kynnha94 Park Jeon

──────⊱◈◈◈⊰────── Cinco anos de casados mudaria um relacionamento? Rotina, trabalho, brigas. Park Jeon está tão preso em seu trabalho que nem percebe que seu marido anda necessitado de sua atenção. Cansado e preocupado com o futuro de seu casamento, Park Jimin dará um basta nessa distância entre os dois. *Especial de aniversário de One Night Love, a um ano me dando orgulho. ──────⊱◈◈◈⊰──────


Fanfiction Celebridades Todo o público.

#gay #hot #bts #brigas #casamento #Jikook #blb
3
1.3mil VISUALIZAÇÕES
Completa
tempo de leitura
AA Compartilhar

Sem Tempo

Amorinhas como sabem One Nigth Love está completando 1 ano desde seu lançamento, confesso que esperava mais engajamento nela, mas já estou super feliz só de todo o carinho que vocês vêm dando para ela.


Como sabem One Nigth Love sempre foi narrada pelos personagens então vou seguir essa linha ainda.


Bem sem delongas sejam bem vindos.


Boa leitura e lembrem de votar.


❦ ════ •⊰❂⊱• ════ ❦




( JIMIN )

Eu nunca imaginei que uma provocação, uma espiadinha, amassos e carícias se tornariam hoje um casamento que já dura cinco anos, sim, em uma semana eu e Jungkook faremos cinco anos de casados, mas.


Jungkook se formou a cerca de três anos, tivemos alguns meses que aproveitamos para viajar até o Caribe e aproveitamos nossa lua de mel, foi lindo e tão romântico, queria que nunca tivesse acabado, mas quando voltamos aos poucos tudo foi mudando. Ficamos sem tempo, eu pelas missões e Kook com seu estúdio, decidimos que seria melhor para ele ter seu próprio estúdio, ser seu próprio chef, assim ele poderia ter mais tempo quando eu ficasse em férias e me afastasse.


Mas não pareceu funcionar, porque? Simples, rotina.


Sexta feira, estou deitado aproveitando a brisa fria que entra pela janela, acabei me acostumando já que meu esposo ama dormir assim, vazio, senti nada além de vazio quando me virei na intenção de abraçar o corpo do mais novo. Bufei dando um soco no colchão quando olhei no relógio na parede e vi que eram apenas cinco horas da manhã,


-De novo…


Levantei sem me importar com o piso gelado abaixo dos meus pés, a alguns meses isso vinha acontecendo, eu não via Kook se deitar e tão pouco levantar. Desci os degraus vendo que a escuridão ainda reinava lá fora, a única luz ligada no andar era do estúdio, só podia, ultimamente aquele sofá tem mais contato com ele do que eu.


Abri a porta com cuidado me deparando com as costas desnudas de meu marido, o tempo foi generoso com ele, suas costas estão mais largas assim como seu peitoral, seus braços e coxas estão grossos e firmes, a e aquela bunda, estou duro só de olhar de longe.


-Trabalhando já?


-Ainda, você quis dizer, ainda não dormi.


-Ontem você já chegou tarde, você não dormiu e nem foi me ver.


- Você já estava dormindo, não quis te acordar.


Em nenhum momento ele se virou pra olhar pra mim, resolvi me aproximar e o abraçar pela cintura, senti o cheiro marcante do perfume misturado com o aroma de café, beijei a dobra de seu pescoço, aproveitei que assim como ele eu estava sem camisa e aproximei meu peito em suas costas sentindo o quão quente ele é.


- Jimin.


-O que?


Segurei seu cabelo que agora carrega a cor roxa em seus fios, puxei sua cabeça para trás mordendo o pomo de adão bem marcado.


- Não gosta mais dos meus toques?


- Não é isso, é que… Whaaa.


O gemido veio assim que com minha mão livre, belisquei seu mamilo esquerdo, continuei a lamber e beijar a pele morena e tão deliciosa que Jungkook tem, enquanto esfregava meu caralho duro na bunda gostosa de minha tentação.


-É o que então? Vamos, faz tempo que não tenho você pra mim, seu soldado precisa de atenção.


