vitor-maia1641301262 Vitor Maia

Jack Vann, um investigador sobrenatural aceita um trabalho em um restaurante animado para resolver um mistério, mas ele descobre algo assombroso.


Horror Todo o público.

#CorposCorrompidos #Terror #Horror
Conto
12
5.6mil VISUALIZAÇÕES
Completa
tempo de leitura
AA Compartilhar

Corpos Corrompidos

Em um restaurante animado, na cidade de Los Angeles, Califórnia, uma criança foi encontrada morta em cima de um dos palcos, do lado de um boneco animatrônico. Autoridades suspeitam que a criança foi assassinada, porém, outros clientes, até mesmo funcionários do restaurante, comunicaram que, as vezes, os bonecos se moviam sozinhos, falavam sozinhos. As autoridades procuraram os donos do estabelecimento e tiveram uma longa conversa com os mesmos. Bella Woody, uma das donas do restaurante, chamou um investigador sobrenatural chamado Jack Vann para tentar descobrir se o que ocorreu alí foi um ato paranormal. Um acordo feito entre os donos do restaurante e Jack Vann é de que ele ficasse sete dias como um guarda de segurança do estabelecimento, no período noturno, das 00h até às 06h, Ele aceitou e foi iniciado a investigação.

Primeira noite de investigação. Jack recebeu um telefonema de um dos donos do restaurante, Carl Louis. "Olá, investigador. Seja bem vindo a sua primeira noite de trabalho e obrigado por aceitar a nossa proposta. Bom não acredito muito que meus bonecos estejam possuídos ou quebrados ou algo do tipo, acho que foi assassinato por parte de pessoas que frequentam o restaurante, mas você está aqui para confirmar para mim se é isso ou não... Ah... você está dentro de uma sala, com uma porta e uma janela, você pode fechá-las com se sentir ameaçado. Você também tem as câmeras de segurança para poder ver todos os locais do restaurante, através dela, você pode verificar a porta dos fundos, para que ninguém possa entrar ou escapar, para isso, toque uma buzina que está ao lado.... Ah.... uma coisa ruim dessas câmeras é que elas só funcionam com internet e estamos tendo problemas com ela nos últimos dias, mas é só você reiniciar o roteador Wi-Fi ao lado que ela volta ao normal. E também tem a ventilação em cima de você, você também pode fechá-la quando se sentir ameaçado, mas não a deixe fechada por muito tempo ou você pode passar mal e ter alucinações. Bom, é isso, e mais uma vez, obrigado por aceitar nossa proposta de trabalho e boa sorte!". Jack não notou nada de diferente nas três primeiras horas de trabalho, porém, alguns bonecos começaram a se mover sozinhos e tentaram invadir a sala de segurança. Foi isso até às 6h da manhã, mas Jack ainda não comunicou a ninguém sobre o que viu até então. Segunda noite de investigação e um novo telefonema Jack recebeu. "Olá, investigador. Que bom que você conseguiu sobreviver à primeira noite com facilidade, eu espero. Bom, não tenho muita coisa pra te falar, a não ser sobre os bonecos. Cada um tem um nome e uma forma diferente de agir. Bob - O Cachorro, ele canta e dança junto com Linx - Gata, as crianças adoram ela. Rex - O Papagaio, ele distribui doces, brinquedos e conta algumas piadas em um palco separado. E também temos a Mimi - A Coelha, ela é a garçonete do restaurante, ela foi altamente programada para entregar a comida até a mesa dos convidados. Éramos para ter mais 3 bonecos, mas eles deram defeito e foram mandados para a minha oficina. Bom, a conversa tá boa, mas você precisa trabalhar, né? Então, adeus e boa sorte!". Assim como a primeira noite, a segunda noite é resumida em: os bonecos tentam invadir a sala de segurança, mas um deles tentou escapar do restaurante pela porta dos fundos do restaurante, era a Mimi - A Coelha, ela não ia atrás de Jack, ela apenas tentava fugir, entretanto, Jack a impediu de fugir. Foi assim até às 6h da manhã. Todas as noites foram assim, os bonecos tentando entrar na sala de segurança e apenas Mimi tentando fugir do restaurante, mas algo aconteceu na quinta noite. Ela foi diferente de todas as outras. Mesmo com a ventilação em bom funcionamento, Jack começou a ter algumas alucinações, começou a ver crianças dizendo "Me ajuda", "Eu estou aqui", "Brinque comigo". E também se sentia um pouco mal durante o espediente. Fora isso, tudas as noites foram iguais, porém, a sexta noite prometia ser diferente. Depois que o restaurante fechava, Mimi sempre ficava na ao lado da porta da cozinha, mas alguém a deixou na sala de limpeza. Jack viu algo que certamente lhe deixará sem apetite por uns longos dias. Mimi tinha uma abertura em sua barriga, aquilo Sérvia para carregar os pratos e levá-los até a mesa dos clientes. Lá dentro, havia um corpo de uma criança, já em estado de decomposição, era a criança que foi assassinada. as autoridades encontraram o corpo perto de Rex, mas o corpo sumiu de lá, entretanto, os polícias não foram atrás para tentar procurar onde estava o corpo da criança, pois achavam que o pessoal do IML já tinham vindo buscá-lo, mas eles nem entraram no restaurante. Mesmo assim, Jack não comunicou a ninguém sobre o que viu nessas seis noites de investigação. Até que na sétima noite, sua última noite de trabalho, os bonecos estavam mais agrecivos, até mesmo Mimi estava tentando atacá-lo, mas todos estavam tentando fugir também. pode se dizer que essa foi a noite mais difícil para Jack. Os bonecos até diziam coisas assustadoras como: "Saia daí, seu bostinha!", "Venha brincar conosco, você não que brincar", "O que aconteceu? eu estou morto?". Fim da investigação, Jack terminou o seu turno de sete dias pelo Restaurante dos Woody's, e tirou a sua conclusão: -"Os bonecos estão com mal funcionamento, ambos se movem sozinhos e falam sozinhos, deve ser um probleminha em seus botões de desligamento e de fala, mas eu vi um coisa que foi realmente assustador, o corpo da criança que as autoridades estavam procurando estava dentro da Mimi, na sua barriga. O corpo já estava em decomposição, vou ficar sete dias sem comer depois disso". Com seu trabalho resolvido, Jack voltou para casa e estava planejando viajar para a praia, para cuidar de sua saúde mental. Carl, principal dono do restaurante, levou os bonecos para a Auto Parts Workshop, uma oficina de robôs.

