lamento não poder me despedir apropriadamente, mas eu sei que você vai chorar se me ver assim agora e eu odeio vê-lo chorar.

Você é um garoto de ouro e merece toda a felicidade do mundo, toda a felicidade que eu não pude te dar. Me desculpe por não aguentar por mais tempo, em breve a Mia terá seis meses e eu não suporto mais ver ela crescendo. [...] Você entende como isso me mata um pouco mais a cada dia, não entende? Não vou exigir que cuide dela porque não é a sua obrigação, só peço que siga o seu coração assim como você sempre faz e decida o que é melhor.

Não seja como eu e visite seus pais, faça tudo aquilo que sempre quis fazer. Você sabe, no fim, sempre esquecerão dos seus bons atos e se lembrarão apenas das suas falhas. Sei bem como é isso, mas não tem problema. O importante é você se sentir bem ao final do dia [...]. E, Tom? Eu lhe decepcionei, não é? Eu sinto muito por não conseguir melhorar, eu me tornei uma pessoa desprezível e lutei tanto para chegar até aqui... esse já é o melhor que eu posso fazer. [...] Me desculpe.

Eu nunca vou deixar de te amar.

Com amor, Jessie.

19 de Janeiro de 2022 às 16:51 0 Denunciar Insira Seguir história
9
Leia o próximo capítulo I. Descoberto

Comente algo

Publique!
Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a dizer alguma coisa!
~

Você está gostando da leitura?

Ei! Ainda faltam 3 capítulos restantes nesta história.
Para continuar lendo, por favor, faça login ou cadastre-se. É grátis!