ondetibts ondeti bts

[LONG FIC|DRAMA|+18|JIKOOK|KOOKMIN|SUSPENSE|AÇÃO|INVESTIGAÇÃO|COMÉDIA DRAMÁTICA|BRUXARIA|FLEX¡JIKOOK] Em um mundo onde não se sabe oque e o bem e oque e o mal, oque e o céu oque e o inferno dois garotos com personalidades e problemas diferentes, se encontram de uma forma inesperada e acabam criando um laço amoroso forte. Mas como ninguém sabe as reais intenções de um, ser humano deu tudo errado. Ou melhor deu tudo em final trágico. Espera ai eu disse final trágico? Quem disse que e um final trágico? Jeon Jungkook que criou problemas mentais após a morte do pai que morreu por chamas quentes, e logo depois sua amada mãe também teve um final trágico, de 23 anos ele foi diagnosticado com transtorno explosivo intermitente servera, esse transtorno causa agressões físicas distribuição de patrimônios, e o transtorno costuma transparecer 3 vezes ao ano. E geralmente depois do ocorrido, os pacientes costumam sentir-se culpados. Ele já fora internado, mais não conseguiu e acabou saindo. Ele trabalha com Market de empresas. Park Jimin um garoto realmente rico com a vida quase perfeita, se não fosse seus pais que ele julga ser bruxos lhe dando arrepios diariamente com suas doiduras e o fazendo notar coisas interessantes e dolorosas. Jimin faz faculdade de dança e treina em uma academia muito, popular na Coreia. E uma coisa muito legal em jimin... ele e um puta medroso. Oque pode acontecer quando a fanfic e de terror e temos um medroso como protagonista? Bom simplesmente tudo. #JkImpostorNever 💀 @/OndetiBTSS [...] Fanfic por; OndetiBTS [...] Capa por: Viws Dream


Fanfiction Bandas/Cantores Todo o público.

#bts #yuri #yaoi #258 #drama #ação #drogas #prisões #assassinato #bruxaria #fanfic #ondetibts #lgbtqia+ #gay #hot #kookmin #jikook
1
385 VISUALIZAÇÕES
Em progresso - Novo capítulo A cada 15 dias
tempo de leitura
AA Compartilhar

TOMARA QUE ELE ME BEIJE.

Fanfic por OndetiBTS

Olá, Aguinhas fofas! Sejam bem vindos ao, Primeiro e capítulo da fanfic! Bom essa. Esse primeiro capítulo... não vai ser lá tão, interessante assim! Mais, o próximo vai, spoiler no twitter!
O personagem principal, Jungkook pode ser visto como o vilão da história por vocês mais não gente! Ele não e mal! Ela só não pensou direito! E cometeu um erro por medo! Então peço que não julgue ele!

O capítulo tem 5k de palavras, e não está revisados mas o próximo estará! Então me perdoem os erros ortográficos!:(

Enfim, Vamos para o primeiro! Não se esqueça, de me seguir no twitter! @/Ondax2! E usar a hashtag abaixo!

💀 #JkImpostorNever 💀

"Medo", todos temos medos. Mesmo que sejam algo bobo, ou não. Mais o medo, e um sentimento horrível. O medo nós faz gritar de uma forma inevitável e quase impossível de segurar. Fobia, de perde algo preciso, de morrer, de altura, do mar seja oque for, e um medo. Mais, e se seu medo / fobia for de perder seu amor, oque você faria? Choraria? Sai da vida da pessoa? Continuaria com ela? Ou a mataria?

Chorar: Não iria adiantar em nada.

Ir embora da vida da pessoa: Iria ti machucar e, machucar a pessoa.

Continuaria com ela: Uma ótima opção, Porém você iria ter medo ainda.

Matar: Seria uma ótima opção? Bom sim para jeon jungkook. Um completo ds um piscopata, com um medo maior do que um aranha céu.

Mais qual você escolheria? Teria outra opção? Qual e seu medo? Seu maior medo?

💀

Jimin P.O.V

E de se indignar o jeito como o ser humano consegue ser fraco, e falhar em suas ações e estupidamente incrível. Mas bem, falhei muito hoje, na aula. Não so da faculdade como na de dança, tirei 0,5 na prova. Como irei mostrar isto aos meus pais, surper rigorosos meu deus? Eu errei a coreografia que estava ensaiando a 1 semana. Entende? 1 porra de semana. Estou me sentindo um inútil, oque aconteceu com você Park?

