sandra-longbottom24 Sandra Longbottom

Um ano depois da queda de Voldemort, Harry e os Weasleys estavam comemorando o Natal. O moreno decide realizar uma surpresa especial para sua namorada Ginny. Definitivamente, aquele Natal ia ser diferente.


Fanfiction Todo o público.

#romance #natal #hinny #salily
0
286 VISUALIZAÇÕES
Completa
tempo de leitura
AA Compartilhar

Capítulo Único

Nota da Autora:


1) Os personagens, lugares e citações que forem reconhecidos como sendo da saga de Harry Potter são da prioridade de J. , Scholastic Books, Bloomsbury Publishing, Editora Rocco ou Warner Bros. Entertainment. Nenhum lucro foi auferido pela criação desta fic.

2) Minha primeira fic com este casal. Espero que gostem. Bjs :D


Uma boa leitura a todos ^^

S.L.


Já tinha passado um ano desde a queda de Lord Voldemort. Era noite de Natal e Harry estava na Toca, juntamente com Hermione, aproveitando aquela noite especial. Tinham ficado a tarde toda ajudando nas tarefas mandadas pela Srª Weasley. Como eram muitos, todas as tarefas tinham sido realizadas rapidamente. A casa tinha sido totalmente limpa, mas continuava acolhedora. A única vez que Harry a tinha visto assim tinha sido no casamento de Bill e Fleur. A sala estava deslumbrante, com uma árvore de Natal no fundo da sala, cheia de enfeites e rodeada de presentes. Por cima da chaminé haviam, pelo menos, umas nove meias de Natal, e estava decorada com velas vermelhas e douradas de várias formas e tamanhos. A lareira estava acesa, o fogo crepitando, e dava ao local um calor acolhedor. Em volta da sala voava um pequeno Papai Noel de madeira, em cima de uma vassoura. No centro havia uma enorme mesa, com os mais variados aperitivos, como suco de abóbora, uísque de fogo e cerveja de manteiga, bolo-rei, um delicioso cabrito com arroz e baratas, bacalhau, bolinhos de chocolate, pudim de caramelo, e outros doces que faziam crescer água na boca. Todos estavam sentados nas cadeiras, em volta da mesa, e comiam a ceia preparada pela Srª Weasley, enquanto conversavam animadamente. Harry estava sentado ao lado de Ginny e observava sua ruiva, enquanto comia. Ginny pousou o talher em cima do prato, pegou no guardanapo e limpou a boca. Se virou para o namorado e percebendo que ele a olhava, sorriu carinhosamente e apertou sua mão de leve. Harry sorriu em resposta e continuaram a comer. Hermione se serviu mais um pouco de arroz e comentou:

-O jantar está divinal, Srª Weasley.

-Obrigada, querida. – Respondeu a mulher, sorrindo para Hermione. Seus filhos acenaram afirmativamente com a cabeça, confirmando as palavras da morena.

-Está mesmo bom, Molly. – Disse o Sr. Weasley. A Srª Weasley sorriu para o marido e continuaram a jantar. Ron encheu o garfo, colocou uma quantidade anormal de comida na boca e falou, enquanto mastigava:

-´Tá memo bum, mãe.

-Ronald Weasley! – Exclamou, furiosa, a Sra. Weasley – Estou sempre lhe dizendo para não falar de boca cheia. Isso é má educação.

Todos se começaram a rir, enquanto Ron revirava os olhos, entediado. Era sempre a mesma conversa.

-Ele nunca muda. – Comentou Ginny e seu irmão ficou com as orelhas vermelhas. Se ouviram umas gargalhadas e Ron resmungou entredentes. Continuaram a jantar e, no fim, se levantaram todos, levaram os pratos para a cozinha e os pousaram na pia. Voltaram para a sala, se sentaram nos sofás, em frente á lareira, e conversavam sobre assuntos sem importância, enquanto esperavam pela meia-noite. Estavam curiosos para saber o que iriam receber.


