0
497 VISUALIZAÇÕES
Completa
tempo de leitura
AA Compartilhar

LIBERDADE, TÁ DENTRO DA CABEÇA 🎶🎶🎶...!

Liberdade tá dentro da cabeça 🎶🎶


Toda periferia que se preze, tem na cultura, nos projetos socias, no esporte, nas associações, uma força enorme, as pessoas que nela residem, são muito resilientes, possuem empatia umas pelas outras.
São movimentos que reúnem uma grande quantidade de pessoas, com o intuito de trazer alegrias, educação, união, lazer e diversão.
Onde moro não poderia ser diferente e através da Associação do bairro, á aproximadamente uns dois anos antes da pandemia da Covid-19, vinham sendo realizados eventos musicais, os quais nos destacavam na sociedade.
Os eventos que eram realizados em finais de semana com intervalos bimestrais, movimentava muitas pessoas, desde organizadores, comerciantes locais e informais que montavam comércios de todos os tipos e gêneros ao longo da área delimitada ao evento, entre outros.
Sempre houve uma cumplicidade fora do comum por parte dos moradores, que abriam suas garagens, montavam barraquinhas expondo suas guloseimas e artesanatos, marcando presença em massa abrilhantado ainda mais o evento.
Acordavamos nas manhãs de domingo com a preparação do evento, bloqueios de acesso a via, montagem do palco e a distribuição da acústica, a pintura nos postes de luz, asfalto e para finalizar se entendia como um manto sagrado na parte superior do palco, a "Bandeira da Jamaica" indicando a abertura oficial do Show.
O clima se tornava cumplice, mantendo como prêmio um dia ensolarado, a tarde inebriante e o luar de testemunha, de podemos ser felizes com muito pouco.
Cada programação era voltada a um estilo musical, que trazia música popular, Black music, rip rop e a cereja do bolo conhecida por muitos de Reeage, que ocorria na parte final dos eventos, quando o espaço já estava totalmente ocupado pelos fãs e admiradores.
Nosso final de semana era extrovertido, alegre, as pessoas acompanhavam a desmontagem como se fosse o último suspiro, muitos saiam acompanhados, encontravam sua outra metade.
Os eventos passaram a fazer parte da programação cultural da cidade, ecoaram não só na região Leste, mas na mídia em geral.
Com a chegada da pandemia, o isolamento e distanciamento social como planos de contenção ao vírus, os eventos ficaram no passado, as famílias preservadas em suas residência, mas nada apaga a verdadeira "Liberdade, tá dentro da cabeça....🎶🎶🎶".
Em breve, retornaremos em grande estilo e muito melhor do que antes.

Ailton

F I M

15 de Outubro de 2021 às 01:13 0 Denunciar Insira Seguir história
0
Fim

Conheça o autor

Comente algo

Publique!
Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a dizer alguma coisa!
~