Migode! meus ossos, estavam dolorido. Havia passado a tarde inteira, dançando. E agora eu escutava uma música aleatória da, minha playlist. Não costumo prestar muita atenção nos nomes das músicas, mas tenho minhas preferidas. Música e minha vida, assim como a dança. Bem... digamos que amo mais a dança mas, enfim isso não tem muita importância na verdade. Mas agora tenho 2 semanas, para praticar a coreografia que eu estava ensaindo a 1 SEMANA e também, tenho 5 DIAS para fazer outra prova para recuperar minha nota.

Esse bimestre eu realmente estou, mal. Tenho medo disso. Meus pais sempre querem as notas melhores, as mils maravilhas. Mas eu acho que eles esqueceram a capacidade de eu, esquecer as coisas em questões de segundos. Hm e esqueceram também que infelizmente não, sou igual minha irmã mais velha jihee. Ela incrível, e pontinho final migode. Isso me faz lembrar o quanto nós, dois brigavamos quando pequenos. E normal irmãos brigar.. porém nossas brigas envolviam cadeiras, vassouras.. por ai vai, se é que me entende. Era tudo na base da porada.

Não julgo, nós dois não tinhamos um pingo de paciência. Mas nós nos amamos.

Dizem que irmãos são sempre assim, sempre brigam por coisa bestas mas sempre se amam e tem preocupação um com o outro. E algo crazy porque, irmão e o único ser que conseguimos odiar e amar ao mesmo tempo.

Sou atrapalhado, quando ouço meu celular tocar. E era Taehyung. Meu melhor amigo.

Chamada P.O.V

E ai, Minnie! — Disse empolgado, dando a certeza que estava com seu belo sorriso quadrado.

— Oie, terra! Oque você quer? — Perguntou para o mesmo ao outro lado da linha, E logo fora respondido com um suspiro longo.

— Para de me chamar, de terra! Credo, sou todo carinhoso e você vem com essa de "terra" — da uma pausa pra respirar. — Por que você, não sobe em uma tartaruga e vai se ferrar devagar? — "Terra" respodeu o garoto.

Não estou com ânimo 'pra isso terra. Estou cansado.

— Affer, ignorante. Nós iremos sair, Sábado para ir ao cinema! Para assistir, o nosso lindo filme de terror! — disse mais empolgado ainda.

Migode terra, calma pera vocês visseram um filme por acaso?? E outra oque caralhos eu, tenho haver com isso? Me esprica sou lerdo.

Não estava sendo, ignorante na verdade estava agindo como sempre.

— Primeiro: Não, somos pobres de mais para criar um filme, Anão ser que você pague ou sua irmã. Segundo: Quero que você vai. — ele respondeu as duas, "perguntas" que jimin fez.

Não sei... jimin fora interrompido.

— A mais, você vai! Seja por bem, seja por mal! Tchau! — terra desligou.

Jimin P.O.V

Não estou, acreditando que vou ser obrigado a ir no cinema no sábado! Essa semana fora, apenas: escola, aula de dança, casa, deveres, trabalhos. E o final de semana fora escolhido por mim, para ser um descanso! Estava exausto!

— Jimin, Seus pais estão a sua procura. — Disse, yuna. A professora de dança.

— Tudo bem Nana! Já estou indo. — disse para mulher a minha frente.

💀

Meus pais são aqueles tipo de pais distante a calados, que não uma foda para você e que você morre de medo de iniciar uma conversa e eles, de darem um tapa pra você parar na puta que pario. Sim, e difícil. Pera, eles não me deram um tapa que me fez parar na puta que pario, mas e oque eu penso quando vou iniciar um assunto complicado e delicado com ambos.

Bom meu pai pelo menos, e mas legal que minha mãe digamos assim. Minha mãe tampouco se importa, por mim para falar a verdade. Sim isso me deixa mal, mas por que caralhos ficar mal se pelo menos eu tenho um primo muito legal? Enfim.

Um assunto legal sobre meus pais, ou melhor sobre minha família e que todos são "bruxos". Isso mesmo! Bruxos migode, eles falam aquelas palavras estranha que parece que estão invocando o inimigo, e eles lêem coisas com letras estranhas. Só não fazem poções. Não sei oque eles são na verdade, mas eles fazem essas coisas loucas ai.

Eu não faço porque vocês sabem, eu sou medroso para um santo migode. Então já sabem né? Isso mesmo, Park Jimin longe de bruxaria e amém migode.

Nesse momento eu estava no carro com meus pais que morro de medo. Eles estavam bem calados. Bem calados, como sempre na verdade. Meus pais parecem mafiosos, todos dark do rock com tatuagens e esses trecos ai, dos mafiosos das fanfics. E um dos motivos de eu ter medo deles. Vai que começa uma briga de máfia e eu estou por perto?? Não quero morrer ainda não migode.