Carl levou os bonecos para a oficina, e lá, haviam outros três bonecos que estavam para ser consertados, que também pertenciam a Carl. Eram eles, Lost - O Leão, Tom - O Gorila, Spike - O Porco e Mike - O Fazendeiro. Assim que os deixou, Carl avisou ao guarda noturno da oficina, Gordon Watson: -"Não dará tempo de consertá-los hoje, mas peço que os vigie, ok?". "Ok, senhor Carl, pode deixar comigo", respondeu Gordon. Gordon trabalha num período de 12h, ele entrava as 18h da noite e saía as 06h da manhã. Na primeira metade da noite, tudo ocorreu normalmente, mas a partir da meia noite, os bonecos começaram a andar pela oficina e até tentaram atacar Gordon. Foi uma das piores noites de sua vida, quase foi morto por bonecos animatrônicos assustadores. Antes de terminar o seu turno, Gordon conseguiu pegar todos os bonecos, os colocou em uma van e os levou para uma floresta, mas sua van parou de funcionar bem no meio da estrada, então ele desceu e jogou os bonecos no meio da floresta, mas quando foi tentar dar a partida na van ela não ligava. Os bonecos começaram a se movimentarem sozinhos e tentaram atacar Gordon. Ele se trancou na van e tentava espantar o bonecos utilizando as funcionalidade da dela. Gordon estava tendo algumas alucinações, como de um lobisomem e um urso tentando o atacar e um corvo que não parava de lhe olhar. Infelizmente, Gordon acabou sendo morto pelos bonecos e ambos acabaram ficando jogados na floresta, na beira de uma estrada. Porém um carro passou por aquela região, era o carro de Jack, ele estava voltando de suas férias. Ele parou e viu os bonecos no chão, mas não encontrou o corpo de Gordon. Jack ligou para Carl e o alertou sobre o que viu: -"Carl, eu encontrei os bonecos do restaurante jogados aqui no meio da floresta, você por acaso os jogou fora?", e Carl respondeu: -"Jogados no meio da floresta? Como assim? Eu lembro de ter levados eles até a oficina? Como eles vieram parar aí?". "Não faço a mínima ideia, mas eu posso recolhe-los e levá-los em casa, amanhã eu os deixo na oficina novamente", correspondeu Jack. "Ótimo, amanhã mesmo vou ter uma bela conversa com Gordon, ele foi muito irresponsável em deixá-los escapar". Jack recolheu os bonecos e os levou para sua casa utilizando a van de Gordon.

