0
425 VISUALIZAÇÕES
Em progresso - Novo capítulo Todos os dias
tempo de leitura
AA Compartilhar

O não para si é o sim para Deus

Se você decidiu iniciar esta leitura, só me resta uma certeza: Você está interessado em realizar a vontade de Deus, ainda que isto lhe custe a sua vida, os seus sonhos ou até mesmo os seus projetos.


Um título nada atrativo para a geração em que vivemos onde o " deus" deste século lhes cegou o entendimento para que a grande massa de indivíduos, viva e orgulhe- se das suas próprias vontades, desejos e paixões, a sociedade em que vivemos está neste contexto de " a vida é minha e eu faço o que eu quiser..."


Mas, não é desse jeito no reino de Deus.


Assim, como certo apóstolo de Jesus escreveu, Paulo de Tarso, reafirmo nas seguintes palavras:

É necessário perder para ganhar.


Na carta aos filipenses ele diz "Mais do que isso, considero tudo como perda, comparado com a suprema grandeza do conhecimento de Cristo Jesus, meu Senhor, por cuja causa perdi todas as coisas. Eu as considero como esterco para poder ganhar a Cristo." Filipenses 3:8


Talvez você esteja se perguntando mas o que é isso? Por que é necessário perder para ganhar? Afinal, o que eu preciso perder? O que eu preciso ganhar? Do que necessariamente se está falando?


Como sabemos, Jesus habitou entre nós em forma humana(Jo 1:14), ele despiu- se de toda sua glória, esvaziou- se a si mesmo, vindo a ser servo( Fp 2:7), afim de que andássemos como ele andou.

Porque eu vos dei o exemplo, para que, como eu vos fiz, façais vós também. Jo 13.15


Ele "perdeu" para nos ganhar, ele "perdeu", para nos salvar.


Vemos claramente na vida de Jesus, descrita por alguns de seus discípulos nos evangelhos, que ele negou a si mesmo para não perder de vista o propósito do qual ele veio cumprir.

Para confirmar isto é só fazermos uma releitura e observarmos Mateus 4, onde ele é levado pelo espírito ao deserto e lá é tentado por satanás.


Jesus iniciou o seu ministério assim, nos mostrando através da sua própria vida que situações difíceis e dolorosas apareceriam mas que era possível vencê-la pela palavra de Deus e continuar a seguir rumo ao cumprimento do propósito. Foi o que ele fez, diferentemente de Adão e Eva que desobedeceram no paraíso, Jesus obedeceu a palavra de Deus no deserto para dar continuidade aquilo que o Senhor lhe havia designado a fazer.


Jesus estava querendo ensinar pelo seu exemplo de vida que só é capaz de renunciar as ofertas do inimigo quem sabe para qual propósito foi chamado. Só renunciará o mal, quem sabe dentro de si, para qual bem foi chamado para realizar.


Por isso Jesus vai dizer: " Porque aquele que quiser salvar a sua vida, perdê-la-á, e quem perder a sua vida por amor de mim, achá-la-á." Mateus 16;25


Naquele deserto onde foi tentado, Jesus estava "perdendo" os manjares e as ofertas malignas para triunfar sobre a carne ( ele triunfou sobre a sua própria vontade para realizar a vontade de Deus), não perdendo de vista o propósito para qual foi chamado: a salvação da humanidade e dessa forma, ganhar- perdendo.


É incrível como Jesus vai nos ensinar coisas que devemos realizar para segui-lo, através do seu próprio exemplo de vida, nos mostrando que é possível andarmos como ele andou, fazendo o que ele fez e ainda obras muito maiores.

Portanto, não desfaleçamos achando que negar a si mesmo é um ato de covardia. Muito pelo contrário, é uma ação de quem deseja ganhar o céu e quem ganha o céu, ganha tudo.

Paz e vida em abundância, essa é a promessa da vida eterna, para todo aquele que se sujeitar em obedecer a boa, perfeita e agradável vontade de Deus, negando a si mesmo.

Porque sabemos que nossas armas são poderosas em Deus e que em Cristo somos mais que vencedores e que todas as coisas, todas, podemos naquele que nos fortalece!

23 de Setembro de 2021 às 05:24 1 Denunciar Insira Seguir história
0
Leia o próximo capítulo Não basta chamá-lo de Senhor, devemos ouvi-lo e obedecer

Comente algo

Publique!
Emanuelle Prado Emanuelle Prado
🙏🙏👏🏻👏🏻
~

Você está gostando da leitura?

Ei! Ainda faltam 1 capítulos restantes nesta história.
Para continuar lendo, por favor, faça login ou cadastre-se. É grátis!

Histórias relacionadas