O trajeto todo, fora um silêncio. Embora o silêncio fosse, quebrado hora ou outra. Mais era agonizante.

— Como foi o dia? — Minji, minha mãe me perguntou. Virando a face para, me fitar. Mas ela não parecia muito interessada, não julgo também não estou interessado no meu dia.

— O mesmo de sempre. — Respondi sem ânimo.

Calma eu não vou falar que tirei 0,5, na prova e que errei a coreografia que eu estava treinando a 1 semana, não tem espaço para correr aqui no carro. E fácil para eles me bater, prefiro não arriscar.

— Uh... Filho, eu e seu pai iremos viajar a negócios. Então fiquei na casa de Seokjin seu primo, certo? — Ela me perguntou.

— Tudo bem.

— Seokjin já está a sua espera em nossa casa. — desta vez fora meu, pai yisuk que respondeu.

— Otimo, então — disse.

Meus pais, eram muito formais comigo. Mesmo eu sendo filho, deles. Não o predileto, até porque o predileto e a jihee, ela tem 26 anos e já conseguiu seu primeiro milhão, e dona de uma imprensa, capa de revista, modelo, e atriz. Famosa? Imagina!
Não que eu não seja tão exemplarar assim, faço faculdade, faço aula de dança! E estou próximo do meu primeiro milhão
— e claro também sou, modelo. Sou rico baebi.

Mais oque eu quero ser, mesmo e dançarino! Quero dançar por, todo lugar do mundo! Em Paris, no Brasil, na Itália, na África! Eu apenas quero, encantar as pessoas com minha dança! Fazer elas, sorrir. Esse e meu objetivo.

Meu primeiro milhão? Irei doar, para o Instituto da saúde! Não todo, medade e outra doaria para algum orfanato! Já, doei 200 mil para o Instituto de dança. Até porque, amo dança! Nada mais justo, certo?

E sim sou um rico que ama pobres. Fiquem calmos, não saio ai chutando pobres sou um amorzinho. Mamacita — vulgo a autora porque ela e pobre, me ensinou assim.

E não pensem que minha irmã, e aquelas garotas ricas mimadas! Pelo contrário, ela doa sangue e dinheiro todo mês para diferentes instituídos! Ela e tão bondosa! Além de linda, seriamente se a Park Jihee não fosse minha irmã faria de tudo para me casar com ela!

Finjam que não, disse isso okaie? Vocês estão okaie!

— Jimin? Acorde garoto! Chegamos. — minha mãe disse, e sai do meu devaneios.

— Oh! — disse saindo do automóvel, já que os mais velhos também já estavam do lado de fora.

Logo me deparo com, a figura de Jin cochilando encostando na grande porta da minha casa. Sim, Seokjin e o maior dorminhoco do mundo! Com certeza! Afirmo pós quando, passo algumas semanas na casa do mesmo oque ele mais faz e dormir, e dormir! O sono dele não acaba. Mais na verdade talvez, seja por que ele compete com Min yoongi. Seu melhor amigo.

Pelo menos eu acho que, ele e melhor amigo de jin.

Eles vivem nessa de competir, quem dorme mais. Estranhos? Nunca, never!

— Seokjin? Acorde! E seu padrinho! — meu pai sacodia, o garoto de 28 anos.

— ah?... Oque?.. Oie oie! Me desculpem! — ele disse sonolento, usando as mãos para esfregar o rosto. — Olá padrinho! Olá madrinha! Olá ji! — ele disse com um sorriso, se curvando.

— Você e o jimin se dão bem porque são assim, lerdos. — meu pai disse, e Jin olha para ele e eu também.

Okay meu pai acabou de jogar isso na minha cara, eu tô bem.
Logo eu meu pai, é minha mãe nos curvamos.

— Bom e isso, já estamos de saída. Sua mala está, pronta ja Jimin. Heri arrumou para, você. Apenas pegue, vai para casa do seokjin. — meu pai fora quem disse.

— Ah tudo bem... — eles nem esperam eu falar, algo apenas deram as costa e foram para o carro. E eu me virei para falar, com Jin

— Nossa, Eles são tão...

— Chatos, frios, calculista e formais? Sim eles são. — completei a fala de jin, que logo fora respondido com uma risada nasal vindo dele. — Vou lá em cima, buscar a mala... e guarda ela no.... — fui interrompido

— Primeiro, já fiz isso. Segundo, não recebi meu super abraço de primos que se amam! — Jin disse

— Tudo bem tudo bem! — disse rindo.