Jack espalhou os bonecos pela casa, pois como eles eram grandes, colocá-los todos em um cômodo só não iria dar certo. Assim que Jack os colocou um em cada canto, foi dormir, pois teve um dia cansativo. Entretanto, sua noite também será cansativa, os bonecos começaram a se movimentar pela casa de Jack, e também tentaram atacá-lo. Jack espantava-os de todo o jeito, ele sabia que trancar o quarto não o salvaria dos bonecos, pois eles poderiam quebrar as portas, as janelas e a ventilação, então resolver segurá-los até o amanhecer. Jack também estava tendo algumas alucinações, crianças, um fazendeiro, uma mulher, dois senhores de idade e, um demônio. Ambos alucinações diziam coisas assombrosas a Jack: -"Nós ajude", -"Só você pode fazer ele nos soltar", "Minha alma está ardendo". Porém, as alucinações dos dois senhores diziam algo diferente: -"Você é igual a sua mãe", "Venha conosco, se junte à sua família", "Sua mãe também virá conosco". Jack também viu alucinações de um demônio que dizia: "Adoro brincar com bonecos", "Quer brincar de boneco comigo também", "Eu adoro ouvi-los gritando". Mimi - A Coelha, conseguiu invadir o quarto de Jack, mas não o atacou, e sim, tirou um corpo de dentro de sua barriga, era o corpo de Gordon, Jack ficou horrorizado com aquilo e, imediatamente, ligou para Bella: -"Mãe, eu errei, eu errei, os bonecos não estão quebrados". Ela respondeu: -"Não estão quebrados? Ah que ótimo, mas por que você me ligando a essa hora pra me avisar sobre isso? E por que você está gritando como se estivesse em uma enrrascada?". "Na verdade eu estou em uma enrrascada, e das grandes. Os bonecos estão amaldiçoados, e estão dizendo coisas sobre mim, sobre a senhora", respondeu Jack. -"Sobre mim? me explique direito", respondeu Bella. -"Venha até aqui em casa, assim que você chegar aqui eu te conto", disse Jack e depois desligou o telefone. Bella, depois de Jack desligar o telefone, disse a si mesma: "Minha nossa, será que isso nunca vai acabar, não posso suportar ver meu filho passar pelo mesmo sofrimento que passei". Bella foi até a igreja municipal e conversou com o Padre César: -"Então está acontecendo de novo?", disse o padre. "Sim. Por favor, padre, nos ajude, ajude a mim e meu filho", implorou Bella. "Calma, calma Bella, vou ajudar vocês, dessa vez eu estou preparado. Ligue para Jack e fale para trazer aqueles bonecos aqui, já", disse o padre. Bella ligou para Jack, disse para ele vir até a igreja com os bonecos, e foi o que ele fez, colocou todos os bonecos na van e foi em direção à igreja.

