0
329 VISUALIZAÇÕES
Completa
tempo de leitura
AA Compartilhar

UM DIA DE FÚRIA!

UM DIA DE FÚRIA!


Era um dia aparentemente normal, o relógio despertou como de costume nos dias da semana, avisando que era hora de se preparar para mais um dia de rotina.
Saltando da cama e cumprindo um roteiro já pré estabelecido, que vai do agradecimento por mais um dia de vida, banho, até a arrumação de uma mochila com os objetos pessoais e logo estaria saindo a caminho de mais um dia de serviço.
Tudo seguindo seu curso normalmente, o beijo na esposa e filhos, a retirada do veículo da garagem e lá vai ele, fazer jus a mais uma oportunidade de ser melhor que os dias anteriores.
Mas em um dia com 24h, cheio de situações inusitadas que nos colocam a prova a toda hora, nos tornamos indefesos e o inevitável aconteceu, devido a uma falha nos freios do veículo se envolveu em um acidente de trânsito, começava ali o inferno em que o dia se transformaria.
Após o bate boca e o estress pra resolver o problema retomou o roteiro original seguindo direto para o serviço, objetivo concluído com um atraso não muito inferior de 1h e um mau humor absurdo, uma "cara de poucos amigos" foi o cartão de apresentação ao seu supervisor imediato, que a essa altura já não contava mais com o bom desempenho nas suas atividades como de costume e justificativa alguma faria diferença a essa altura do campeonato.
O clima no local de trabalho foi ficando pesado, as piadinhas, os memes sobre o ocorrido estavam passando dos limites, o que causou uma calorosa discussão, daquelas que acaba falando além da conta, sem se importar com as consequências.
O dia ainda não havia chegado ao horário do almoço e já tinha um histórico assustador, mas como diz um ditado antigo "Nada está tão ruim, que não possa ficar pior", o período da tarde ainda reservava algumas surpresas.
Compromissos que precisaram ser adiados, outros que não deram muito certo e assim o dia ia se tornando desgastante, totalmente oposto ao que era previsto.
O final do expediente chegou, tentou deixar trancado nas gavetas da mesa do escritório, as intrigas, as desavenças, não queria levar pra casa nada que fosse negativo ao convívio familiar.
O fim do dia estava chegando trazendo um céu enluarado, rodeado de estrelas e cheio de novas esperanças e se fôsse merecedor, poderia ser abençoado com dias melhores.
Esse fato felizmente não ocorreu comigo, mas com um grande amigo que conseguiu superar seu dia de fúria, sem sair ferido da batalha.
Afinal todo mundo tem um dia ruim, que nos deixa transtornado, e precisamos aprender a conviver com os imprevistos da vida, os infortúnios do dia a dia, sem repassa-los aos outros e ter sempre em mente que eles também passam.
De toda lição devemos guardar o aprendizado, pois, é ele que nos ajuda a não cometer-mos novamente os mesmos erros, ter os mesmos comportamentos.
Sigamos em frente, sem mágoas nem rancor e sejamos felizes.




Ailton

2 de Dezembro de 2021 às 14:44 0 Denunciar Insira Seguir história
0
Fim

Conheça o autor

Comente algo

Publique!
Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a dizer alguma coisa!
~