hades_scorpions Hades Scorpions

Naruto é o rei do inferno, o loiro é conhecido por ser o anjo que contrariou Deus. E por conta disso foi condenado a passar o resto de sua vida no inferno, onde ele tomou como seu reino. Em um dos passeios de Naruto a Terra ele viu um anjo, que intrigou o loiro por sua aparência diferenciada. A parti daquele momento Naruto queriam fazer o anjo comete um pecado, ele queria fazer aquele anjo inocente se sucumbi aos prazeres mundanos.


Fanfiction Para maiores de 18 apenas.

#Naruto #Sasuke #Yaoi #Narusasu #
0
458 VISUALIZAÇÕES
Completa
tempo de leitura
AA Compartilhar

Capítulo 1

O começo


Quando o universo foi criado existia um ser poderoso, um deus, ele criou tudo que se existe hoje. Mas sua existência sempre foi motivo para teorias. Mas até hoje nunca se descobriu nada sobre ela, e esse deus criou os anjos, os seus filhos que lhe serviam. O céu, o lugar que esse deus tomou como seu reino era cheio de alegria e paixão. Era um lugar muito acolhedor para todos de alma boa mas um de seus filhos se rebelou, o seu filho não queria ser um simples anjo ele queria mais. E por conta da sua cobiça ele foi expulso do céu e mandado para o inferno, onde ele tomou como seu reino lá ele mandava e tinha seus súditos a sua disposição.


Naruto era conhecido como o anjo caído ou raiz do mal, uma coisa nele que não podia se negar era sua aparência. Seu rosto era carregava uma beleza abundante, os seus olhos eram um azul escuro e seus cabelos eram loiros. Realmente a imagem de um ser perfeito, mas por causa de sua ambição ele não era mais um ser perfeito nada nele mudou. Talvez só suas asas, que antes eram brancas e majestosas agora estavam pretas, o loiro as mantia guardadas já que não serviam pra tanta coisa como antes.


Todo anjo que era contra as regras do céu eram mandados para o inferno, mas com a nova criação de Deus o inferno ficou com mais condenados. A humanidade, Naruto nunca viu tanta maldade em um ser humano. As crueldades que as pessoas faziam deixava Naruto enojados, seus pecados não eram tão ruins quanto as das outras pessoas.


O jeito dos humanos deixavam Naruto intrigado, desde crianças que deviam ser inocentes até adultos com a mente podres. Tortura aquelas pessoas deixavam Naruto feliz, pelo simples motivo que todas elas tiveram culpa por está ali. Mas com o tempo isso se tornou tedioso, então o loiro começou a passear pela terra. É como falam " O diabo está entre nós" e ele realmente estava, e em um de seus passeios ele viu um anjo. Dava pra reconhecer só pela aparência, Naruto ficou um pouco surpreso com a aparência do anjo que tinha cabelos e olhos era pretos. Não era algo comum, pro loiro que viveu séculos antes no céu e lá tinha anjos com rosto um pouco repetitivos aquele anjo era... Diferente.


O loiro se aproximou e viu que o tal anjo estava lendo, parecia ser bem Interessante pra o anjo não percebe sua presença.


— O livro é bom?- Naruto pergunta e o moreno solta um sorriso.


— Sim ele é- O seu rosto mudou assim que viu o rosto de Naruto, parecia um assustado meio intrigado.


— Algum problema?


— Claro que não, bem está na hora de eu ir embora.- O moreno fala se levantando mas é puxado por Naruto.


— Pela sua cara já deve saber quem eu sou, estou certo?


— Sim eu sei quem você é, agora solta pode me soltar por gentileza?


— Ainda não, vamos conversa ou você pode me ajudar.- O loiro diz sorrindo


— Nunca ajudaria você.


— Por que não? Não é dever dos anjos ajudar as pessoas?


— Pessoas sim, demônios não.- O moreno fala e Naruto fica indignado.


— Demônio? Sou muito mais que um simples Demônio, o que estão ensinando vocês? Me desceram pra um nível deplorável, fale pro velhote muda isso.


— Velhote? Você deve respeito a deus, qual é seu problema?


— Qual é o seu nome querido anjo?- Naruto pergunta voltando a sua paciência normal.


— Sasuke.


— Então Sasuke, o problema é que seu pai o nosso pai me desceu pra um nível deplorável. Enquanto ele é o todo poderoso eu sou conhecido como demônio


— E qual é a diferença entre você e um demônio?- Sasuke pergunta


— Eu sou mais poderoso que um demônio, eu posso matar demônios em um estala de dedos. Então você me chamar de demônio é uma ofensa muito grande pra minha pessoa, então de preferência me chame de Naruto.


