u_paulina Paulina Santos

Livro 1 da série "Para Sempre" +17|| Ao se mudar para um estado novo com sua melhor amiga, Julie consegue uma entrevista de emprego, mas ela não imaginava que seu novo emprego mudaria sua vida completamente. O amor deles não foi "A primeira vista" ou "A primeira troca de olhares", o amor deles foi a primeira ignorância. Paulina Santos- 2021 Plágio é crime.


Romance Erótico Para maiores de 18 apenas.

#drama #amor #adrenalina #brigas #ceo #258 #18 #trama #secretária
0
450 VISUALIZAÇÕES
Em progresso - Novo capítulo A cada 10 dias
tempo de leitura
AA Compartilhar

Capítulo 01

JULIE


May 20, 2018


Termino de retocar meu batom rosa claro e saio do meu quarto com a bolsa já em mãos, a colocando em cima da bancada da cozinha que separa a sala da mesma.

- Bom dia. - Mary me deseja, vou até a mesma e beijo seus cabelos castanhos cacheados, ela para de mexer na geladeira e se vira pra mim, mirando seus olhos quentes em minha direção. - Me conte tudo quando chegarmos.

Eu e Mary viemos para Toronto por causa da vaga de emprego que a mesma conseguiu em uma agência, como não iria a deixar vir sozinha e precisava de sossego do meu antigo estado, resolvi vir junto.

Mary é a representatividade da beleza, sua pele negra faz contraste com seus cabelos da mesma cor, seus olhos em um tom único de castanho quente, a deixa com um olhar sexy e quente que apenas ela tem, seu rosto redondo me faz querer apertar suas bochechas cheias.

- Irei contar, e me conte tudo como foi na agência. - Mando pegando minha xícara que a mesma me oferece com o café.

Acordei com o alarme do meu telefone no último volume, tinha esquecido ele embaixo do travesseiro, quase tive um infarto.

- Ok.. Mas me diga, o que achou do meu look? - Pergunta dando um passo para longe de mim, que sentei na cadeira ao lado da bancada. Mary está vestindo uma saia xadrez, que vai até o meio das coxas, juntamente com uma meia preta por baixo, ela veste uma blusa de lã escuro.

- Eu amei! Vai colocar um sobretudo? - Pergunto levando a xícara novamente meus lábios, de uns dias pra cá venho tomando tanto café, que acho que viciei.

- Não… Precisa? - Anda até a janela na cozinha e a abrindo, antes que eu respondesse, uma rajada de vento forte arrastou seus cabelos cacheados para trás bruscamente, Mary fecha novamente a janela e se vira pra mim arrumando os cabelos. - Acho melhor eu usar um sobretudo

Acabo rindo dela, e ela me acompanha. Termino de tomar meu café da manhã e saio com Mary em meu carro, que a mesma comprou, mas como ela não sabe dirigir ela passou para meu nome.

- Vou começar a cobrar pelos meus serviços… - Brinco e ligo o carro, dando ré e saindo do estacionamento do nosso prédio.

O prédio que nós moramos não é um cinco estrelas, porém dá para viver. Ele é todo em cinza desgastado e a vizinhança não é das melhores.

- Gostei do seu look, sexy sem ser vulgar. Bem secretária de livro. - Mary é apaixonada por livros de romance, ela sonha que com essa entrevista, eu viva um romance entre CEO e secretaria e ela iria assistir de camarote.

Olho de relance para minha saia lápis e minha camisa de botões verde água, em meus pés coloquei uma bota salto preto, o sobretudo está no banco de trás junto com a minha bolsa.

- Sexy sem ser vulgar? - Volto a olhar para a rua e paro em um sinal vermelho. A encaro levemente confusa - Mary, apenas estou indo em uma entrevista, não sei se vou passar. E não serei a secretaria do chefe.

- Ah, me deixe viver meu conto de fadas - Bufa me levando a risada novamente. Passo em frente a agência que Mary trabalha e a mesma pega sua bolsa e o sobretudo branco - Até mais tarde.

