neodracht Thiago Silva

Se imagine em um mundo aonde a corrupção já chegou em todos os países do mundo. Hoje é 2027 e países como os Estados Unidos e a China estão afundados na corrupção. Todos os países que imaginavam-se impossiveis de caírem, estão desmoronando. A sua moeda está cada vez mais baixa, os países estão na lama, exceto um. O único país ainda livre e limpo oferece ao povo do mundo uma saída. E se aqueles com dinheiro no bolso puderem de certa forma comprar um país e governa-lo de forma diferente? Os cidadãos aceitam e acreditam que quem tem dinheiro pra isso, não tem porque roubar. Estéfani Avery Jones e John Davies precisam cuidar dos seus em meio a essa imensa guerra política. Uma família pobre que sofre, mas luta e não vai a lona. Outra família é rica, com grande influência, porém não deixa de ter as suas batalhas impossíveis.


Drama Impróprio para crianças menores de 13 anos.
0
3.0mil VISUALIZAÇÕES
Completa
tempo de leitura
AA Compartilhar

O Futuro

Patriotismo é palavra que menos importa atualmente. Os ricos dominam, humanos voltando a ser escravos, pai­ses irreconheci­veis e nada disso respondeu a uma aparente simples pergunta:Por Que os seres humanos não vivem em harmonia? Por que ninguem consegue salvar esse planeta das nossas mãos? Bom, ninguém sabe essas respostas, mas já que por enquanto esse é o único planeta possivel pra gente viver... é, vamos ter q suportar essa disputa de egos. Pois bem, vamos começar de onde se deve. O ano é 2027 e a corrupção é o virus mais contagioso do mundo. Pelas pesquisas mundiais, cerca de 93% dos políticos são corruptos e os poucos que realmente se importam com o próprio país, não tem o poder suficiente pra fazer a diferença. A família Davies é uma família pobre, porém feliz e verdadeiros, diferente dos Collins que são pessoas ricas e influentes que não fazem nada que não os beneficie.A família Avery é rica e poderosa, assim como os Collins, os Avery não se importam com nada a não ser poder que possuem, porém, havia uma pessoa nessa familia que realmente não ligava para poder, mas sim prezava pelas boas coisas da vida. Eis que chega o dia 12 de novembro de 2027, o povo já não aguenta mais tanta gente levando vantagem aonde não pode, há anos elegemos alguém qualquer pra levantar as nossas nações, mas como de costume, ninguém faz tudo que deveria. Até os paises mais desenvolvidos acabaram caindo, ninguem aguenta mais essa sensação de estar largado pelas pessoas que não mesmos transformamos em governante e nesse dia,todo tipo de governo chegou ao fim.

No dia da liberdade, no dia em que todos nós fomos até às ruas pra tirar a bunda dos poderosos das poltronas de couro, foi um dia em que todos nós nos sentimos mais livres. Todos nós tivemos a sensação de estar largando os pesos que estavam em nossos ombros. Na linha de frente estava Estefani Avery Jones que batalhava em protestos e batalhas fisicas com seus governantes,ela batia de frente com qualquer adversario que chegasse a enfrenta-la. A familia Collins apenas se escondeu com medo das consequencias, segundo eles, todos que desafiassem os governos assim iriam sofrer consequencias pesadas. Os Davies ainda viviam em sua casa, por hora, nada havia atrapalhado o seu estilo de vida...ate agora.Alguns dos paises mais afetados pela corrupção como o Brasi e o Uruguai foram os primeiros a se revoltar. Em seguida, paises que eram gigantes e que cairam na corrupção no decorrer dos anos foi os Estados Unidos e a França. Esses foram os primeiros paises a adotar um pais sem governo. No meio disso tudo, corria informações que o Alasca possuia uma forma de concertar as coisas. No meio de tanta gente, estava ela. Estefani Avery Jones era vista por muitos como uma pessoa ingrata perante aos ricos e narizes empinados que a rodeavam.Suas características eram marcantes. Ela é alta,branca como a neve,seus olhos são castanhos, seus cabelos são curtos,seus lábios são finos e tem uma personalidade forte.Todos a viam como uma garota rica que quer aparecer fingindo que se importa com o bem coletivo e problemas sociais,mas ela via o mundo do seu jeito,pela sua visão,os animais são os seres mais puros q existem e os humanos são os verdadeiros animais.Mas naquele dia,No meio de toda aquela batalha contra o seu governo,ela viu um pequeno gato negro,ele parecia ferido e ela prontamente o pegou em seus braços e o levou para cuidar daquele pequeno ser. Ao chegar em sua casa,seus pais não paravam de gritar com ela,perguntando como ia ser a vida dela se ela continuasse sendo daquele jeito. Ela discordou de tudo que falaram,simplesmente deixou tudo pra la e foi cuidar daquele gatinho preto. Ele tava com duas patinhas machucadas e um de seus olhos estava branco. Estefani logo viu que aquilo era um lembrete da crueldade dos humanos. Ela o leva para seu quarto, pega o Celular e liga pra uma das poucas pessoas as que ela confia e a Única pessoa q poderia explicar o que realmente aconteceu com aquele pequenino ser.

