destinathy nathy cor-de-rosa

Kim Taehyung é um garoto comum do ensino médio, odeia matemática e quer namorar. Sem muita noção do que é amor, ele se vê numa situação típica de um adolescente: se apaixonou por Min Yoongi. Até aí tudo bem, já que ele é um dos garotos mais lindos da escola. A questão é que o melhor amigo do bonitão, Jung Hoseok, começou a conquistar o coração de Taehyung. Kim, portanto, se vê confuso entre o bonitão ou o outro bonitão, mas não percebe que a solução é mais simples que imagina. [TAEYOONSEOK] [SHORTFIC] [SIDED¡JIKOOK!]


Fanfiction Bandas/Cantores Para maiores de 18 apenas.

#tys #poligamia #trisal #lgbt #gay #boyslove #yaoi #colegial #militar #milico #namjoonpresidente #eatjin #seokjin #namjoon #jin #jungkook #jimin #sidedjikook #taegi #vhope #sopev #yoongi #hoseok #kpop #taehyung #taeyoonseok #bts
0
714 VISUALIZAÇÕES
Em progresso - Novo capítulo Todas as Quartas-feiras
tempo de leitura
AA Compartilhar

Eu troco minha dignidade por uma coxinha

oieee! Bem vinde!


sim acabei de aparecer aqui pra postar minha primeira história taeyoonseok, que deveria ter sido publicada há muito tempo.


esse plot foi criado em 2018, mas só foi ano passado que eu comecei a desenvolver, espero que gostem!


Boa leitura!


use #milicoboys no twitter!


— Isso é fácil, crianças, repitam comigo: Na minha terra tem palmeiras onde canta o sabiá. Seno a cosseno b, seno b cosseno a. ­– Por Deus! Alguém poderia calar esse professor de matemática? Esse cara acha que vamos entender matemática tão fácil assim?


Sei lá, sou Kim Taehyung e odeio matemática. Desde novinho, juro. Eu já fiz de tudo para ser minimamente razoável, mas era terrível. Sou tão tapado que quando eu esqueço minha idade, tenho que pegar a calculadora para achar, e às vezes o resultado sai negativo! E eu só tenho -17 anos, não deveria ser tão difícil assim.


Apesar disso, eu era incrível em humanas, amém! Minha matéria favorita era sociologia, mesmo tendo cinquenta minutos semanais com um professor que dava um pouco de sono. Eu adorava! Era tudo incrível e mágico, isso sim é algo para se gostar, e não números e mais números.


Meu melhor amigo Jeon Jungkook não pensava muito diferente de mim, mas sua matéria favorita era filosofia, isso rendeu o apelido de "maconheiro de hortelã" pela nossa belíssima turma de umas quarenta e cinco pessoas.


Ironicamente, nosso outro melhor amigo Kim Seokjin era o que mais fazia uso desse apelido estranho. Ele era conhecido como "Eat Jin" ou "o garoto do tráfico", mas ele não estava metido com drogas ilícitas, ele apenas vendia o melhor salgado de todos de forma ilegal, pois a escola não queria perder seus clientes esfomeados. Uma pena, pois Salgados do Jin > tudo.


Já que estou falando de pessoas da minha vida, falarei também de Park Jimin, um menino meio popular e muito amorzinho. Ele era o comprador número 1 dos salgados do Jin e também gostava de pedir a matéria de geografia para o Jungkook, já que acabava dormindo ou matando aula no banheiro.


O melhor amigo de Jimin se chamava Kim Namjoon, ele era o representante da turma e, definitivamente, o mais inteligente de todos. Um ex-militar. Mas para vocês não ficarem confusos, vou explicar como minha escola funciona.


Quando se faz a matrícula, há duas opções para seguir: a turma regular ou a militar. O primeiro é um ensino normal, focado no vestibular. Provavelmente vocês são dessa modalidade. Já o militar, é uma preparação para concursos militares, conhecidos por serem super difíceis e complicados. Lá, eles têm ênfase em matérias exatas, ouvi falar que eles têm um dia que só tem matemática! Imagina o desespero. As aulas do normal eram de manhã, as do militar à tarde.


Lembra do que falei sobre o Namjoon? Bem, ele estava no militar até o nono ano, mas decidiu que não queria aquilo para a vida dele, então ele e Jimin mudaram para o regular ano passado, no primeiro ano. Agora estamos no segundo, graças a Deus me deram ponto extra no final do ano e eu passei em matemática.


Vocês devem estar se perguntando do porquê de eu ter falado tanta coisa estranha. Bem, nesse ano letivo, que começou tem uns dois meses, tivemos a maior surpresa de todas: Min Yoongi, conhecido também como meu crush supremo desde o ano passado, e seu melhor amigo, Jung Hoseok, que também era uma beldade, se mudaram para o regular.


Ninguém sabia o motivo, alguns especulam que eles tinham desistido da carreira militar, outros faziam teorias que, na verdade, eles foram expulsos por fumar maconha na escada de incêndio. Vai entender esse povo...


A questão é que minha paixão estava na mesma sala que eu, a alguns metros de distância! Eu ficava na frente com Jungkook e Jin atrás de mim, pois a gente revezava em esconder a sacola gigante de Salgados do Jin. Uma tia da limpeza prometeu guardar segredo se ganhasse um desconto. Hoje o Jin conta com mais de dez funcionários VIP, incluindo professores, que pagam um valor por mês e podem reservar e encomendar salgados, além de um salgado grátis na semana. Eu não entendia se isso era benéfico, mas se Seok estava fazendo, devia ser, né?