💀

Arrepios, e espiros. Estava na biblioteca antiga de jin. Vendo todos aqueles, livros grossos e estranhos. Jin mexe com também "bruxaria"... essas coisas. E sinistro! Da um puta medo, de sei lá aparecer um fantasma? Se é que bruxaria mexe, com isso. Família diferente né? Famílias normais, brigam por polícia.

Enquanto a minha, briga por bruxaria, primeiro milhões, posicionamentos das cidades.

Enfim, família saudável? Claro! Eu sou o único, que não e chegado nisso. Sou medroso! Até de mais digamos.

Me mijo por um susto qualquer. E fora isso que, aconteceu. Quase me mijei com jin encostando em meu, ombro fora impossível segurar a grito agudo que escapou da minha garganta.

— Oque foi ji? Ta com medo de mim? Eu não mordo, não! Não como carne, e nem carne humana, sou vegetariano. — ele disse em um tom, engraçado. Digamos assim, irônico.

Ele ama tirar sarro da minha cara, mas não julgo também faço isso.

— Ai credo! Você sabe, que sou medroso! 'Pra que me assustar? — digo com, um biquinho fofo na boca

— Ai tá, Eu quero ti dar algo muito legal! Vem vem! — Sem ele esperar alguma, respostas vinda de mim já começa me puxar.

Saímos da biblioteca, gigante — e assustadora. E passamos pelo, longo corredor com paredes na cor marron, e o piso de madeira bem viva. Oque me dava mais, medo na casa do Jin hyung, e os quadros estranhos nas paredes. Alguns mostra, bruxas sendo queimadas? Homens com posses, horripilantes... um parece até a Monalisa. Estranho muito estranho.
Conclusão, nunca vou entrar nessa de bruxaria. Me conectar com, espíritos? Never! Eu tenho medo, dessas coisas. Mais para minha, família e tão... normal? Sim, e estranho. Ainda bem que não nasci com esse "transtorno de bruxaria" da minha família. Sou o único normal.

Me corrigem se não for com bruxaria que eles mexem, na verdade nem tenho interesse na verdade.

Pelo menos, Jin e o mais... normal? Claro ele fala, dessas coisas. Mais não e frio e, calculista igual meus pais.. minha tia e por ai vai.

Minha irmã, jihee mexe com isso também! Mais os fãs dela, não parecem ligar. Seriamente, oque e estranho! Grande parte das pessoas, morrem de medo com bruxas, fantasmas... satan.

Mais, minha família INTEIRA, e vegetariana! E sou obrigado a ser também! Migode do céu! Como eles consegue? Pelo menos, Meus amigos me dão mimos — levam carne para mim, e outras coisas quando meus pais não estão em casa e quando podem claro. Isso me deixa feliz.

Mais saio dos meus devaneios, quando Seokjin me chama.

— Oi? Ta doido? Você tem algum transtorno de atenção? Você tem que ir no médico muleque. — Jin disse com, um sorriso no rosto porém debochado.

— Não! Tá louco? Não gosto de médicos. — Repreendo o garoto mais velho, que sorri. — Quem, ou melhor o que você quer me dar, ou apresentar? — digo curioso.

— Espere na cozinha! Aguenta o furico querido. — ele disse, apontado em direção da cozinha então eu, olhei.

Quando virei meu rosto, pra fitar jin ele havia sumido as vezes bruxos me dão, calafrios.

Mais, apenas dou os ombros e sigo para cozinha. Mais céus! Quem poderia ser? Um amigo? Um bicho de estimação? Dinheiro??? Estou curioso. E isso!

Uma coisa que eu odeio, com todas minhas forças é: Suspense. Por isso, odeio filmes de suspense! Me da um... treco na barriga que não sei espricar! E horrível! E o pior e que sou extremamente, curioso! De verdade! Me meto em, encrenca por causa da minha curiosidade mas... não aqueto o furico!

Aproveito que estava com meus, fones e conecto no celular. Começo a escutar "tail" da Sunmi. Ela e uma, idol muito famosa na coreia. E amiga da jihee! Elas fazem um belo casal! Porém, não sei se jihee e hetero... ela nunca me disse sobre sexualidade, ela nem parece ligar para isso! Mas, eu nunca perguntei.

Eu me orgulho por saber, a coreografia de tail... até porque eu criei! Batam palmas para mim! E uma coreografia bem sensual, que combina bastante com sunmi! Demorei cerca de 2 messes e meio, para desenvolver a coreografia. Jihee, ficou animada em saber que eu estava criando uma coreografia pra alguém, famoso! Ainda mais a Sunmi!

