claudio-barbosa1625449011 Claudio Barbosa

Todos nos perguntamos a dada altura: o quê que eu vim fazer a este mundo? Eu tenho algum propósito? Qual é que vai ser o meu legado? Acreditem ou não todos temos algo que nos está destinado, todos temos um propósito. A diferença é que uns são ou podem ser considerados normais: como casar, trabalhar, ter filhos, ser Presidente, etc... . Mas e se o destino de uns é mesmo apenas sofrer e morrer?! Deve essa pessoa aceitar tal infortúnio e viver com isso? E se ao aceitar não estiver a desempenhar um papel ainda maior?!


Auto Ajuda Todo o público.

#AcreditaEmTi #TudoTemUmSentido #SofrerFazParte
Conto
0
834 VISUALIZAÇÕES
Em progresso
tempo de leitura
AA Compartilhar

O despertar

Quando nascemos tudo é novo e muito bonito, apenas existimos e temos quem faça tudo por nós e que nos ensina tudo o que precisamos saber. À medida que vamos crescendo vamos conhecendo e interagindo com o mundo, conhecendo pessoas novas e diferentes pensamentos. A esses pensamentos e ensinamentos adicionamos as nossas ideias e formulámos escolhas e atitudes, coisas que levaram mais tarde ao desenrolar da nossa vida até que esta acabe. Explicar a vida de uma pessoa, desta maneira, seria demasiado fácil e até um pouco cruel, isto por que há muito mais na vida de uma pessoa do que uma mera existência e interações aleatórias. É dedicação, é amor, é sofrimento, é dor... são as emoções que transmitimos aos outros e vice versa que dão um sentido à nossa vida. Se eu fizer um bom livro vou inspirar as pessoas a ler e a aprender; se eu amar alguém esse alguém vai me amar (amar no verdadeiro sentido da palavra); se eu for sincero com alguém, por mais que custe, esse alguém será sempre sincero comigo, entre muitos exemplos. Mas já se perguntaram: Mas tudo o que eu faço é em vão, ninguém me quer, estou completamente sozinho e abandonado, sempre fui marginalizado e maltratado, como é eu posso ter um propósito? Como é que é suposto eu continuar? Vim a este mundo só para sofrer?

A isto eu respondo: E por que não?

E se através do seu sofrimento ou míseria alguém conseguir aprender a ser melhor?!

A bíblia diz-nos que Jesus Cristo morreu para que a humanidade podesse ser perdoada e aprendesse com os seus erros. Por quê que nos não podemos ser iguais?! Ou ter o mesmo destino?!

Eu não estou a dizer que quem sofre ou está em depressão deve ver isso como uma coisa boa ou ficar contente por estar nessa situação. Mas quero que entenda que tudo na vida é uma etapa, e por vezes, esta está destinada a que soframos. É simplesmente o que iria acontecer ou a situação em que nos clocamos ou fomos colocados. Não devemos dizer: por que eu e por que não a outro?


Por que o outro tem outro papel. Ele não importa. Devemos aceitar o que nos foi entregue mas trabalhar isso de modo a que o possamos usar ou ser usado por outros. Como já referi em cima: o sentido da vida está no transmitir e receber emoções.

O nosso sofrimento pode ser usado para que os outros possam aprender a não seguir o mesmo caminho que nós e a ser melhores. Cabe a nós aceitar o nosso destino, aprender a trabalhar com ele e usá-lo. Em vez de desistir e culpar o universo por ser cruel.

10 de Julho de 2021 às 05:13 0 Denunciar Insira Seguir história
0
Continua…

Conheça o autor

Comente algo

Publique!
Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a dizer alguma coisa!
~