Atualize agora! Temos um NOVO aplicativo para Android! Baixe-o na Google Play Store. Leia mais.
ladypotter16 Ester Santos

Onde Eren aprende que amar não é pecado.


Fanfiction Impróprio para crianças menores de 13 anos.

#yaoi #anime #ereri #Eren #Levi # #Ackerman
Conto
0
560 VISUALIZAÇÕES
Completa
tempo de leitura
AA Compartilhar

Amar não é pecado

A MANHÃ nasceu fria, era inverno e a neve cobria tudo. As pessoas estavam presas em casa até que a nevasca parasse. Levi morava em um apartamento, ele observava pela janela toda a paisagem branca da cidade, a televisão estava ligada onde passava o previsão do tempo.



—É a neve só irá sumir daqui semanas... —O meteorológica falou, Levi apenas soltou um suspiro. Ele teria algumas semanas para poder colocar os pensamentos no lugar certo.


Levi encostou a cabeça na parede enquanto soltava a fumaça do cigarro que fumava pela boca, no seu lado estava uma garrafa de Wisky. Seus pensamentos estavam a mil, a frustração estava cresceu a cada minuto.


O poderoso Levi Ackerman estava sofrendo de coração partido, aquilo era até irônico de se ver. Se Hange o visse ele naquele estado...provavelmente ela iria achar que Levi tinha sido sequestrado por alienígenas e aquele era um clone.


—Não tem ninguém! —A voz rouca dele ecoou por todo apartamento, havia alguém batendo em sua porta.


“–Droga, estamos em uma nevasca! Esta um frio do caralho lá fora. Quem em sã consciência estaria batendo na minha porta?” —Levi pensou enquanto apagava o cigarro e o jogava na pequena lata de lixo.


Do lado de fora do apartamento estava um frio, mas ali dentro não, graças ao ar condicionado. Levi colocou a garrafa do whisky na estante, ela estava pela metade.


—Por favor...abra a porta...—Alguém disse do outro lado da porta, Levi parou no meio do caminho ao reconhecer aquela voz. Era Eren.


—O que esta fazendo aqui? Seu perdedor. —Levi exclamou bravo quando finalmente conseguiu se mover, ele estava confuso, da última vez que Levi viu Eren, o moreno gritou pelos quatro ventos que nunca mais iria falar com o Ackerman.


—M-me desculpar....—Eren murmurou enquanto tremia levemente, Levi revirou os olhos mentalmente enquanto dava espaço para que ele pudesse entrar. Eren entrou rapidamente no apartamento e logo sorriu ao sentir o ar quente.


—Você mora do outro lado da cidade, porque não esperou a porra da nevasca sumir? Você poderia ter morrido congelado lá fora e ninguém ia notar! —Levi exclamou enquanto cruzava os braços e olhava para Eren.


—Eu não queria esperar, eu realmente me senti mal pelo que aconteceu. Eu não deveria ter brigado com você apenas por conta de um pensamento bobo que meu colocou em minha cabeça quando criança. Eu...ne desculpa. —Eren murmurou enquanto olhava para os próprios pés, Levi soltou uma risada sarcástica.


—Você me humilhou na frente dos meus amigos! —Levi exclamou friamente, ele ainda conseguia se lembrar perfeitamente daquele dia.


Eren era o ex namorado de Levi, ambos haviam terminado o relacionamento a uma semana atrás. Foi quando Levi levou Eren para finalmente conhecer seus melhores amigos, mas as coisas não foram como planejado. Naquele dia, no mesmo restaurante que Levi, Eren e os amigos de Levi estavam, também apareceu outras duas pessoas, os pais de Eren.


Levi se lembrava de cada palavra maldosa que saiu da boca do namorado e de como ele não entendia o que estava acontecendo. Apenas minutos depois ele notou que Eren estava agindo daquela maneira por conta do casal que havia entrado.


—Eu realmente me arrependo do que eu fiz, eu...me assumi para os meus pais. —Eren exclamou enquanto se levantava do sofá e ia até o homem.


—Você quer que eu o perdoe depois de tudo?


Eren abaixou a cabeça sem ter coragem de olhar, Levi soltou outra risada. O Jeager conseguia sentir o cheiro do cigarro e da bebida ao se aproximar do Ackerman.


—Te perdoou apenas com uma condição...—Levi murmurou enquanto observava Eren levantar a cabeça, a coisa que Levi mais amava em Eren era seus olhos verdes. Ele amava ficar observando eles.


—Qual condução? —Eren estava disposto a fazer qualquer coisa para que ele conseguisse o perdão de Levi.


—Quero que se case comigo. —Levi falou firme, Eren piscou algumas vezes confuso.


—AHN?


—Isso mesmo que você ouviu. —Levi exclamou.


—Você...você esta me pedindo em casamento? —Eren perguntou confuso, sempre tão lerdo.


—Sim, eu estou pedindo você em casamento. Aceita ou não? —Levi já estava impaciente.


—ACEITO! SIM! —Eren gritou enquanto pulava para abraçar Levi, o Ackerman não conseguiu evitar de rir pela animação do Jeager.


Levi poderia ter mandado Eren embora ou não ter perdoado ele, mas, ele sabia que se ele fizesse aquilo, nunca mais ele iria conseguir ser feliz. E Levi não estava afim de passar os anos triste e amargurado.


—Seu pai aceitou você ter se declarado Bi? —Levi perguntou quando Eren finalmente o soltou.


—Meu pai sim, mas minha mãe...ela disse que era pecado. —Eren murmurou tristemente. —Porquê amar seria pecado? Deus não nos puniria apenas por amar, não com tantos criminosos por ai.


—Pelo visto você finalmente entendeu, amar não é pecado. Se eu fosse condenado ao inferno apenas por amar ou beijar você, eu iria, assim eu poderia me gabar para os demônios que eu fui para o céu sem nunca ter pisado lá. —Levi murmurou enquanto colocava a mão na bochecha de Eren, o Jeager ficou um pouco vermelho pelas palavras do Ackerman.


—Prometo nunca mais pensar que foi um erro ter me apaixonado por você.

3 de Dezembro de 2021 às 01:15 0 Denunciar Insira Seguir história
0
Fim

Conheça o autor

Ester Santos Boa leitura :)

Comente algo

Publique!
Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a dizer alguma coisa!
~