Isso me lembra que não fiz, vídeo-chamada com ela! Tenho, que ligar pra ela.

Tail estava quase no final, Então fui na minha play list para escolher outra. Bom, eu amo muitos estilos de músicas! Amo: kpop, pop, rock, rap, até mesmo forró! Já dancei na escola. E bem diferente, das coisas que escuto. Mais amei! Afinal quem, não ama um bom forró?

Saio de meus devaneios, quando escuto jin me chamando então desligo a música.

— Enfim.. Quem ou oque você quer, me mostrar? — perguntei empolgado.

Eu amo presentes, amo amo amo! Inclusive se o presente for da Channel. Ai você pode me pedir em casamento, que eu aceito na hora. Uma vez ia procurar um velho rico, ou um sugar daddy pra poder comprar as roupas da Channel.

Mas ai eu lembrei que tenho meus pais que são ricos, minha irmã e eu tenho dinheiro.

Conclusão.. não preciso de velho rico. Vocês precisam.. ops!

— Isso! —ele me entrega uma pulseira, com bolinhas de madeira, pretas e brancas de diferentes tamanhos.

Abro um sorriso, amo todos tipos de presente. Seja o mais simples, quer ver Park jimin feliz? Me de um de um presente! Vejo a pulseira, ela era diferente. Muito bonita!

— Sabe por que ti dei isso? — Ele me pergunta.

— Meio que assim, Jin.. eu não sou adivinha... e nem vidente, então eu não sei diz logo cocoricó. — digo rindo

— E para uma festa! Uma festa muito legal. — ele diz dando pulinhos de felicidade

— Uma festa? — perguntei.

Hm Seokjin danadinha tá querendo aprontar algo! Eu sei muito bem o jeito que esse cara, e nas festa. Ele e do tipo hetero pegador, gostosão sabe? Mais o diferente dele e que ele e, baitola pegador gostosão. Isso! Além que ele bebe para um santo caralho, e o mais louco e que ele não fica bêbado fácil não.

Mas e assim, ele costuma ter uma rivalidade também com um amigo nosso. Eles apostam "quem pega mais gente" valendo dinheiro. Da última vez qur participei, sai falido. Pelo santo godi como conseguem beijar, tanta boca sem medo de pegar sapinho e depois ficar com, a boca toda cheia de feridas? Prefiro ficar na minha.

— Sim... deixa eu ti explicar. — ele começa a falar. — e basicamente uma festa! Só que... uma festa diferente sabe?

Hm... gostei! Vou me animar, e poder beber um pouquinho! Até por que faz muito tempo, que não vou em festas.

— Uma festa gay! Oque você acha? — Ele disse

Okay, por essa eu não esperava. Não que eu seja homofobico, e que na verdade se meus pais descobrem sou um baitola morto.

💀

não! ANÃO! Além de ir no cinema no sábado, sexta no caso amanhã eu vou pra uma festa que eu corro o risco de perder a vida por causa dos meus pais? Seriamente, eu não tenho 1 segundo de paz! Universo? Querido? Oque eu ti fiz? Você me odeia? Por que deficientemente o universo me ajuda! Só me da trabalho! Vê se pode uma coisinha dessa! A life
de vocês e assim, também?

Migoode! Eu tinha esquecido! Tenho que terminar, a maquete de ciências que o professor tanto pede! Olha pelo menos, nisso o universo me ajudou! O tema era galáxia, planetas na verdade! O professor fez um sorteio, e eu caí com o planeta Marte! Meu predileto pelo menos, e eu lembrei que já havia feito uma maquete da galáxia ano passado, então poderia apenas pegar a maquete e... modificar hehe! Eu? Impostor? Never? Never!

Mais passem o pano pra mim vai! Tô cansadinho! Mereço não é? Sou um anjo! Um neném! Olha pra mim! Olha meu rostinho!

Além do mais, sei que vocês me amam! E tão passar o pano pra mim.. pelo menos 1 vez não tem probelma né? Nunca pedi nadinha pra vocês! Never? Never! — e o pior que e verdade.

Com toda reclamação nem, falei onde eu estava para vocês! Estou na banheira! Preciso descascar e deixar esse, corpinho — que vocês amam que eu sei, ficar limpinho, cheirosinho! Eu? Sujo? Never? Never! Sou limpinho de verdade! Me cheirem... migode vocês não podem! Vish, me sorry gente! Não que eu queria passar vontade em, vocês sabem! — Ou queria sim.

