dae_gen Dae Gen

Quando a mãe de Yoongi começa em um trabalho novo em uma casa de uma família que se chegou recentemente na cidade, não é só a rotina de cotidiana em seu lar que vai sofrer algumas mudanças, o jovem Min tentara seguir sua vida como se não percebesse os novos olhares intimidadores do colégio, mas o destino parece ter outros planos reservados com a chegada desse emprego. Yoongi saberá lidar com as novidades em sua vida ou precisará da ajuda dos novos chefes de sua mãe para aprender a lidar com toda a transformação?


Fanfiction Bandas/Cantores Impróprio para crianças menores de 13 anos.

#2seok #taegi #jikook #teen #bts #227 #yaoi #shoujo #drama
2
1.9mil VISUALIZAÇÕES
Completa
tempo de leitura
AA Compartilhar

Vai comer isso ai?

Era uma sexta-feira como todas as demais, o inverno veio mais cedo naquele ano, os dias estavam mais curtos e sempre nublados, mesmo que não chovesse, a sensação de que logo cairia água, era muito presente. Min Yoongi chegou do colégio e foi direto para seu quarto, queria apenas se jogar na cama e se fundir com ela até o final de semana acabar.

Yoongi era um jovem muito educado, segundo sua mãe, tinha cabelos escuros que combinavam com perfeição com a tonalidade de seus olhos, a pele alva destacava seus traços finos, tudo encaixado harmonicamente em uma estrutura mediana. Não se considerava o aluno mais inteligente da sala, mas no último ano do ensino médio, com quase dezoito anos, tudo que ele mais desejava era acabar logo a escola.

O moreno se deitou, olhando para o teto, sua barriga gritava para ele comer alguma coisa, mas a preguiça e o sono lutavam bravamente para Min não sair da cama, normalmente, sua mãe estaria o gritando para que fosse almoçar, mas ela estava fora naquela sexta-feira, fora para uma entrevista de emprego depois de quase quatro meses em casa.

Yoongi morava com sua mãe desde o divórcio quando tinha dez anos, felizmente não foi nada muito traumático, seus pais estavam buscando coisas divergentes, profissionalmente falando, e por consequência, acabariam seguindo por caminhos distantes um do outro. Seu pai havia recebido uma promoção para trabalhar fora do país, mas sua mãe não queria partir, estava cuidando da avó de Yoongi na época.

A separação foi ruim no começo, mas depois Yoongi se acostumou em ver o pai somente nas férias de fim de ano e por Skype, não era o fim do mundo como ele imaginava na época, mas as responsabilidades em casa e as inúmeras tarefas do colégio o ajudavam a se manter focado boa parte do tempo.

Yoongi respirou profundamente, estava se rendendo a fome que crescia, virou a cabeça e olhou para seu celular, que estava em cima de sua escrivaninha, esticou o braço como se pudesse alcançá-lo, mas não podia, e bufou frustrado. Escorregou seu corpo pela cama, levantando preguiçosamente, havia bagunçado todo seu cabelo, pego o aparelho e foi até a cozinha preparar alguma coisa para matar aquela fome.

Não ia fazer nada trabalhoso e, com aquele frio, também não ousaria sujar tanta louça só para ter que encarrar a água fria depois, apostaria no simples: macarrão com qualquer mistura que tivesse na geladeira. Yoongi estava preparando seu prato sofisticado quando ouviu o som da porta abrindo, olhou por cima do ombro e esperou para ver se haveria mais algum barulho.

- Mãe? - Yoongi disse em um tom mais alto.

- Oi filho! - Ela falava de longe - Faz tempo que chegou?

A mãe de Yoongi era uma mulher não muito alta, tinha a pele alva como a do filho e os cabelos pintados de castanho que batiam em seu ombro, tinha uma voz doce e um sorriso gentil, mas ficava assustadora quando estava brava.

- Quase pensei que fosse um ladrão. - Yoongi voltou a preparar seu almoço - Não faz tempo, só uns quinze minutos… Como foi lá, mãe?

