A
Ana J.T


Lara Bittencourt, uma menina as vezes tímida, após um "incidente" é obrigada a ir para um colégio interno de prestígio. Lá ela irá fazer várias amizades e até quem sabe, um amor. Noah Schenaider, um garoto um tanto quanto popular em todas os colégios que ele já passou, nunca se apegou a nenhuma mulher até Lara Bittencourt chegar. Por amor, será que ele mudaria?


Ficção adolescente Todo o público.

#Romance
0
317 VISUALIZAÇÕES
Em progresso - Novo capítulo Todos os Sábados
tempo de leitura
AA Compartilhar

Capítulo Um


~


°• Lara Bittencourt Sky •°


Acordo com meu celular despertando, abro meus olhos e desligo o despertador.


Olho em volta do meu quarto e vejo praticamente tudo embalado. E finalmente caiu minha ficha: eu realmente vou para um colégio interno, longe da minha família, longe dos meus amigos, longe da minha vida em Manhattan.


Me levanto com preguiça, vou até meu banheiro tomo banho, faço minhas higienes e vou para meu closet, opto em usar algo mais casual: visto um moletom azul, uma legging preta e um tênis branco. (Foto na Multimídia) Prendo meu cabelo em um coque meio frouxo, passo um lip tint e um rímel.


Pego meu celular e desço as escadas, vou até a cozinha e vejo apenas Georgia - ela é cozinheira e é como uma mãe pra mim. - Ela estava fazendo o café.


- Bom dia pequena Lara - Ela diz sorrindo ao me ver


- Bom dia Ge - Digo sorrindo e sentando na mesa cheia de comida. - Isso tudo é pra mim? - Pergunto e sorrio.


- Claro Larinha - Ela diz depositando um beijo no topo da minha cabeça. Agradeço.


Pego um donuts com cobertura de chocolate e dou uma mordida.


- Ei Gê - Chamo ela e tomo um gole do meu café, ela olho pra mim e eu continuo - Cadê meus pais e a Kitty, Kay?


- A Kitty e Kat ainda tá dormindo, e seus pais... Bom seus pais são seus pais - Ela diz. Concordo sabendo onde ela queria chegar, provavelmente estão trabalhando, o que me deixa "sozinha" em casa.


Termino meu café e vou até a sala de estar, me sento e pego meu celular, mandando mensagem para a Hanna:


Lara: Amiga, tá aí?


Hanna: Que foi diaba?


Lara: Você tem 1h pra chegar aqui ou eu e a Kitty vamos sem você praga


Hanna: Nhã, acordei agora


Lara: 1h! Vô fica braba cntg


Hanna: Tatá


Desligo meu celular e subo as escadas, entro no quarto da Kitty e vejo ela já vestida, com uma saia xadrez preta, uma blusa branca, um casaco grosso e com o cabelo amarrado.


- Pronta maninha? - Pergunto me esperando na porta


- Só volta eu tomar café. já desço - Ela diz, assinto e desço as escadas sentando no sofá pra esperar elas.



Finalmente chegamos - eu, Kitty, Hanna e minha mãe - no colégio.


Ele era lindo por fora, com um aspecto antigo.


Saímos do carro, pego minha mochila e me repreendo mentalmente por não escolher uma roupa mais quente, aqui em Massachusetts - onde fica o colégio - está -9°, e eu estou congelando.


Entramos rapidamente dentro do colégio e procuramos a diretoria.


Bato na porta.


- Pode entrar - Ouço uma voz feminina adulta.


Entramos e nos sentamos, a mulher era velha, cabelos cinza, olhos castanhos, pele enrugada, sentada em sua cadeira.


No canto da sala vejo um garoto, extremamente gato, cabelos pretos, olhos castanho-escuro. Me sento em uma das cadeiras e minha mãe na outra, Kitty e Hanna ficam ao meu lado em pé.


- Bom dia, senhoritas....? - Pergunta a diretora


- Bittencourt, e Mello - Minha mãe responde e aponta para Hanna, que acena com a mão.


- Claro. Bom, eu sou a diretora Megan Schenaider, esse é meu filho Noah. - Ela diz apontando pro garoto. - Ele vai levá-las até o seus devidos quartos. - Ela diz e assentimos. - Aqui estão as chaves, Lara Bittencourt quarto 241, Hanna Mello quarto 245 e Katherine Bittencourt 381 - Ela diz entregando as chaves. Fico triste por não cair no mesmo quarto que a Hanna. - Amanhã antes do jantar vai haver uma reunião no ginásio, onde irei explicar algumas regras e tudo mais. - Ela diz - Noah vai levá-las até seus quartos.


Minha mãe e eu nós levantamos da cadeira, ela fala que vai buscar minhas coisas e depois me encontra no quarto. Assenti e saio da sala da diretora, acompanhada de Hanna, Kitty e o Noah.


- Por aqui senhoritas - Ela diz apontando para o lado esquerdo do corredor, caminho lado a lado com ele e Hanna, Kat e Kitty estão mais atrás.


Estava morrendo de frio.


- Sabe, a maioria das pessoas usam roupas quentes aqui em Massachusetts - Ele diz rindo.


- Eu não sabia que ia ser tão frio, idiota - Digo dando um tapa fraco em seu braço e rio.


- Então, o que tem de divertido pra fazer aqui no frio? - Pergunto casualmente.


- Bom, não muita coisa além de você congelar - Rimos. - Na verdade, tem várias atividades, você só precisa achar alguma que você goste. E a maioria você ganha alguns pontos.


- Se tiver alguma de dormir me avisa que eu tô dentro. - Digo e rimos. - Mais é sério! A melhor coisa a se fazer no frio é dormir!


Ele ri.


- Bom, chegamos - Ele diz apontando para a porta do meu quarto. Olho para trás e as meninas não estão mais lá, porém ignoro.


- Obrigada - Digo sorrindo timidamente. Ele sorri e sai.


Entro no quarto, vejo duas camas de casal, duas mesas de estudos, livros e estantes, dois armários e algumas coisas para decorar. Jogo minha mochila em uma das camas, me sento na mesma e pego meu celular, coloco:

🎶Fire On Fire - Sam Smith . Penso em por com o fone de ouvido porém deixo sem.


Coloco meu celular em cima de uma mesinha ao lado da cama, me deito.

Começo a cantarolar a música.


Quando vejo pego no sono.


~




16 de Maio de 2021 às 16:24 0 Denunciar Insira Seguir história
0
Leia o próximo capítulo Capítulo Dois

Comente algo

Publique!
Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a dizer alguma coisa!
~

Você está gostando da leitura?

Ei! Ainda faltam 1 capítulos restantes nesta história.
Para continuar lendo, por favor, faça login ou cadastre-se. É grátis!