Mais e que, eu esqueci do fato que viver tão me lendo! Algo assim sabe? sabe! Vocês sabem eu acho.
Vocês know? Vocês know!

Mais migode, que sensação linda! A água estava tão quentinha, eu amo muito mesmo, tomar banho na água quente sabe. Então vamos concluir que: tomar banho, e a melhor coisa do mundo. Não para os e-girls/e-boys* eles, não gostam — Levem na brincadeira, por migodi.

Tipo, e um momento que nós se deligamo... deliga... desligamos! Do mundo — Me julguem por que, tenho a Língua/dedo travada! Em fim, eu penso muito no banho.. na verdade mesmo fora do, banho eu penso pra um santo godi.

De verdade, eu penso mais! Oque me deixa coisado.. ou preso na maionese! A pessoas pensam que eu sou, louco! Eu não sou loco! Never? Never! Ah mais sabia que, água quente me lembra a Califomia... califomi... Carlifo.. Califórnia! Minha língua e uma, furico de pêra einh? Mi goode! Errei 2 palavras só hoje! Migode migode. Me desculpem de, verdade baebis! E o pior e que eu to pensando, e nem falando. Imagina quando eu falo com alguém que acabo de conhecer? Sim eu transformo em marinette de

Sai de meus, devaneios quando escutei 3 batidas seguidas na porta, do banheiro.

— QUEM É?

— E UMA ALMA PENADA DE CERTO NÉ? — Escuto a voz de jin.

— AH JIN VAI PARA A CASA DE MIGODI! — falo rolando, os olhos. — OQUE TU QUER AFINAL, EM JOÃO? —pergunto para outro.

— TEUS PAIS, NO TELEFONE!

— TA BOM DIZ QUE EU, VOU RETORNAR. — digo para o mesmo, ao outro lado da porta.

Poxa, fui atrapalhado em meu momento de pensamentos e tranquilidade. Tudo bem migodi, a vida não e mil maravilhas com flores vermelhas... um dia de primaveira ou verão. Que seja, não importa! Tenho que ir logo, sei como meus pais são então eles odeiam — definitivamente — demoras. Odeiam com todas, a forças dos bruxinhos! Quer ver meu pais — principalmente meu pai —, raivosos? Bom, marque algo com eles e demore. Ai pronto! Senhores Park's estressado! Missão cumprida yay.

💀

— Ah, Tudo bem mãe. Sim, Muito obrigada pai. Bye bye. — terminei a chamada, com meus pais.

— Eles voltaram com, aquilo de falar em espanhol e outra hora italiano, junto com inglês? — Jin perguntava enquanto, lavava algumas vasilhas que tinha na pia.

— Yah. E eu consequentemente, peguei esse teco.. que chamam de mania também. Por godi! — digo frustrado.

E incrível como apenas de, conviver com as pessoas você adquire as manias de palavras, que elas falam. E impossível não adquirir. Com umas você aprende a xingar, com outras você aprende palavras fofas como... neném, anjo, benzinho, xuxu e por ai vai. Com migo e assim pelo menos. Meus pais são fluentes em italiano, inglês, espanhol é japonês. Então para praticar, não esquecer eles ficam treinando. Então a maioria das, vezes você pega eles falando em outra língua. Eu uso mais o inglês.

Me julguem! Pós, isso e minha marca! Vocês likearam? Vocês likearam! Até eu likezei!

— eu percebi, manito! — Jin, ironizou e eu apenas ri — a nossa, não janta esta chegando logo! E eu estou com, uma puta fome!

— Sem palavrões! Você sabe que eu não amo xingamentos! — falei apenas para, fazer graça.

— Ui! Ta okay, manito! — nós rimos, até que o barulho da campainha atrapalha nosso momento de P.S.N.P.F.P.S.B.A!

Primos sem nada para fazer por serem, baitolas atoas. Rima muito!

— Uh, deve ser a comida. Vou atender. — digo vendo, Jin balançar a cabeça positivamente.

Me direciono para porta, com certa rapidez. Estava faminto, com um buraco no estômago. E poxa, o papai aqui ama comida italiana por migodi! Me deparo com, uma enorme porta de madeira e escuto a campanha tocar novamente. Sem delongas, abro a porta. Me deparo com a face de, um garoto auto de cabelo preto, com uma tatuagem na mão. Olhos castanhos, e um sorriso um tanto simpático. E claro com um corpão.

Gostosão.

Mais ele não me parece, um entregador de comida. Ele ta bem vestindo e sem uniforme de entregador, e claro sem o principal a comida.