TH era como Estefani o chamava pelo telefone. Ela estava nervosa porque via que aquele gatinho estava sentindo dor e não sabia se ia conseguir salvar ele. Não demora muito pra que TH bata na janela de seu quarto e aqui surge a sua pergunta:Por que ele bate na janela ao invasão de ir pela porta? A resposta é simples, os pais de Estefani não permitiam que alguém que não era nascido em berço de ouro cruzasse a sua porta. Mas a riqueza que TH possuía era a inteligencia. Ninguem sabe como,mas com 20 anos, ele tinha uma mente completamente acima da media.Com seus braços longos Ele escalava as laterais da casa. A janela não o impediu de entrar, mesmo com os seus incríveis 1,93 de altura. Seu cabelo despenteado não balançava com o vendo gélido, mas sua pele incrivelmente branca refletia a cor da janela."Pois bem,oq temos aqui?".Disse TH a Estefani."Um gato q eu achei,ele tá bem ferido como você pode ver. Preciso que você ajude ele,eu sei que você pode fazer alguma coisa".Disse Estefani com os braços cruzados."Tá,eu vou ver oq eu consigo fazer".disse TH com uma feição de que não havia muito oque fazer. Ele analisa os ferimentos e começa a dizer:"Aparentemente,esse gatinho sofreu,mas infelizmente ele se foi a 5 minutos. Olha, eu preciso saber o que aconteceu em volta quando você achou esse gato,me fala tudo que lembra".Estefani sem reação diz:"Eu estava andando com as pessoas,eu estava logo atrás da primeira fila que tinha umas 40 ou 50 pessoas quando um policial começou a ameaçar a gente. Do nada ele deu um tiro pra cima e jogou granadas de gás nas pessoas da frente. Eu ouvi tiros e fui pro primeiro beco que eu vi para respirar antes do gás chegar e é eu achei esse gato e trouxe ele pra cá".TH pensativo diz:"Na minha opinião,esse gato ja andava por volta daquele local que você tava a um tempo, lá perto da prefeitura tem um lago decorativo e há alguns peixes, tinha comida fresca ali pra ele. Provavelmente ele já andava sendo maltratado por alguns daqueles policiais, é oque eu consegui pensar até agora. Olha,eu tô indo pra casa pra analisar isso com mais calma".então TH vai até a sua casa levando o gato em suas mãos enquanto deixa Estefani nervosa com a luz da lua entrando pela sua janela.



30 de Agosto de 2021 às 17:49 0 Denunciar Insira Seguir história
0
Leia o próximo capítulo Aquele Dia

Comente algo

Publique!
Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a dizer alguma coisa!
~

Você está gostando da leitura?

Ei! Ainda faltam 19 capítulos restantes nesta história.
Para continuar lendo, por favor, faça login ou cadastre-se. É grátis!