3
2.4mil VISUALIZAÇÕES
Em progresso - Novo capítulo A cada 2 dias
tempo de leitura
AA Compartilhar

Eu vi meu pai na TV

O aniversário de oito anos da pequena Elisa não seria o mesmo de todos os anos,pois seu pai não estaria la vestido de palhaço como sempre fazia.

Pois infelizmente ele faleceu por conta de um tiroteio. Carlos era um bom policial, mas aquele dia não era o seu dia de sorte.Em uma operação ao assalto a banco, Carlos foi atingido por cinco tiros e morreu no local. Foi um choque para todos, ainda mais pelo motivo que durante a ação o jornal estava transmitindo ao vivo na TV local, a família, amigos, vizinhos, todos viram Carlos sendo atingindo e falecendo ali mesmo, inclusive sua filha Elisa.

Foi dolorido demais para a família, aliás, Carlos deixou sua esposa e seus dois filhos. Uma família de amigos que morava em frente a casa do falecido, estavam dispostos a ajudar no que fosse preciso.

E assim fizeram, a família realmente se aproximou e ajudou a família do falecido, que naquele momento estava desamparada sem reação.

A Família Madrene também era pequena. Era composta por um casal Marta e Renan com seu filho Jonas, que na época tinha 16 anos. Jonas era um menino prestativo, adorava brincar com Elisa e seu irmão, tentar pelomenos animar um pouco as crianças.

Porém era difícil demais arrancar um sorriso no rosto de Elisa que após o ocorrido só ficava trancada em seu quarto olhando a janela.

Elisa não comia direito, não tocava nos seus brinquedos e não dizia uma palavra que fosse.

Sua mãe Ana tentava suavizar o luto de sua filha, mas os seis meses se passaram e Elisa ainda estava na mesma situação.

22 de Dezembro de 2021 às 02:04 0 Denunciar Insira Seguir história
1
Leia o próximo capítulo O dia da festa

Comente algo

Publique!
Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a dizer alguma coisa!
~

Você está gostando da leitura?

Ei! Ainda faltam 24 capítulos restantes nesta história.
Para continuar lendo, por favor, faça login ou cadastre-se. É grátis!

Histórias relacionadas