Chegando na igreja, Jack retirou os bonecos da van e os colocou no centro da igreja, e na hora, manifestações começar a acontecer. Uma sombra gigantesca cobriu totalmente o altar da igreja, uma sombra de um demônio, que em cada uma de suas mãos, estava segurando duas sombras que aparentavam ser dos dois senhores de idade, como se fossem marionetes. Cadeiras começaram a voar, velas a se apagar, e gritos de socorro começaram a soar nós ouvidos de Jack, Bella e padre César. Foi uma batalha surreal entre ambos. Eles se separaram, e cada um foi para um canto da igreja. O padre, foi para seu escritório para pegar os equipamentos necessários para se fazer um exorcismo. Jack e Bella ficaram no altar e os dois viram alucinações assombrosas. Bella, viu algumas alucinações de um fazendeiro que dizia: -"Você cresceu, minha filha", depois viu de uma mulher, de 4 crianças e de dois senhores de idade: (Mulher)-"Nossa filha cresceu, Mike", (4 Crianças)-"Nós ajude, irmã", "Sinto muita a sua falta, Bella", "Ei, maninha, socorro, minha alma está doendo", "Ajuda, ajuda", (Os Senhores)-"Não escute eles, Bella. Venha conosco", "Você será muito mais feliz aqui". Jack tentava sacudir a sua mãe, mas ela não se mechia. Foi quando o padre saiu de seu escritório com uma bíblia, uma cruz e um frasco de vidro com o sangue de Cristo e começou a fazer um ritual, mas quando iria dizer a última palavra do ritual, ele foi arremessado para longe contra a parede. Jack, que estava ao lado de sua mãe, foi tentar ajudar o padre, mas também arremessado contra a parede. Bella, que na verdade estava presa dentro um mundo de alucinações, se soltou e pegou os três itens do ritual: -"Em nome do país, do filho e do Espírito Santo, eu ordeno, criatura do inferno, que liberte essas almas que não lhe pertencem, e que volte a queimar no fogo do inferno. Não a nada para você neste mundo. E em nome do Pai, do Filho e do Espírito Santo, eu lhe condeno de volta ao inferno", disse Bella com a bíblia prensada em seu peito por suas mãos e com a cruz apontada aos seres amaldiçoados. Assim que Bella terminou de recitar as palavras do exorcismo, ela abriu o frasco com o sangue de Cristo e o despejou sobre os bonecos. A grande sombra desceu ao chão, gritando. As almas do fazendeiro, da mulher e das 4 crianças foram libertadas e agora poderiam descansar em paz. Já aqueles 3 espíritos malígnos, queimaram no fogo do inferno por toda a eternidade. Jack e o padre, que estavam no chão, se levantaram e parabenizaram Bella por ter conseguido realizar o exorcismo, mas Bella caiu no chão da igreja. Jack foi correndo socorre-la, e o padre foi correndo chamar uma ambulância, mas era tarde, Bella acabou falecendo de um infarto fulminante e Jack veio aos prantos. Se debruçou no colo de sua mãe e caiu em lágrimas, até que ele escutou alguém chamando pelo seu nome e desmaiou, para desespero do padre.

Enquanto desmaiado, Jack teve um sonho, ele estava deitado no chão, em um lugar claro e viu a sombra de sua mãe, que estava rodeada pela sombra de outras 6 pessoas e uma dessas pessoas diziam: -"Então ele que é meu neto? É bonito, elegante, você deve ter orgulho dele, pequena", e Bella respondeu: -"Sim, muito orgulho. Amo muito você, meu filho. Desculpa ter feito você passar por tudo isso", outra pessoa que estava lá retrucou: -"A culpa não foi sua, Bella. A culpa foi e minha e....", Jack acordou aos berros do padre: -"Ah Glória a Deus, achei que você não iria acordar. Vamos, a ambulância chegou".

Jack foi levado ao hospital e teve uma rápida melhora. Ele recebeu a visita de Carl: -"Caramba, Jack! Eu fiquei sabendo do que aconteceu, me desculpe não poder ajudar, desculpe por ter lhe colocado em uma enrrascada gigantesca....", Jack o interrompeu e disse: -"Não foi sua culpa, relaxa. Estou bem". Carl respirou aliviado e sentou ao lado de Jack.

Um bom tempo e Jack estava totalmente recuperado, mas infelizmente o Restaurante dos Woody's daquela região teve que fechar as suas portas. O padre continuou na igreja atendendo à Deus e aos fiéis. Carl se mudou para o Texas, onde lá começou a comandar uma de suas edições do Woody's. E Jack novamente viajou para cuidar de sua saúde mental e curtir suas novas férias depois de um trabalho duro.


7 de Janeiro de 2022 às 14:02 0 Denunciar Insira Seguir história
6
Fim

Conheça o autor

Comente algo

Publique!
Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a dizer alguma coisa!
~

Histórias relacionadas