OoOoO


Os homens estavam entretidos a falar sobre Quidditch, enquanto as mulheres colocavam pratos, talheres e uma torta de chocolate em cima da mesa. Sem que contassem, o relógio que estava na parede começou a dar badaladas. Olharam e viram que era meia noite. Se levantaram e se dirigiram para a árvore de Natal, para pegarem seus presentes. Se sentaram novamente nos sofás e cada um abriu seus embrulhos, comentando entre eles o que tinham recebido. Hermione sorriu ao ver o colar, com um pingente de prata em forma de coração, de Ron e olhou para seu namorado. O ruivo abriu o presente dela e ficou espantado ao ver que Hermione lhe tinha oferecido um kit de limpeza de vassoura. Sorriu para a namorada e a beijou carinhosamente na bochecha. A morena pegou no presente da Srª Weasley, sabendo que era mais uma de seus sueters quentinhos. Olhou para Ginny e viu que a ruiva abria um presente de Bill. Seu irmão lhe tinha oferecido um écharpe verde esmeralda com flores vermelhas. Olhou para os presentes e, percebendo não estava ali o presente de Harry, franziu o sobrolho, confusa. Ela tinha certeza que o tinha ouvido comentar com Ron um presente para Ginny, mas a ruiva não tinha nada com ela. Curiosa, perguntou:

-Harry, você não tem um presente para Ginny? – Harry, que tinha uma camisola vermelha, com um “H” a dourado nas mãos, olhou primeiro para Hermione e depois em volta do local. Todos o observavam, curiosos. Procurou Ron e lhe pediu ajuda com o olhar. O ruivo entendeu seu pedido mudo e falou para sua namorada, carinhosamente, enquanto a abraçava:

-Hermione, querida. – Colocou um braço em redor dos ombros de Hermione e continuou - Tenho a certeza que Harry não se esqueceu de comprar um presente para Ginny.

Ginny fitava o trio de ouro de cenho franzido. Ela sabia que Harry não lhe tinha oferecido nada, mas ela não se importava. Seu amor, carinho, sua amizade e compreensão eram suficientes para ela, que quase o tinha visto morto ano passado. O moreno sorriu, dobrou a camisola e a colocou na borda do sofá. Se levantou e se colocou de joelhos á frente da ruiva. Perante o ar espantado de todos, retirou do bolso das calças uma caixa de veludo azul escuro e a abriu. Ginny observava, em choque, o anel de diamantes que brilhava sobre o fogo da lareira. Todos começaram a sussurrar, espantados com o presente do moreno. Harry pegou na mão de Ginny e perguntou, com os nervos á flor da pele:

-Ginny Weasley, você aceita se casar comigo? – A ruiva fitou seu namorado, espantada, seu coração batendo descompassadamente contra seu peito. Não acreditava que Harry a pedisse em casamento. Claro que eles já tinham conversado sobre isso, mas nunca pensou que ele lhe pedisse tão cedo. Olhou para o rosto de Harry e viu que ele estava apreensivo com a demora em responder. Ela sabia que o amava e, mesmo sendo novos, sabia que ficariam juntos para o resto da vida. Sentindo uma enorme felicidade dentro de si, deu um grande sorriso e exclamou, comovida:

-Sim! Sim, eu aceito! – A Srª Weasley começou a chorar, emocionada, e Harry retirou o anel, colocando no dedo da ruiva. Todos se levantaram, se dirigiram para o casal e lhe deram os parabéns. Harry, entre os abraços de seus amigos, percebeu que aquele Natal iria ser, sem dúvida, diferente dos outros.


Fim


Nota da Autora: Bem, queria desejar um ótimo Natal e um feliz 2013 a todos, e dizer-lhes que foi maravilhoso compartilhar esse ano ao lado de vocês! Se gostaram de fic, reviews! Eu agradeço

18 de Setembro de 2021 às 18:00 0 Denunciar Insira Seguir história
0
Fim

Conheça o autor

Sandra Longbottom Sou Sandra Longbottom, mas podem me chamar de Salily ou Sandy. Sou fã incondicional da saga Harry Potter, mas também leio outras fics que me interessem, como Hunger Games, Divergente, Senhor dos Anéis, The Walking Dead, Thor, Teen Wolf, entre outras… Gosto de ler de tudo, principalmente yaoi e romances. Adoro ler e tenho uma estante enorme de livros no meu quarto, e se eu pudesse, teria uma biblioteca inteira apenas para mim. E sei lá, acho que você só precisa saber isso.

Comente algo

Publique!
Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a dizer alguma coisa!
~