- Até, te amo. Cuidado! - Grito após ela fechar a porta e entrar na agência. Suspiro negando com a cabeça. Levo meu carro pelas de Ottawa, tão movimentadas como nunca antes.

Nessas semanas andei tão estressada, a procura de emprego que não tive tempo de rodar a cidade totalmente. Quando me ligaram da Hoffman Companies, quase caí pra trás com a mulher ainda no telefone, a vaga que irei fazer a entrevista é para secretaria/ajudante da secretaria principal.

Finalmente chego a Hoffman Companies, vou direto para a fila do estacionamento, espero pacientemente os outros carros saírem da frente, passo pelas filas de carros e finalmente acho uma vaga ao lado de uma luxuosa BMW.

Saio do carro após pegar minhas coisas e o fecho , acionando o alarme. Ando em passos apressados até o saguão, que devo dizer um pouco exagero, pilares em um tom dourado e o piso em mármore branco, brilhava tanto que quase fiquei cega.

Vou até uma das mulheres atrás do balcão, identifiquei como Paola está no seu crachá, pendurado em sua camisa rosa choque.

- Olá, bom dia. Vim para uma entrevista com Eloise - Falo sorrindo educada, a mesma me devolve com um sorriso claramente falso. Seu cabelo negro como a noite faz par com seus olhos da mesma cor, o que mais se realça em seu rosto é o batom exageradamente vermelho. - Sou Julie Evans.

Ela pega o telefone fixo ao seu lado e o leva à orelha após discar o número onze.

- Srta. Eloise, a Srta. Julie Evans se encontra no saguão para a entrevista. - Informa com a voz doce e gentil, totalmente diferente de seu rosto que demonstra indiferença. - Sim, senhora… Ela já irá subir. - Ela desliga o telefone e pega um crachá embaixo do balcão e me oferece. - Pegue o elevador e vá para o décimo primeiro andar, é lá que você fará sua entrevista. Boa sorte!

Agradeci pegando o crachá que dizia visitante e o coloquei em minha blusa de botões, ainda com o meu sobretudo preto e a bolsa no ombro e fui até o elevador e apertei o andar indicado.

Finalmente o elevador se abre e eu saio do mesmo, indo até outro balcão, atrás dele há uma mulher loira platinada sorrindo simpática e educada pra mim, gostei dela, seu nome é Rafaela.

- Olá Julie Evans, estava lhe esperando, irei levá-la até a Srta. Eloise. - Ela saiu de trás do balcão e veio para meu lado - Siga-me, por favor - Pediu andando em minha frente, tão graciosa que fiquei com inveja por sua coluna reta,a sigo até um corredor pequeno. - Aqui ficam apenas os CEO`s e suas secretarias, como a Srta. Eloise é secretária dos dois, ela precisa de uma ajudante - Ela parou de frente a uma porta de madeira escura, se virando sorridente pra mim ela disse; - Se passar, irei te ligar daqui a dois dias. Boa sorte!

- Obrigada - Agradeço devolvendo o sorriso. Rafaela bateu três vezes na porta e a abriu.

- Julie Evans está aqui, Senhora - Rafaela me dá espaço e eu entro na sala, me deparando com uma bela mulher se levantando, ela arruma seu vestido vinho, que é agarrado em suas curvas. Seus cabelos são em um tom castanho escuro e seus olhos azuis-esverdeados, são tão lindos que achei meus azuis cintilantes ridículos, o rosto de Eloise é bem fino e delineado, como o de uma modelo da Victoria Secrets.

- Bom dia, Srta. Evans. Por favor. - Ela pediu estendo a mão fina para a cadeira de frente de sua mesa, aceno em concordância. Rafaela fechou a porta atrás de mim e fui até a cadeira e Eloise para a sua.

14 de Maio de 2021 às 02:41 0 Denunciar Insira Seguir história
0
Leia o próximo capítulo Capítulo 02

Comente algo

Publique!
Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a dizer alguma coisa!
~

Você está gostando da leitura?

Ei! Ainda faltam 3 capítulos restantes nesta história.
Para continuar lendo, por favor, faça login ou cadastre-se. É grátis!