-pedromilagres-efi Sertidão do Cer

Imagem: Study for Portrait II (after the Lief Mask of William Blake) - Francis Bacon


Poesia Romance Impróprio para crianças menores de 13 anos.

#escrevivencias #busca #esquizoanalise #psicologia #filosofia #338
Conto
1
5.0mil VISUALIZAÇÕES
Completa
tempo de leitura
AA Compartilhar

Angustias

Procura-se na família
Procura-se nos amigos
Procura-se no amor
É tanta procura que deve estar bem escondido
Será que o afeto nos foi negado
ou será que ele nunca fez sentido?
Talvez não para esse reles preto "fudido"

Eu sinto a ausência, e machuca
A ilusão da falta que nos foi posta é dura
Parece uma lâmina que nos abre a fissura
Com medo de chegar na jugular, procura

Sim, o afeto cura
Mas por que tanta procura se não temos o mesmo direito a cura?
E pra que a cura pra uma ferida tão profunda?

Talvez eu tenha questões póstumas que não responderei na minha cultura
Talvez para esse corte nem mesmo tenha cura
Enquanto não chegar na jugular, eu grito: procura(-si)

6 de Julho de 2021 às 01:14 3 Denunciar Insira Seguir história
3
Fim

Conheça o autor

Sertidão do Cer "Querido diário...." Sou um mero vagante curioso pelo mundo que não se contentou apenas em pesquisar. Vim de um lugar, no interiorzinho de Minas Gerais, onde várias forças confluiram para que eu não chegasse onde estou, mas cheguei! Então, aqui nada mais é que uma fuga do ringue (ou será uma extensão dele?). Aparentemente, cada texto é uma inquietação do meu eu tentando se achar em meio ao carretel interno de sentimentos, formalismos e rebeldias, e tentando deixar pegadas pelo mundo.

Comente algo

Publique!
Luana Borges Luana Borges
Poema bom da peste :D
July 15, 2021, 12:08
Aarvyk Caires Aarvyk Caires
Olá! Ler um poeminha pela noite sempre me faz bem e hoje me deparei com esse seu :D Gostei do fluxo das palavras e do ritmo meio apressado que as rimas tomaram na minha cabeça, acho que isso deu um ar ainda mais angustiante hahaha Me lembrou um pouco a escrita do Graciliano Ramos, acho que você exprimiu bem esse sentimento tão ruim que as vezes no cobre o coração. Onde achar o afeto? Onde achar a cura? Estou procurando nos meus pais e amigos... Nas pessoas mais próximas, mas por que essa coisa/tristeza/angústia não tem cura? Esse poema é um suspiro profundo na madrugada fria. Parabéns pela composição!
July 13, 2021, 01:52

  • Sertidão do Cer Sertidão do Cer
    Olá! Que bom receber este seu comentário, e que incrível sua percepção da presença do Graciliano Ramos. Fico pensando: "Será que a incompreensão do Menino mais velho, de Vidas secas, pairou o texto de alguma forma?". Vc me possibilitou um caminho para pensar. Obrigado! Penso que existem feridas que não se encerram sequer com curativos. E, se uma coisa/tristeza/angustia nos faz buscar, mesmo depois de tanto tempo, é talvez porque a não-cura ainda nos mantém de pé, buscando... July 13, 2021, 23:31
~