Enfim, voltando ao que interessa, ao menos, o que me interessa, Min Yoongi sabia que eu existia e isso era ótimo, uma pena que, assim como o Jungkook era conhecido como maconheiro de hortelã, Seokjin de Eat Jin, eu também tenho um apelido: filho (pior, às vezes me chamam de pet) do Taemin, nosso professor de sociologia. Ele me emprestava livros interessantes em quase todas as aulas e tinha um carinho por mim, o que eu poderia fazer? Eu deixaria isso em off, mas acho que não faria sentido ocultar esse fato, mesmo que vergonhoso.


Eu queria muito chamar Yoongi para sair, mas eu era muito tímido e morria de medo de chegar às pessoas. Era tenso.


— Não fica pensando nele, bobinho! — Seokjin me aconselhou, quando fingi estar olhando para ele, mas prestava atenção no garoto com uma jaqueta camuflada azul, que ria de uma piada do palhaço da turma, Jackson.


— Agora ele nunca mais vai pensar nele! Parabéns, Seokjin. Você salvou o mundo! — Kook e Jin eram muito implicantes um com o outro, mas era o jeitinho de se amarem.


— Vai cheirar uma bala de hortelã! Eu estou tentando ajudar!


—Bom dia, gente — uma terceira voz se fez presente, mas não era minha. Era Jimin, o garoto bonito e fofo da turma.


— Bom dia, Jimin — Jungkook desejou e já colocou aquele sorrisinho no rosto.


— Bom dia, hoje tem coxinha, tem pão de queijo e pastel. Um de cada? — Jin já começou com os negócios.


— Não! Te falei da dieta, amigo! Esqueceu?


— Ai! Verdade! Eu posso fazer sanduíche natural pra você! O que você gosta?


— Deixa disso, Jin. Não se preocupa com isso.


— Eu quero dinheiro, Jimin! Compra meu sanduíche natural!


— Ai, tá bom! Coloca bastante tomate.


— Ótimo! Me divulga no Insta amanhã.


— Pode deixar. — Então foi sentar no seu lugar, atrás de Namjoon, que lia um livro estranho.


— Tae, encontrei mais uma evidência que vivemos numa simulação — Jungkook disse, assim que eu peguei meu estojo e coloquei em cima da mesa.


— Sério? Me conta depois — pedi, pois o próximo professor tinha chegado. Não aguentava mais, e ainda era a segunda aula do dia.


🧨


A minha sorte era que Taemin dava a última aula do dia, então as pessoas saíam e eu ficava com ele conversando sobre alguns sociólogos e umas coisas super legais. E foi isso que aconteceu. Ele era como um irmão mais velho, adorava falar com ele.


Antes de ir à casa, eu buscava minha irmãzinha na escola. Ela se chamava Kim Bora e tinha nove aninhos. Ela era linda, assim como eu, e sua cor favorita era roxa, assim como a minha. O nome dela significa roxo, então era interessante.


Assim que chegamos, ela foi direto fazer o seu dever de casa enquanto eu fazia o almoço. Era óbvio que minha mãe e meu pai davam uma forcinha de vez em quando, deixando alguma carne temperada ou então tudo pronto, mas eu até que sabia me virar na cozinha.


Nós almoçamos e eu fui ajudá-la nas suas dúvidas do trabalho de casa, e só depois fui estudar. Bem, dessa vez eu demorei para começar porque Seokjin estava enchendo o saco sobre as empadas que deram errado e Jungkook reclamando que estavam feias. Eu ri deles e comecei.


Odiava matemática, então deixei por último, para no final falar que estava tarde e adiar meu sofrimento para o dia seguinte. Não façam isso, é péssimo.


Então, enquanto lia sobre a guerra fria, meu celular foi bombardeado de mensagens. Uma atrás da outra. Preocupado, chequei. Era apenas o grupo de sempre mandando mensagens, mas dessa vez eram para mim.


Grupo: Trio dos gays e do trabalhador🏳️‍🌈🌭🍔🍟


salgaJINho:

tae

to te falando

pega o Yoongi logo

chama o cara pra sair e amassa

eu sinto que vai dar bom

confia no pai


[20:28]


maKOOnheiro:

vdd vdd

se você chamar ele pra sair até o fim dessa semana

eu faço sua lição de matemática


[20:29]


Eu:

Você é ruim em matemática Jungkook


[20:31]


maKOOnheiro:

ah eh


[20:32]


salgaJINho:

eu te pago uma coxinha se você chamar até sexta


[20:34]


maKOOnheiro:

ok eu pago um guaravita


[20:35]


Eu:

Aiaiai

Tá bom

Mas se ele não aceitar, vocês vão me dar de qualquer jeito


[20:36]


maKOOnheiro:

não vamos ter escolha


[20:36]


salgaJINho:

e não queremos ver você triste


[20:36]


Eu:

Ai que gay

💜


[20:37]


salgaJINho:

ok, eu printei e você tem até sexta


[20:37]


maKOOnheiro:

boa sorte


[20:37]


use #milicoboys no twitter!


espero que tenham gostado!


deixa um like, me diz se você gostou da história❣


eu não sei qual vai ser a frequência de postagem, mas não deve demorar muito porque tô escrevendo o último capítulo agora!


caso você queira conversar comigo, me corrigir ou mandar sua playlists de stream, pode mandar na DM do Twitter @/DESTINATHY, eu sou desocupada então devo ver rápido


stream butter e permission to dance, até a próxima!


- nathy

14 de Julho de 2021 às 19:56 0 Denunciar Insira Seguir história
1
Leia o próximo capítulo Meu intervalo é desesperador

Comente algo

Publique!
Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a dizer alguma coisa!
~

Você está gostando da leitura?

Ei! Ainda faltam 8 capítulos restantes nesta história.
Para continuar lendo, por favor, faça login ou cadastre-se. É grátis!