vitorgmello Vitor Ferreira

Matthew e Thomas são dois irmãos que vivem uma vida normal na fictícia cidade de São Paulork, até que eles e mais quatro adolescentes encontram pedras misteriosas que se agarram ao seus corpos e lhes dão super-poderes que os tornam seres muito poderosos. Com habilidades inimagináveis, eles e seus novos amigos, são convocados pela guardiã das Pedras Supremas, que lhes conta que o real motivo para possuírem as pedras é que um terrível vilão ameaça o nosso mundo e toda a existência humana, e eles são os únicos que podem deter-lo, pois são dignos de usar as pedras. Para derrotar esse vilão, Matthew, Thomas, Lindsay, Kaylee, Renan e Victoria terão que aprender o verdadeiro valor de uma amizade, e treinar para lutarem juntos em uma guerra caótica e perigosa contra inimigos de outro mundo, para protegerem as pessoas que amam, a humanidade, e uns aos outros.


Ação Todo o público.

#ficção #amizade #armas #ciência #mulheresfortes #poderes #portais #romance #superpoderes #supervilão #tecnologia #telepatia #super-heroína #super-herói #adolescentes #ação #fantasia #guerra #batalhas #ficção-científica #ficção-adolescente #amor #alienígenas #naves-espaciais
0
425 VISUALIZAÇÕES
Em progresso - Novo capítulo A cada 30 dias
tempo de leitura
AA Compartilhar

O Início.

Matthew acorda pela manhã com o som, irritante, do seu despertador tocando, em uma tentativa fracassada, ele desliga o despertador e tenta volta a dormir, mas seu irmão mais velho Thomas o chama:

- Acorda pra vida, tá na hora de ir pra escola. - Diz Thomas ao passar pela porta do quarto de Matthew.

- Já tô indo. - Diz Matthew, meio sonolento, e em seguida se arrasta para fora da cama.

Ele caminha em direção a porta do quarto, passa pelo corredor, desce as escadas e segue, da sala, até a cozinha. Quando chegou lá, Thomas estava se sentando à mesa, seu pai já estava sentado e lendo seu jornal, sua mãe estava ao fogão terminando de fazer o café da manhã.

- Bom dia, querido! - Diz Sarah Powell, a mãe de Matthew e Thomas.

- Bom dia, mãe, bom dia, pai! - Matthew responde.

- Bom dia, campeão. - Diz Ryder Powell, o pai de Matthew e Thomas.

Matthew se senta à mesa ao lado de Thomas e, logo depois, a Sra. Powell se senta à mesa também e eles começam a refeição. Quando terminaram de comer, ajudaram a mãe a tirar a mesa e, em seguida, subiram para se vestir para a escola. Matthew foi para o seu quarto, tomou um banho, escovou os dentes, se vestiu para a escola, arrumou sua mochila, e saiu do quarto. No corredor, a caminho da escada, ele se encontrou com Thomas, que também já estava pronto.

- E aí, animado pra mais uma semana de aula? - Thomas pergunta enquanto desciam as escadas.

- Mais ou menos. - Matthew responde sorridente.

- Lembrou de pegar todos os materiais? - Thomas pergunta.

- Sim, Tommy, eu peguei tudo. - Matthew responde.

Ao descerem as escadas, eles se despedem de sua mãe e ela deseja uma boa aula aos dois, e, junto ao seu pai, eles caminham em direção à garagem. Chegando lá, eles entram no carro, o Sr. Powell começa a dirigir para fora da garagem e eles entram na estrada.

Quando chegaram na escola, Matthew e Thomas se despedem de seu pai e ele deseja uma boa aula a eles também. Logo depois, eles descem do carro e caminham em direção a entrada. Passando pelo o portão, eles adentram a escola e em poucos minutos o sinal toca e todos os alunos, que estavam no pátio, começam a ir em direção as suas salas de aula.

