samoliveer SAMANTA Oliver

Quando o pai de Jennie Kim e a mãe de lalisa Monaban estão se relacionando amorosamente, fazendo com que seus destinos cruzassem. Será que vão acostumarem serem considerações ?.


Fanfiction Bandas/Cantores Para maiores de 18 apenas.

#blinks #drama #fic #lgbtqi #kpop #lisa #jisoo #jennie #rose
0
1.3mil VISUALIZAÇÕES
Em progresso - Novo capítulo Todos os dias
tempo de leitura
AA Compartilhar

1

Lalisa Pov's.

Segunda- feira ás oito horas da noite.


— mas mãe tenho mesmo que ir para esse jantar ? Seria bem mais interessante vocês jantassem a sós, não acha ? — digo enquanto sou puxada pela mão pela a mulher mais velha para que eu entrasse no banheiro tomasse um banho e me arrumasse para seu encontro com George seu novo date na qual me parecia bem interessada.


— lalisa eu quero que o conheça é um homem incrível com boas qualidades e divorciado assim como eu é bem resolvido — a ouço enquanto tomo uma ducha rápida já saindo a encontrando ainda em meu quarto — ele tem uma filha da sua idade vai adora-la também irá está presente no jantar — reviro os olhos procurando algo bonito e confortável em meu guarda roupas para aquele encontro.


— isso me parece um jantar em família mãe, eu não quero ter que segurar vela para os pombinhos - rio acompanhando a risada de minha mãe.


— filha você sabe que não ligo para as roupas que usa mais como é um jantar fique apresentável — reviro os olhos — vista um vestido - sorrio ao achar o look perfeito para aquela noite, pego uma blusa de manga comprida de ombros caídos branca com alguns detalhes e uma calça jeans cintura alta com um par de tênis também branco, não vestiria vestido, são em poucas ocasiões que me forço a usar um, começo a me vestir — está ótima assim filhinha!! Te encontro lá embaixo- minha mãe da um beijo molhado em minha bochecha saindo do quarto para terminar de se ajeitar, não estava nenhum pouco afim de ir para um restaurante em plena segunda mas faço de tudo para vê-la sorrindo e se quer que eu vá em um jantarzinho para conhecer seu "namorado" vou me esforçar o máximo para não entregar meu ciúmes e estragar o novo relacionamento dela, rio comigo, terminando de me arrumar colocando um colar com pingente pequeno um par de brincos deixando os cabelos soltos, passo meu perfume preferido checando minha figura no espelho descendo para a encontrá-la na sala.


— estou pronta!! — digo enquanto desço os últimos degraus da escada mexendo no celular o guardando no bolso em seguida, vendo minha figura materna com um vestido que a deixava impecável mente elegante — Uau!!! Mãe está maravilhosa — sorrio me aproximando a dando um beijo no rosto me direcionando a garagem sendo acompanhada — espero que não demore — sorrio ao entrar no carro colocando o cinto de segurança — sabe que gosta de ficar em casa lendo ouvindo música o mais longe possível da convivência com seres humanos — vejo minha mãe revirar os olhos com meu exagero já dentro do mesmo dando partida para o nosso destino final.


— quanto drama lalisa, vai ser legal, não estará sozinha a filha do George se chama Jennie Kim poderá conhece-la e fazerem amizade e conversarem assuntos de suas gerações — minha mãe parecia animada com a ideia de me dá uma "irmã" de presente, para mim isso seria o culo, já que gosto de ter meu espaço, ficar quieta sem ninguém enchendo meu saco e sim sou filha única e parecia que a garota que conheceria também... Talvez ela pense da mesma forma que eu — me perco em meus pensamentos mais sou acordada ao ouvir uma buzina vindo da rua me despertando vendo-a estacionar o carro no estacionamento do restaurante, tiro o cinto e desço ajeitando minhas roupas, respiro fundo, estou nervosa será ?? Um pouco, afinal posso conhecer meu novo padrasto, não sei se estou preparada para lidar com essa situação, forço um sorriso para minha mãe que agarro meu braço nos guiando para dentro do lugar que era bem mais chique do que pensava era um restaurante bem carinho, quem pagará ?? o máximo que posso pagar é um copo de água mineral, rio com minhas futilidade, vendo de longe uma mesa mais reservada aonde duas pessoas estão sentadas um homem adulto e uma silhueta de uma garota de costas, respiro fundo mais um vez soltando o ar pelo nariz, caminhando lentamente até chegamos próximo da mesa, vejo o homem abrir um enorme sorriso se levantando cumprimentando minha mãe com um selinho discreto logo voltando sua atenção para mim — prazer sou lalisa Manoban!! — me apresso esticando minha mão me apresentando.


— muito prazer lalisa, você é linda assim como sua mãe -— diz o homem mais velho gentil dando espaço para sentarmos, sorrio agradecida, me sentando ao lado da garota que nem abriu a boca - essa é minha filha Jennie Kim — segura a mão de minha mãe que sorrir com o ato, viro meu rosto para fazer contato pela primeira vez.


