ladypotter16 Ester Santos

a vida sempre escondeu um segredo, antes dos seres humanos e seres vivos serem criados a vida e a morte andavam lado a lado. um dia a vida percebeu que estava apaixonada pela morte. Quando os seres humanos foram criados ambos foram obrigados a deixarem de se verem, milênios depois eles se reencontrar por culpa de uma pandemia. A vida estava deprimida e a morte quase louca por ter que ceifar várias vidas.


Romance Todo o público.
Conto
0
560 VISUALIZAÇÕES
Completa
tempo de leitura
AA Compartilhar

One shot

No começo não havia nada, então bum! O universo foi criado por culpa da explosão do Big Bang. Estrelas, galáxias, constelações e outras maravilhosas do espaço foram criadas por culpa dessa enorme explosão.


Naquele mesmo dia ocorreu o nascimento da luz e das trevas, ambos cansados de viverem sozinhos eles decidiram criar outros seres. O tempo e destino foram criados, logo depois veio a vida e morte.


A vida era bela, e a morte...bom, ela não era tão bela assim. A vida e a morte sempre foram juntos, a vida sentia algo diferente pela morte.


Tempos depois a luz decidiu criar a terra e os dinossauros, as travas com inveja criou o meteoro que foi o culpado da extinção dos animais.


Uma guerra sangrenta ocorreu entre a luz e as trevas. No fim as trevas foi selada em uma estrela e jogada para dentro de um buraco negro.


Logo após esse acontecimento a luz já ferida gravemente com um último suspiro ela criou os animais e os seres humanos e quando ela fechou olhos ela se transformou em uma enorme bola de fogo, o sol.


O destino separou a vida e a morte e ambos foram condenados a nunca mais se verem. Desde então a vida envia incontáveis presentes e a morte os guarda para sempre.


O que eles não sabiam que o destino ainda não estava decidido e o tempo era indeciso.


____


O dia amanheceu nublado e mas uma vez a morte estava fazendo o trabalho dela, ceifar vidas. A morte andava muito ocupado pois pessoas estavam morrendo a cada minuto que se passava, aquilo deixando a morte um pouco louca.


Já a vida...ela estava devastada, ela não aguentava mas tantas mortes.


O tempo e o destino não podiam fazer nada, a pandemia não era culpa do destino, aquilo foi culpa dos próprios humanos.


-Morte?


-Vida?


Ambos se olharam com curiosidade, eles não se viam a tanto tempo! A vida sentiu aquela mesma sensação de milênios atrás, aquela sensação estranha mas ao mesmo tempo boa.


____


Tempos depois as coisas voltaram ao normal, a morte havia ficado louco e a vida doente. Metade da raça humana foi aniquilada por culpa das guerras.


A vida amava a morte e a morte amava a vida, o destino e o tempo ficaram com pena mas nada poderia ser feito. Desde o dia em que a vida havia se desgrudado da morte ela enviava incontáveis presentes e a morte os guardou para sempre.


Um dia a vida não aguentou e acabou morrendo, os humanos que ainda existiam foram mortos pela perda da vida.


O destino foi quebrado e o tempo perdido.


A morte foi condenada a nunca mas ver a sua amada e a vagar sozinha pelo universo.



3 de Dezembro de 2021 às 01:18 0 Denunciar Insira Seguir história
0
Fim

Conheça o autor

Ester Santos Boa leitura :)

Comente algo

Publique!
Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a dizer alguma coisa!
~