-J-Jimin e-eu … whaa…


O virei fazendo meu moreno ficar preso entre meu corpo e a mesa, admirei cada pedacinho de sua pele, cada desenho de tinta que agora marcavam seu corpo.


- Eu te amo Park Jungkook.


- Eu também te amo.


Iniciamos um beijo calmo e singelo, que logo foi substituído por um calor marcante que sempre esteve entre nós, nunca me calarei de dizer que o gosto mentolado do moreno é meu vício. Nossas bocas são o encaixe perfeito, são peças de um quebra cabeças único onde apenas nós dois temos as peças certas, suas mãos puxavam meus cabelos me causando um choque delicioso em minha virilha, queimando meu corpo por inteiro, esse é o efeito que Park Jungkook tem sobre mim.


Pus meu garoto sentado na mesa, tive minha cintura abraçada pelas pernas fortes do moreno, nossas ereções se tocavam tornando tudo ainda mais excitante, minha boca brincava dando pequenos chupões na pele do peitoral de Jungkook.


- Eu preciso tomar um banho, amor.


- Não, precisa, depois tomamos um banho juntos.


-Jj-jimin, eu.. Whaa.. Eu preciso me limpar.


-Tudo bem, mas depois você é meu.


Acompanhei meu garoto até nosso quarto, preparei a banheira enquanto ele tirava suas roupas, a imagem de Jungkook totalmente sem roupa é perfeita, cada músculo desenhado trabalhado, a pele morena e marcada por tatuagens, seu cabelo comprido, olhos grandes e boca pequena e desenhada, porra Jungkook é e sempre será linha perdição.


-Vou desidratar se continuar a me olhar assim.


- Você é muito gostoso.


O puxei pra perto de meu corpo fazendo meu membro rígido ainda bater contra a barriga do mais novo, mordi o lábio inferior dele logo o sugando com vontade causando um eco no cômodo.


-Vou arrumar nossa cama, não demore.


- Obrigado.


Dei privacidade para que ele se apontasse, arrumei a cama e espalhei o perfume que ele tanto gosta mesmo com dificuldade, já que entre minhas pernas eu ainda tinha uma ereção. Quando ele saiu do banho um flash de memória me veio, quando o vi enrolado apenas na toalha quando ele ainda me espiava pela janela de seu quarto.


Inalei seu cheiro pôs banho quando ele se aproximou, incrível como cada detalhe dele me deixa ainda mais apaixonado.


-Me espere vou me lavar.


-Tudo bem soldado.


Não me demorei, aproveitei rapidamente a água quente do chuveiro, me sequei, passei minha colônia e escovei os cabelos, Kook merece meu melhor em cada detalhe. Quando sai me deparei com a melhor imagem que eu poderia ter, Jungkook totalmente nu e de bruços, sua cabeça estava deitada sobre os braços musculosos, sua bunda era um convite para que eu me afogasse ali e nunca mais saísse.


Não sei explicar, mas meu caralho ficou ainda mais duro com a imagem, larguei a toalha que me cobria em qualquer canto, minha destra foi direto ao meu pau começando um bombear calmo mas forte. Minha respiração já estava curta e pesada, meu corpo formigava, eu precisava se afundar em Jungkook, sem soltar meu pau comecei a traçar um caminho de beijos pelo corpo do mais novo, desde os pés até suas costas.


-Sinto tanta sua falta meu coelhinho, seu cheiro, sua pele, sua boca na minha do nosso sexo.


Minha mão livre apertava a carne lisa da bunda do moreno, minhas unhas curtas marcavam levemente a derme delicada e bronzeada, mas Jungkook não se mexia, pude apenas ouvir um respirar leve e fundo.


Quando me ergui mais um pouco pude ver, sim, ele estava dormindo.


-Mais uma vez isso.


Me joguei na cama já ciente que teria que me contentar em apenas abraçar meu garoto, afinal ele precisa descansar, me aconcheguei em seu corpo acalentado seus fios roxos e em poucos segundos também me entreguei ao sono.