— prazer Jennie sou lalisa mas pode me chamar de lisa — a garota me olha de cima a baixo dando um meio sorriso, não pude deixar passar despercebido que usava um vestido preto liso lindo mais simples e um par de tênis brancos e seu cabelos estão soltos. Uau!!! Parecia aquelas modelos capa de revista, porém seu humor é péssimo, não sabia disfarça sua insatisfação de está naquele lugar, mais volto minha atenção ao seu pai que me chamou.


— como está o colégio? estudando bastante ? — me ajeito na cadeira encostando minha costa no couro macio, pensando no que falaria.


— as aulas vão bem e eu também — rio baixo, olhando rapidamente para a garota ao lado que ouvia tudo atentamente — então é verdade que é dono de uma rede hospitalar ? Deve ter estudado muito para está aonde chegou — digo curiosa recebendo um olhar apaixonante de minha mãe, pelo menos estou fazendo meu melhor fingindo interesse naquele jantar, o garçom apareceu anotando nossos pedidos e foi a primeira vez que ouvir a voz de Jennie ao meu lado que era aguda e suave.


— sim foi um longo caminho de aprendizado com meu pai que deixou essa herança para mim e meus irmãos e que continuássemos com seu legado — sorrio concordando com a cabeça — kim saía do celular por favor — olho para a garota que é repreendida pelo pai na mesa, guardando o celular no meio das pernas chamando minha atenção vendo suas pernas bronzeados e bem desenhadas, passo a língua nos lábios, subindo o olhar para Jennie que resmungou dando de ombros fazendo contato visual comigo abrindo um sorriso que quase me tirou o fôlego, então aquela é minha nova irmã ? sinto o ar de problema que me trará, rio.


— o que é tão engraçado? — me surpreendo com sua pergunta olhando ao redor vendo que minha mãe não prestava atenção em nós duas mantinha uma conversa com seu pai então volto minha atenção.


— nada demais, estou pensando, o quanto seu pai tem sorte de encontrar minha mãe já sinto que os dois se deram muito bem — minto descaradamente — Jennie eu sei que assim como eu não esta afim de está aqui, mais pelo menos deveria fazer por que é um cara legal... E para mim falar isso tenho que realmente ter gostado de um pretendente para minha mãe — sorrio, apoio meus braços na mesa.

— estou fazendo meu máximo sério, eu acho que meu pai realmente tenha sorte de ter encontrando sua mãe para a vida dele e já sei o quanto ela é importante para ele o quanto fala bobo apaixonado contando sobre ela para mim, não estou me sentindo bem...briguei com meu namorado sabe como é brigas de casais — sorrio concordando com a cabeça mais não faço ideia como era está brigada com alguém que não seja minha mãe muito menos com namorado, e uau sortudo era ele por tê-la, okay deveria parar de olhar para minha "irmã" daquele jeito, nossos pratos chegam e ficamos ali conversando durante nosso jantar - lalisa certo? Que ir para fora do restaurante respirar um ar puro se é que me entende — Jennie aponta a cabeça para os pombinhos que riam para nós, concordo com a cabeça a seguindo para fora e então nós sentamos em uns bancos distante da entrada do lugar — é filha única ? — me sento no banco desleixada diferente da postura que estava alguns minutos atrás fazendo-a rir com meu jeito.


— sim sou e sei que você é — olho para o céu que está limpo cheio de estrelas, fico em silêncio mais quebro — por que brigou com seu namorado ? — talvez não deveria ter feito aquela pergunta para uma primeira conversa, me ajeito no banco direcionando meu corpo para Jennie que me olhou respirando pesadamente.


— não foi exatamente uma briga, é que meu namorado Kai quer transar e eu não sei se estou preparada para esse contato a mais — a olho tentando parecer normal o que não estou, não posso falar de uma coisa que mal entendo que sei algumas coisas através da internet — eu gosto dele e também sinto vontade mais não estou pronta ainda...acho... Quando vou está preparada ? — me olha tristonha esperando minha resposta, fico alguns minutos em silêncio tentando pensar em algo.


— é complicado... Jennie.... não tem um momento que vai estar preparada, vai acontecer mais para isso precisa está segura do que está fazendo precisa confiar na pessoa e quando perceber já vai está entregue, não posso te ajudar muito — gaguejo coçando a cabeça — mais ele não tem que ficar te pressionando não é certo — em um ato acolhedor me aproximo dando tapinhas em suas costas a vendo relaxar mais confortável.

15 de Maio de 2021 às 03:05 0 Denunciar Insira Seguir história
0
Leia o próximo capítulo 2

Comente algo

Publique!
Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a dizer alguma coisa!
~

Você está gostando da leitura?

Ei! Ainda faltam 15 capítulos restantes nesta história.
Para continuar lendo, por favor, faça login ou cadastre-se. É grátis!

Histórias relacionadas