— Ji! Tô com fome... — Jin aparece, do meu lado e logo abre um sorriso e vai de forma rápida ao.. Sr. Gostosão que estava a minha frente. Logo foi recepcionado com, um abraço. — Jungkook! Oque faz aqui? Não sabia que iria vir!

— Olá, hyung! — eles logo se separam abração. — desculpa ai vir sem avisar nem nada, mais e eu tava com saudades de você hyung.— ele sorri.

Godi do céu! Que gostoso, e fofo... como pode??? Mds que pedaço de mal caminho... Jimin para! Pelo amor de Harry Potter, seu safado. Acho que to começando ter, pensamentos eróticos mais veja bem: um moreno gostoso da coxa grosa, malhadinho lábios fininhos as mil maravilhas com um sorriso fofo e lindo parado, na sua frente você ia querer agarrare óbvio não? Ai minha santinha protetora dos boiolas, me ajude!

Não sou pervertido nem nada, mas perto de um homem gostoso eu não me aguento mesmo! E nessas horas que eu me mostro um baita baitolão. Tenho que me segurar para não agarrar.

— Pipi, esse e o Jeon Jungkook. Jungoo esse e o Jimin! Nossa tô tão feliz! — jin disse dando pulinhos se felicidade.

— Hm, Olá Park! — o garoto que até então descobri ter o nome de "jungkook" disse, levantando a mão direita para um breve aperto de mão, e eu levanto a mão direita para dar o aperto de mão.

— Olá, Jungkook. — Sorrio simpático, e fico encarando o mesmo e ele também me encara.

Okay.. tô tendo uma quedinha, pelo Jeon Jungkook.. Migooode! Eu acabei de conhecer ele credo, godi e minha santinha protetora dos boiolas, me protejam! Pliase!

— Okay vamos lá galerinha! — Jin disse me puxando e o Jungkook também, para dentro da casa.

💀

A noite está estrelada, e iluminada graças a grandiosa lua cheia que deixava tudo claro. E eu quase me gagando de medo. Mas tava tudo bem... mentira não tá não.

Eu já disse que tenho medo da casa, do jin não? Pós é, essa casa me da medo. E que tipo, o silêncio e perturbador parece filme de terror! Parece que por trás das paredes, de madeira há um monstro horrível por trás delas, me observando. Sei lá. Agradeço por não ter o terceiro olho, por que eu já teria tido um infarto. E não e brincadeira.

Eu morro de medo dessas coisas, mas acho que todos temos não é? Acho que e fobia. Assim como tem gente que tem fobia de mar. Descobri que tem gente que tem fobia, de lugares apertados! Eu não sabia disso.

Mas enfim, eu não consigo dormir, e olha que estou cansado para um santo caralho. Então decidi ir beber água.

— senhor jesus me proteja de todo mal! Amém! — falo enquanto andava de vagar, saindo da sala e indo para a cozinha.

Sério eu tenho o maior medo, desse lugar. Deus pega na minha mão e me guia?

Chego na cozinha e ligo a luz, até porque eu não tenho poder de ver no escuro e tenho medo do escuro.

Então logo coloco a água para mim. Mas tipo, eu travo das cabeças até todos os orifícios — sim as cabeças por que vocês sabem.. e quando digo todos os orifícios eu digo todos mesmo. Eu escutei passos atrás de mim.

Pronto chegou minha hora adeus vida, adeus mundo adeus homem de ferro. Porque tenho certeza que chegou minha hora de ir daqui para melhor, ou pior.

Só pode ser uma alma penada! Sabia que não devia ter vindo logo agora para casa, do jin. Foi um erro! Eu só vim para perder minha cabeça migode! Tô rezando o pai nosso em mil línguas diferentes, até em árabe. Manualmente lógico tô tão trêmulo que sequer sai som da minha boca.

Nem para eu conseguir dar o gritinho da pantera para acordar seja lá quem, para me salvar.

Okay. Sinto que está atrás de mim, até porque os passos pararam. Okay pessoal foi tão bom escrever isso aqui, mas infelizmente acaba aqui.

MIGODE TOCOU NO MEU OMBRO. Pera mas alma penada não e alma penada? Não entendi. Mas tocou no meu ombro eu senti. Agora ele enfia um chifre em mim?

— hm Jimin..? — a "alma penada" fala, e a voz era rouca como se tivesse acabado de acordar.

Se isso não fosse assustador diria que a voz era extremamente sex.

PERA AE! ALMA PENADA FALA TAMBÉM??? EM QUE SÉCULO EU ESTOU MEU GODI??? Okay, até as almas penadas evoluíram e eu não. Me sinto.... Não sei.