- O que você esta comendo? - Ela entrou na cozinha - Ah, lá foi maravilhoso! Começo na segunda! - Foi até o armário e pegou uma taça - Você vai comer isso ai?

- É macarrão… - Yoongi sorriu como se estivesse comendo a coisa mais saudável do mundo - E parabéns! Então você vai começar segunda, já? E como é lá?

- Precisa se alimentar direito! - Foi até a adega e pegou um vinho - Quanto ao emprego novo… Eles são novos na cidade, precisavam de uma empregada, a casa é enorme, mas não é difícil de limpar e eles são tão educados e bonitões. O homem é alto e a mulher da minha altura, eles têm um olhar penetrante, parece que estão olhando na sua alma, dá até um arrepio, mas o lado bom é que mal ficam em casa, então vai ser tranquilo. - Ela o olhou - E coma algo nutritivo!

- Mãe… - O garoto pressionou os lábios um contra o outro, como se fizesse birra com aquela ordem.

- Precisa comer direito, não se trata de ser magro ou gordo e sim, saudável! - Ela foi até o filho e lhe deu um abraço, que mais parecia um apertão - Vou tomar um banho. Vai sair hoje?

- Ah sim, vou sair da cozinha e ir direto para minha cama. - Yoongi piscou lentamente, de modo sarcástico.

- Achei que fosse sair com Jimin e Hoseok, é sexta filho, não quer ir… Como você jovens falam? Dar um role? - Ela segurou o queixo de seu filho e o balançou. - Na sua idade eu até fugia de casa para ir nos bailinhos com seu pai.

- Não quero ir nos “bailinhos”, está frio… - Tirou a mão da mãe de seu queixo e sorriu sem jeito - E os meninos estão ocupados.

- Eles estão ficando com alguém? Ficando ou saindo? - A mãe de Yoongi fez uma careta, estava só irritando o filho.

- Ficando… Mãe eles não estão ficando com ninguém, é só que tem muito trabalho pra fazer e tá muito frio, quem sai nesse frio?

- Filho, tem que aproveitar a vida, você é jovem, precisa se divertir, sair, paquerar…

- Mãe não quero paquerar ninguém agora, só a vaga da faculdade. - Yoongi puxou os lábios para o lado.

- Não tem nenhuma moça bonita na sua sala? - Ela abriu a garrafa de vinho.

- Moça? - Yoongi riu para si mesmo - Tem as meninas… Mas elas são muito frescas e usam muita maquiagem.

- Você então prefere moças com aparecia mais natural ou tem interesse em outras pessoas? - Ela o olhou de canto.

- MÃE? - Yoongi se virou para a mãe, olhando para os cantos, tentando não mostrar que aquela conversa o constrangia.

- O que foi filho? - A mãe dele colocou uma mão na cintura e a outra segurava a taça - Eu não sou tão boba assim, vejo os jovens se descobrindo e conhecendo novos amores.

- Eu não estou gostando de ninguém, mãe. Estou focado na faculdade, igual as pessoas normais. - Yoongi se virou novamente para sua refeição.

- Pessoas normais também namoram, também saem, também aproveitam a vida…

- Estou bem, mãe. Sério.

- Não se prive de viver, meu filho, a vida é muito curta e uma só!

A mãe de Yoongi foi até ele e lhe deu um beijo na testa, pegou a garrafa de vinho e deixou a cozinha, indo para seu quarto tomar banho como havia dito, o rapaz ficou ali, parado olhando para seu prato, soltou um longo suspiro e se sentou na mesa para almoçar. Não era estranho conversar com sua mãe sobre assuntos daquele jeito, mas sempre acabavam naquele ponto: Yoongi precisava aproveitar a vida.

24 de Junho de 2021 às 15:00 0 Denunciar Insira Seguir história
0
Leia o próximo capítulo Eu sou novo aqui

Comente algo

Publique!
Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a dizer alguma coisa!
~

Você está gostando da leitura?

Ei! Ainda faltam 49 capítulos restantes nesta história.
Para continuar lendo, por favor, faça login ou cadastre-se. É grátis!