- Bom, é aqui a gente se separa. - Diz Matthew.

- Te vejo depois da aula, meu irmão. - Diz Thomas dando um tapinha nas costas dele.

Os dois sobem as escadas e cada um vai para um lado. Matthew chega em sua sala e à adentra, lá, ele se senta em uma carteira, e em alguns minutos a professora chega. Todos se sentam em seus lugares e ela dá início a sua aula.

- Bom dia, classe. - Diz a professora ao entrar na sala de aula. - Nós temos uma nova aluna hoje, essa é a Lindsay Dantas, eu quero que vocês façam ela se sentir muito bem vinda. - Ela diz ao lado de uma garota de pele branca, longos cabelos castanhos claros e ondulados, e um semblante perspicaz. - Pode se sentar onde você quiser, meu bem.

Lindsay segue rumo as carteiras e para em uma ao lado de Matthew, e pergunta:

- Posso sentar aqui?

- Claro. - Ele responde sorrindo e ela se senta.

- Ok, classe, peguem seus matérias que aula já vai começar. - Diz a professora.

Matthew abre sua mochila e procura um lápis entre os seus materiais, mas não o acha. - "Eu devo ter esquecido em casa." - Ele pensa em voz alta após procurar por toda a sua mochila. Ao desistir de procurar, Matthew vira para a carteira atrás dele, onde estava Kaylee Soares, uma conhecida dele e de Thomas.

- Kaylee, me empresta um lápis. - Ele pede a garota de pele branca, cabelos negros e lisos, roupas escuras e excêntricas, e um semblante frio a sua frente.

Kaylee ergue um de seus lápis para Matthew, sem olhar para frente, concentrada no que estava fazendo. Ele recebe o lápis e a agradece, e ela volta a desenhar em seu estimado caderno de desenho.

Enquanto isso, do outro lado do corredor.

Thomas chega na sua sala de aula, e a adentra, lá, ele avista Renan Collins, seu melhor amigo, que acena para ele se senta ao seu lado. Thomas caminha em direção ao garoto de pele negra, cabelos escuros e cacheados, e um semblante sorridente; e se senta na carteira. Eles se cumprimentam, e antes de começarem a conversar, uma garota nova chegou na sala. Ela tinha pele branca, curtos cabelos castanhos escuro e cacheados, e um semblante misterioso.

Ela caminha em direção as carteira e se senta. Em seguida, o professor chega.

- Bom dia, pessoal. - Diz o professor ao entrar na sala. - Você é a aluna nova? - Ele pergunta para a garota nova.

- Sim. - Ela confirma.

- Qual o seu nome? - O professor pergunta preparando a chamada.

- Victoria Müller. - Ela responde.

- Bom, seja bem vinda, Victoria. - Diz o professor escrevendo o nome dela no papel.

- Obrigada. - Ela agradece.

O professor manda todos pegarem os seus matérias porque a aula iria começar.

- Essa Victoria parece ser legal. - Diz Thomas.

- Eu acho que ela é muito bonita. - Diz Renan.

- É sério? - Diz Thomas arqueando uma sobrancelha.

- Que foi, é verdade. - Renan se defende.

Thomas revira os olhos e eles voltam a se concentrar na aula. No fim da aula, o sinal toca e todos saem das suas salas, e isso inclui Matthew e Thomas, que se reencontram no intervalo e vão ao refeitório, junto a Renan. Chegando lá, eles pegam sua comida, e se sentam em uma mesa juntos.

- Poxa, me esqueci de entrega o lápis da Kaylee. - Diz Matthew ao lembrar que ainda está com o lápis dela.

- Entrega no fim do intervalo. - Diz Thomas.

- Não precisa, ela tá bem ali. - Diz Renan apontando para Kaylee que estava almoçando em uma mesa próxima a deles.

- Tá eu vou lá... - Antes que Matthew se levantasse e fizesse o que disse, Thomas o interrompeu.