— Ok demô- quer dizer Naruto, está na hora de eu ir embora.


— Mas eu ainda quero conversar com você, sabe não é pecado conversa comigo. Mas se quiser posso te mostra os pecados mais prazerosos da sua vida, claro só se você quiser.


— Não obrigado, agora solta.


— Vamos nós ver de novo?- O loiro pergunta e Sasuke se afasta


—Espero que não.- Sasuke responde e suas asas se abrem, aquela imagem era realmente um coisa incrível. Seria uma linda obra de artes se algum artista pintasse aquilo, Naruto viu a figura desaparecer no céu.


— Você é muito interessante Sasuke, não vejo a hora de te ver sucumbido aos prazeres mundanos.- Naruto fala voltando a caminhar.


Aquele encontro foi bem... Estranho? Mas Naruto estava com espectativa que eles se encontrariam de novo, parecia que o todo poderoso sentiram uma certa raiva do loiro. Já que a parti daquele momento Naruto tinha um desejo, fazer Sasuke peca. Poderia ser algo bem idiota, mas ver aquela figura angélicas em seus braços seriam uma conquista enorme. E seria uma conquista pessoal já que aquela aparência atiçou profundamente Naruto, mas tudo seria no seu tempo já que Naruto queria aproveitar cada momento.


E uma coisa que deixou o loiro bastante animado foi ver aquele anjo mais uma vez, em outro de seus passeios ele viu aquele anjo só que em sua forma humana. Ele estavam comendo em uma lanchonete, Naruto entrou no local e se sentou na mesma mesa que Sasuke.


— Que felicidade vê-lo novamente.- Naruto fala fazendo Sasuke fazer uma careta.


— Que infelicidade você quis dizer.- O moreno fala e Naruto dá um riso sarcástico.


— Assim você me ofende, e eu não sabia que anjos podiam vim pro mundo humano só por benefício próprio.


— Estou no meu descanso e não é contra as regras fazer isso, e o que você quer?


— Quero conversar, já que parece que você gosta muito das coisas humanas posso te mostra algo que os humanos adoram fazer.- Naruto ao fala isso fez Sasuke ter um brilho curioso em seus olhos.- Parece que você se interessou.


— O que é essa coisa que os humanos adoram?- Sasuke pergunta inocentemente, faria até Naruto ter um peso na consciência em estragar uma parte de sua inocência.


— Sexo.- O loiro fala normalmente fazendo Sasuke se engasgar.- Se quiser posso fazer isso com você, eu sou muito bom nisso.


— N-não obrigado.- Sasuke responde com o rosto um pouco corado.


— Que pena, mas eu vejo que você gosta de coisas mundanas. Tá vendo o que aquela menina tá mexendo?- O loiro pergunta apontando pra menina que estava segurando um celular e estava com fones de ouvidos, o moreno concorda.- Já usou um daqueles?


— Não.


— Vem comigo que eu vou te mostra algo que tenho certeza absoluta que vai gosta.- Naruto propõem mas Sasuke parece um pouco apreensivo com aquilo.- Não é nada que vai te fazer me dá uma visita, mas estará sempre bem vindo.


— Não confio em você, você tem fama de ser mentiroso e manipulador.- Sasuke fala e o loiro faz uma cara dramática, fingido estar ofendido.


— Não deverás julgar uma pessoa por sua fama, isso não tá nas regras.- Naruto pergunta e Sasuke nega com a cabeça.- Pensei que estavam, mas eu realmente não estou mentindo. Aquilo é um celular é usado pra se divertir, então venha comigo e nos divertiremos muito.


— Não sei se posso fazer isso.


— Qual é olhe em sua volta. Todos tem um celular, e pela sua curiosidade de antes tenho certeza que vai gosta em mexer em um.


— Ok, eu vou com você.- Sasuke fala se levantando.


— É assim que se fala, e qualquer coisa peça perdão a deus. Ele perdoa qualquer um.


— Nem todos...- O moreno fala olhando o loiro.


— Eu sou a excessão.- O loiro fala puxando Sasuke.


De longe dois anjos observavam aquela cena, parecia que o Sasuke teria grandes problemas quando chegasse em casa.


— Deveríamos conta ao pai?- Um anjo de cabelos marrom pergunta.


— Sim, o nosso irmão está sendo atentado por aquele que não podemos nomear.




24 de Setembro de 2021 às 02:29 0 Denunciar Insira Seguir história
0
Leia o próximo capítulo Capítulo 2

Comente algo

Publique!
Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a dizer alguma coisa!
~

Você está gostando da leitura?

Ei! Ainda faltam 19 capítulos restantes nesta história.
Para continuar lendo, por favor, faça login ou cadastre-se. É grátis!