Quando me despertei já eram nove da manhã, Kook ainda estava deitado, um fio de saliva saia da sua boca quebrando totalmente a imagem máscula que ele carrega. Sai da cama com cuidado para não acordar o moreno, tomei outro banho já que mais uma vez acordei duro.


Na cozinha preparei café, panquecas e leite de banana que ele tanto gosta, com a mesa posta eu iria chamar Jungkook, mas não foi preciso, ouvi passos vindo da sala.


-Bom dia coelhinho.


-Bom dia soldado.


O rostinho ainda estava amassado e marcado pelo sono, uma graça, caminhei até ele dando um beijo de bom dia.


-Senta, preparei seu café.


- Obrigado.


Trocamos poucas palavras durante o café, ele parecia estar longe em seus pensamentos, então resolvi me calar.


- Desculpa Jimin.


- Como?


-Me desculpe por hoje mais cedo, juro que não qu…


-Tudo bem, você estava cansado, eu não deveria ter te provocado, você anda ocupado com seu trabalho e os desfiles. - Você anda sem tempo nem pra dormir quem dirá pra mim.


-Jimin.


O rosto dele se fechou em segundos.


-O que foi?


-Você fala como se eu não te desse atenção, como se eu que procurasse mais trabalho para fazer. - Sempre foi meu sonho trabalhar com foto, e agora que descobri que a moda também me agrada, quero me aperfeiçoar.


- Eu não quis dizer isso só…


-Aí você fica insinuando que eu não tenho tempo pra você, que prefiro meu trabalho, você já está com sua carreira feita nas forças armadas, já está para se aposentar por mérito. - Eu apenas comecei, isso é tão egoísta da sua parte.


Ouvi tudo, venho ouvindo tudo a tempos mas ser chamado de egoísta foi a gota.


-Egoísta, egoísta, quando foi que fui egoísta, me diga?


-Está sendo agora, te pedi desculpa pelo que aconteceu e você vem com isso de estar acostumado pela minha falta de tempo.


-Querer te ver, te abraçar e te tocar é ser egoísta? Então eu sou Jungkook, pense bem se eu sou egoísta, reflita quantas foram as vezes que você chegou em casa e eu me contentei em apenas te olhar. - Quantas vezes você dormiu no estúdio e eu te levei pra cama depois de te dar banho, quantas vezes mesmo cansado do trabalho eu me preocupei com você é deixei minhas necessidades de lado.


- Jimin-shi.


-Jimin-shi um caralho Jungkook, você anda tão preso nas suas razões que nem se deu conta que a um mês eu me leve uma facada na perna, e fiquei mancando por uma semana.


Eu respirei fundo passando minha mão no rosto e jogando meus cabelos pra trás.


-Jimin, me desculpa não ter percebido, mas você tem que ver que.


-Esqueça, chega eu não tenho cabeça mais pra brigar.


Me levantei pegando minha jaqueta sobre a bancada da cozinha.


-Onde vai?


- Esfriar minha cabeça, quero ficar sozinho.


-Vai demorar?


- Não sei, mas não me espere, talvez eu fique no Yoon hoje.


-Vai dormir fora, Jimin?


- Como se fizesse diferença, nossa cama nem sabe mais o que é ter duas pessoas sobre ela, a tempos nosso quarto não tem nosso cheiro misturado, uma noite a mais não vai fazer diferença.


-Jim..


- Até mais Jungkook.


════ •⊰❂⊱• ════ ❦


Oiiii gostaram desse primeiro capítulo?


Quem disse que tudo é mil maravilhas em uma relação?


O objetivo é que tenham apenas 5 capítulos apenas, mas sabem como a titia é kkk.


Bem, lembrem da estrelinha e até a próxima.


Beijinhos de arco-íris 😗🏳️‍🌈💜


22 de Julho de 2021 às 04:11 1 Denunciar Insira Seguir história
2
Leia o próximo capítulo E agora?

Comente algo

Publique!
Thais Istefani Thais Istefani
Continuo desolada com essa briga
July 27, 2021, 17:10
~

Você está gostando da leitura?

Ei! Ainda faltam 8 capítulos restantes nesta história.
Para continuar lendo, por favor, faça login ou cadastre-se. É grátis!