morgsrocha Morganna Rocha

Fred não se adaptou à mudança para Brasília, é cheio de opiniões e observador pra caramba. Entre palavrões, sexo e família, o paulistano tenta se encontrar e responder às questões que a vida provoca. P.s.: ele é bonito, inteligente, bem humorado e com uma quedinha pelo drama, mas a última é característica de todo adolescente, eu acho.


Romance Romance adulto jovem Para maiores de 18 apenas.

#hot #adolescente #english #youngadult #258
0
3.7mil VISUALIZAÇÕES
Em progresso - Novo capítulo A cada 30 dias
tempo de leitura
AA Compartilhar

Prólogo

Então, aqui estamos, Fred o romance, rápida e pequena introdução é necessária. O texto não tem as maiores pretensões, trata-se, antes de qualquer coisa, de um exercício narrativo, curiosidade de leitora sobre o ofício da escrita. O protagonista é querido, confesso, me afeiçoei a ele como nunca imaginei possível, Fred tem sua maneira de contar a vida, no entanto, eu tenho a minha de escrever, desculpe Frederico! Por isso alguns traços serão notados no percurso da leitura, não ceda ao estranhamento porque estilística e contação são o mesmo lado da moeda, por exemplo, a narrativa não é dada, cem por cento, cronologicamente, mas acontecimentos não registrados e de relevância serão mencionados ou rememorados, se ele fizer questão. Fred é só um adolescente e, por mais interessante que seja o moleque, escrever dia a dia da sua vida seria tedioso para mim ou, no mínimo, difícil para ele que ficaria extenuado com minha infame e constante presença.

Peço a gentileza, esforço, se preciso for, de ler até o capítulo XVII, momento no qual conflito e personagens foram apresentados, peço encarecidamente, e com chapelinho nas mãos, porque seria ruim se abandonasses o texto antes, injusto porque não terias dado a mim, ou ao Fred, a chance de cativá-lo, oh nobre leitor, muito dramático? Aviso que o texto é bem humorado, com generosas doses de literatura, política, erotismo e curiosidade, enfim, coisas que deixam a existência feliz ou, no mínimo, mais interessante. Por razões explícitas no texto a presença de língua estrangeira é constante, mas há traduções.

O romance contem uma linguagem, linguagem... palavrônica? Enfim, palavrões em demasia. Deixo claro que o texto é para maiores de 18 anos. A leitura é sua, consciente e, espero eu, divertida. Seria maravilhoso se vocês, leitores, deixassem suas impressões, longe de mim querer tomar seu tempo, ou do Fred torna-se um estorvo, mas como dito o texto é um exercício e para sua eficiência o contato com o leitor é de fundamental importância, certo? O jovem Frederico, na minha cabeça pelo menos, já tem meio e fim, mas é aí que entra o leitor, seria divertido, enriquecedor e muito massa, saber o que meu paulistano preferido provocou em você e o quanto foste envolvido por ele. Comente quando julgar necessário, quiser perguntar ou xingar alguém, eu e Fred não somos acanhados. Finalizo agradecendo sua leitura, tempo, generosidade e desde já...

- Reaça que te pariu Morg, qual o tamanho desse prólogo? Quem vê acha que tá escrevendo Guerra e Paz, porra! A galera já tá ligada, deixa eu...

- Frederico eu tô tentando criar um ambiente pra você ser bem recebido e...

- E o caralho, é claro que vou ser bem recebido! Tá louco meu, tá tirando!

17 de Agosto de 2021 às 15:58 0 Denunciar Insira Seguir história
1
Leia o próximo capítulo Capítulo 1

Comente algo

Publique!
Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a dizer alguma coisa!
~

Você está gostando da leitura?

Ei! Ainda faltam 20 capítulos restantes nesta história.
Para continuar lendo, por favor, faça login ou cadastre-se. É grátis!

Histórias relacionadas