— Olha eu nunca fiz nada de errado okay? eu sou de deus okay? Eu oro todos os dias, Não tem motivos pra me mandar pro além. Eu prometo ser bonzinho, Não que eu não seja mas eu ainda não conheci a Card B então não posso morrer agora. — digo tudo de uma vez, pronto já posso ser o Agust d da vida.

— O que? — a alma penada ri. Ela ri agora também. — Jimin, e o Jeon.. Você e muito engraçado hyung. Então quer dizer que você e fã da Card B? — ele fala, e eu rapidamente me viro.

Até que e alma (não) penada, e o Jungkook? O garoto que ta passando a noite aqui, na casa do jiji? Okay acabo de descobri que sou mais medroso do que eu mesmo, imaginava porque eu fiz — realmente xixi nas calças. Neste momento so espero que ele não veja.

— Que susto! Eu pensei que era a alma penada vindo me buscar 'pra ir pro, além ou o cu do mundo?? — digo com a mão no coração e ele ri. — e sim sou fã da maior.

— Você parece ser muito medroso — ele olha para baixo. Okay ele me viu todo cheio de xixi. — e você realmente e medroso, parece que você fez xix na roupa jimin-ssi. — isso só faz o garoto gargalhar e jogar a cabeça para trás.

— Yah! Não ri okay? Eu não tenho culpa disso! — eu falo irritado.

— espera — ele me empurra um pouquinho pro lado. — não e xixi jimin-ssi e água, você ficou segurando a jarra e so soltou quando virou 'pra mim. Conclusão o copo encheu de água e derramou. — ele disse apontando e eu rapidamente ollho.

Okay vou dizer que e meu dia de sorte. Me chamem de guerreiro.

— Que bom! Mas o que você veio fazer aqui? — pergunto para o mesmo curioso.

— Ouvi barulhos e vi que você não tava no sofa mais, estão levantei e vim aqui. — ele disse se sentando em cima do balcão.

— Ah sim.

Foi a única coisa que eu disse baebis. Nós ficamos em completo silêncio. Não julgo nem eu gosto de falar comigo mesmo, e aquela coisa do xixi me deixou envergonhado. Não tenho oque falar.

Mas neste momento eu só queria beber minha água. Apenas isso santinha dos gays emocionados.

Mas jeon começou a se aproximar de mim lentamente, okay agora ele vai me beijar? Não tem problema eu deixo no maior amor. Até porque um homem gostoso desse quem não quer?

Nossas bocas estavam muitos próximas. Muito mesmo, a um empurrãozinho elas se encostam e tuin! beijo essa boquinha fofa. Não sou pervertido nem nada gente mas esse cara e gostoso, eu dou e como se quiser até porque tô precisando to enferrujado a muito tempo assim não dá!

Mas ai..

××××
¹

"Migode" — O certo e "My god" que vem do inglês, que significa "Meu Deus". ( Escolhi algumas palavrinhas para, jimin dizer.. comi custumo sabe? Sabe! )

"terceiro olho" — O terceiro olho, também conhecido como Ajna, o sexto chakra, situa-se no ponto entre as sobrancelhas. Conhecido como "terceiro olho" na tradição hinduísta, está ligado à capacidade intuitiva e à percepção sutil. Quando bem desenvolvido, pode indicar um sensitivo de alto grau.

"fobia" — Fobia é um tipo de perturbação da ansiedade caracterizado por medo ou aversão persistente a um objeto ou uma situação.

Então e isso! Espero que tenha gostado! Deem a ⭐ estrelinha, para que eu saiba que vocês tenha gostado! Me sigam no Twitter @/Ondax2 para interagir comigo, e ganhar spoiler! Usem a hashtag ( #JkImpostorNever ) no Twitter também! Se poderem me ajudar, divulgando a fanfic também irei ficar muuuito feliz! Quando nossos jikooks vão, se encontrar? Vamos ver hehe! E me desculpem os erros, ortográficos!
Baaaaaiii aguinhas fofass! Eu, já vou deijar-vur aqui!

29 de Julho de 2021 às 03:02 0 Denunciar Insira Seguir história
0
Continua… Novo capítulo A cada 15 dias.

Conheça o autor

ondeti bts 🖇bem-vinde ao meu universo, invertido!🖇 🗯minhas fanfics nuncam tem afinal triste. 💣preucuro um sugar daddy, preciso de dinhero. 🎳OndetiBTS do sipirit fanfics, é do Wattpad. 📎escrevo fanfics dos jikooks! ✒sou army a mais de 2 anos. ♡

Comente algo

Publique!
Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a dizer alguma coisa!
~