- Deixa que eu vou. - Matthew concorda e o entrega o lápis.

Thomas caminha em direção a mesa de Kaylee, e diz:

- Oi, Kay.

- Ah, Oi, Tom. - Kaylee para de mexer no seu celular, coloca os cotovelos sobre a mesa, e presta atenção nele.

- Eu vim devolver o lápis que você emprestou ao Matthew. - Ele diz entregando o lápis para ela.

- Ah, obrigada. - Ela agradece ao receber o lápis.

Thomas se despede de Kaylee e volta para a sua mesa. Alguns segundos depois, Lindsay se aproxima da mesa dela e diz:

- Oi, posso senta aqui?

- Sim. - Lindsay coloca sua comida em cima da mesa e se senta. - Você é a aluna nova, não é? - Kaylee pergunta olhando para a garota a sua frente.

- É, eu sou a Lindsay. - Ela responde estendendo a mão para Kaylee.

- Eu sou a Kaylee. - Ela aperta a mão de Lindsay e, logo depois, bebe um pouco do seu suco.

- Vem cá, aquele garoto que estava conversando com você era seu namorado? - Ela pergunta e Kaylee quase se engasgar com o suco.

- Não, não, o Thomas é só meu amigo, na verdade tá mais pra conhecido, a gente mal se fala. - Ela responde.

- No meu ver, vocês pareciam ter um química muito boa. - Diz Lindsay comendo a sua comida.

- Você acha? - Kaylee pergunta arqueando uma sobrancelha.

- Sim. Por que não se aproxima mais dele? - Diz Lindsay.

- Tem razão. Vamos sentar com eles. - Diz Kaylee pegando sua comida e levantando-se da mesa.

- Ei, espera aí. - Diz Lindsay ficando para trás.

- A gente vai sentar com vocês. Algum problema? - Diz Kaylee sentando na cadeira da mesa ao lado de Thomas. Lindsay chega logo atrás dela e se senta também, ao lado dela.

- Ham, não! - Diz Thomas franzendo o cenho.

- Ah, gente, essa é a Lindsay, a garota nova da minha classe. - Diz Matthew apontando para ela.

Ela os cumprimentam e eles retribuem. Logo depois, Renan avista Victoria saindo da cantina com sua comida, indo em busca de um lugar pra sentar. Ele rapidamente se levanta e à chama:

- Victoria! Senta com a gente.

Ela ouve o seu chamado e caminha em direção a eles, e se senta no espaço que preenche toda a rotatória da mesa, ao lado de Lindsay e Renan. Assim que se senta, ela cumprimenta a todos e eles retribuem.

- Aquele ali é o Matthew, o irmão dele Thomas, a amiga do Thomas, Kaylee, e amiga do Matthew, Lindsay. Gente, essa é a Victoria, a nova aluna da nossa sala. - Diz Renan apresentando todos para Victoria.

- Você também é aluna nova, né? - Ela pergunta para Lindsay.

- Sim, eu vi você na diretoria fazendo a matrícula. - Diz Lindsay se lembrando dela.

- E o que está achando da escola? - Pergunta Kaylee para Victoria.

- Ah, é bem legal! Não tive tempo de conhecer tudo, mas acabei de conhecer cinco pessoas muito boas. - Ela diz sorrindo.

- E eu assino em baixo. - Diz Lindsay, levantando a mão, e todos começam a rir.

Eles conversaram por muito tempo, e, naquele momento, uma grande amizade, entre os seis, nasceu!

27 de Outubro de 2021 às 19:26 0 Denunciar Insira Seguir história
1
Leia o próximo capítulo As Pedras Misteriosas.

Comente algo

Publique!
Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a dizer alguma coisa!
~

Você está gostando da leitura?

Ei! Ainda faltam 6 capítulos restantes nesta história.
Para continuar lendo, por favor, faça login ou cadastre-se. É grátis!