A
Anna Beatriz


Quatro irmãs. Personalidades totalmente diferente, e um destino já traçado. Ou não " - Não confie em uma luta mano a mano, confie em uma adaga na garganta. - Tá me dizendo para trapacear? - Tô dizendo para continuar vivo"


Fantasia Épico Impróprio para crianças menores de 13 anos.

#elfos
0
373 VISUALIZAÇÕES
Em progresso - Novo capítulo Todos os Sábados
tempo de leitura
AA Compartilhar

1


Anos atrás


—PETRA!

Um grito foi ouvido e em seguida uma garotinha de 12 anos de idade apareceu correndo e se sentou no colo de sua mãe

—O quê você aprontou agora meu amor?

—Talvez, só talvez eu tenha queimado um dos sapatos da Amara _ disse a ruiva

—Petra_ repreendeu a mãe da garota

—Foi sem querer, eu juro. Mas ela pareceu não acreditar e agora quer quebrar o meu pescoço_ disse Petra se defendendo

—Achei você sua peste, eu vou te jogar no lago. Ou melhor aos crinos_ disse a cacheada entrando na sala

—Amara querida não é para tando!_ disse Everim

—Mas mãe aquele era o meu sapato preferido_ disse Amara

—Eu entendo, mas o que eu sempre falo a vocês? Vocês possuem poderes extraordinários, e é normal que algumas vezes saiam do controle

—Ah, é isso? Eu achei que era que vamos ter que chutar a bunda de muitas pessoas por aí! _ disse Freya entrando no salão

—Ou que quando nós tornaremos rainhas vamos ter que ter sabedoria para os problemas e saber a hora de mandar alguém para o inferno!_ perguntou Athena

—Que por mais que a vontade seja grande não devemos matar umas as outras!_ perguntou Rosset

—Pelos Deuses, quem vê pensa que eu sou uma péssima mãe!_ disse a rainha

- A senhora não é, só prepara a gente_ disse Freya

—Vamos voltar 'pro meu sapato queimado por favor?_ pergunta Amara

— Fale com Clarry, e peça um sapato novo querida_ disse Everim

—Está bem. Mas se a foquinho entrar no meu quarto de novo eu jogo ela no lago_ disse Amara saindo do local

—É. O sadismo é de família_ disse Freya bem humorada

—Tudo bem, agora saíam que eu tenho trabalhado a fazer_ disse a rainha

—Minha própria tia me expulsando, oh vida cruel_ disse Freya

—Que dó, agora saíam_ disse Everim

Quando as crianças saíram Everim foi até a casa de sua amiga Kalaena. Kalaena morava no meio da floresta em um chalé de madeira, ela é Everim se conheceram quando ainda eram crianças, e passaram por muitas coisas juntas

Everim chegou ao chalé e bateu na porta, segundos depois a porta foi aberta, a rainha entrou e fechou a mesma

—Oque aconteceu?_ perguntou uma mulher morena de cabelos ondulados. Kalaena

—Petra queimou um dos sapatos de Amara_ disse a ruiva se sentando em uma cadeira que tinha ali

—Poderia ser pior

—A cada ano elas ficam mais fortes

—Não aja como se não soubesse que iria acontecer! Sabemos disso desde o dia em que nasceram

—Sim eu sei, só não imaginei que seria tão rápido assim. Você entende que minhas filhas já nasceram com um alvo nas costas? Eu não aguentaria passar por isso. Não de novo!

—Eu sei Everim

Kalaena se virou e foi até uma prateleira cheia de vidros com líquidos dentro, e pegou um com o líquido roxo

—Uma gota por dia vai manter os poderes delas controlados_ disse entregando o frasco para a rainha_ Mas você sabe que só está adiando o inevitável não é? Um dia elas vão crescer e não há feitiço no mundo para impedir que a profecia se cumpra

—Elas são só crianças, eu não posso deixar.Não agora

17 de Maio de 2021 às 04:24 0 Denunciar Insira Seguir história
0
Continua… Novo capítulo Todos os Sábados.

Conheça o autor

Comente algo

Publique!
Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a dizer alguma coisa!
~