taehyung_tete Taehyan V

Por mais que um ódio passado foi criado, por motivos de bobos de igreja e religião se descobre que há uma paixão guardada por Kim Namjoon que é um MR na Faculdade que enfim Jung Hoseok entrou e a pessoa que mais brigava na infância divide o mesmo quarto juntos, enfrentando todos os tipo de boatos que rolam e concertando o erro da passado. Mas enfrentando problemas familiares e amorosos para descobrir que na verdade mudará todo o pensamento e o medo de Kim Namjoon, e a flor de Hope finalmente desabrochar e se libertar. Curta a Playlist no Spotify.


Romance Romance adulto jovem Para maiores de 18 apenas. © ALL RIGHTS RESERVED.

#comédia #bts #namseok #kpop
1
7.5mil VISUALIZAÇÕES
Em progresso - Novo capítulo Todos os dias
tempo de leitura
AA Compartilhar

Capítulo 1

Aviso Legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de difamar ou violar as imagens dos artistas.

_____________________________________________


..

Jung hoseok.


Eu cresci rápido, nesse momento estou colocando as minhas coisas no meu próprio carro que recentemente consegui comprara. Estou acenando para mim irmã que está a sorrir para mim emocionada por me ver indo fazer uma faculdade onde consegui bolsa depois de tanto trabalho duro para conseguir ela, tive ajuda de minha irmã com meu último pagamento da faculdade ela não é tão longe assim mas, não é tão perto é o meio termo.


Mas antes sobre um pouco mais sobre mim, com 24 anos fazendo faculdade moro no bairro é clássico básico de Nova York o clássico para a classe alta, não sou de como dizem berço de ouro mas, morar no bairro perto desse tipo de pessoa é bem interessantes todos me conhece, bem pelo fato que fazia parte da igreja local quando menor que todos meus colegas dessa rua frequentou comigo, não gosto muito de enfatizar que sou alguém de igreja de pequeno para não gerar assuntos desconfortável.


Bem eu tinha alguns problemas de um colega que eu particularmente ainda tenho ódio, mas de fato nos odiamos desde o dia que nos conhecemos no primário nossa briga de ódio também era por eu ser de igreja e ele um já desde novo ateu. Mas, não querendo dizer mas dizendo mesmo assim dou graças a deus que não vi mais essa pessoa depois da escolhinha, no qual me sinto bem de não lembrar nem o nome. Graças a um bom pai.


Em direção a uma das universidades mais faladas mundo, ia Namjoon. O garoto alto como um poste, inteligente como Eistein e bonito como todo Kim é. O moreno de altura considerável, estava pronto para fazer mais um ano de sua faculdade de direito. Ele passara as férias na casa dos tios em Los Angeles, mas voltara a Massachusetts, para seu segundo ano de formação.


O rapaz que sempre fora bem simples, nunca conseguiria pagar a universidade que era considerávelmente cara, porém sua inteligência e força de vontade, fizeram esse sonho do coreano de tornar uma realidade. A princípio os estudos não são tão complicados para ele, mas ele mal sabe o que lhe aguarda, já que seu antigo colega de quarto, Jhonas, acabara os estudos e finalmente fora fazer o que sempre quis. Mal sabe o moreno que passará por grande estresse, ( o que não passa a muito tempo ) quando descobrir quem vai passar a dividir o mesmo ambiente com ele.

No momento ele dirige calmamente, batucando uma música dos red hot chili peppers, no volante e cantarolando com sua voz grave e os vidros abertos, com os ventos agitando seus cabelos curtos, sem parar.Tudo o que ele pensa no momento e no quão vai ser legal rever os colegas do ano passado e zoar alguns deles, os chamado por apelidos idiotas que só eles entendem.


Jung Hoseok; Estava em meu carro agora de blusa larga dentro da calça a parte da frente sentir da jeans preta que usava e um tênis dirigindo o carro , estava com ótima música que foi ótimo para eu pegar meus óculos de armação fina dourada de lentes amarelas e meio alaranjado , segurando o volante com uma mão apenas o outro braço sobre a porta de vidro aberto, recebendo um vento simplesmente sensacional com a música meus cabelos grandes como a franja balançando sem parar.


- Hoseok, prepare-se para ver as suas amigas irritantes e seu melhor amigo uma tremenda bixa profissional em maquiagem - risos.


Sem muita demora, o rapaz chegou ao lugar pelo qual ele tinha grande apego e logo foi tirando suas coisas do carro e as levando para o quarto que já era seu de costume, mas ao adentrar o local viu que as coisas de Jhon não estavam por lá, e de primeira ficou tristonho, mas quando encontrou seu amigo Jeon Kook, eles começaram a falar bobagens como..


- Agora que Jhon, foi em bora, quem vai ser a primeira pessoa que você vai pegar aqui dentro hum?


- Você fala como se eu não pegasse ninguém quando Jhon ainda era meu colega de quarto. - o mais alto falou rindo, enquanto cumprimentou o amigo com um toque só deles.


Eu cheguei um pouco antes antes do meu horário previsto já lendo mensagens como

..


"Hoseok, cadê você eu juro que não tem surpresa eu e o Allen estamos a sua espera"


Na verdade como eu sei sempre a minha querida amiga contou as amiguinhas dela sobre mim, e que estava ansiosa para me ver.


Quando cheguei estacionando o carro descendo dele, eu levei um enorme surto por um grito fino de garotas além do mais agudo da Jisoo, além de que ganhando um pulo de abraço de Allen, o que tudo aquilo chamou a atenção.


- Meu deus MAS COMO VOCÊ TA UM GATOOOOO! - Jisoo disse me apertando como um bicho de pelúcia


- Opa, deixa eu ver esse look , fiz de dia sensacional. - Allen disse com o seu jeitinho mais, mais seu jeitinho único me analisando. - Tá perfeito, nem malhou tanto tempo imagino que está de tanquinho do mais leve possível , mas visível.


- Ahhh, poxa não me deixe com Vergonha! - Disse dando risada colocando óculos na gola da blusa.


- Mas o Hoseok tá um gatinho!! - Aquela atenção toda de novo para vozes do grupinho de garota a minha volta que eu apenas olhava para as outras pessoas olhando tudo aquilo.


- Junta menina uma foto com o Hoseok, que veio pra gente!! - Disse Allen dando seus pulinhos com a sua make leve e tirando a foto com um monte de garota menores e outras altas mas médios me abraçando apenas não tive escolha em sorrir


- Como foram as férias? - Kook perguntou, entrando no quarto do mais velho.


- Como eu te disse que seriam... Casa dos meus tios, passeando sozinho por uns lugares aí, fazendo umas pesquisas e algumas vezes assistindo animes. E as suas?


- Só te digo uma coisa.. Miami Beach!


- Quem tem money é outro nível né, senpai da moçada! - o mais alto riu enquanto arrumava algumas coisas.


- Tu não esqueceu essa porra ainda!? - Jeon riu.


- Nunca esquecerei!


Enquanto os dois conversavam, do fim do corredor vinha Jackson, o garoto mais idiota e menos popular daquele grande lugar.


- Eai cambada?


- Eai, doido, belezinha?


- Tenho e muita! - riu o rapaz - Já viram os novatos?


Era engraçado Jackson dizer aquilo, já que nem sequer conhecia os que estão ali a mais tempo, mas Nam resolveu apenas relevar.


- Não, por quê?


- Porquê, tinha um povo doido na porta, fazendo um alvoroço.


- Ai devem ser os filhinhos de papai, berços de ouro, que fazendo esse lugar virar um inferno! - Namjoon falou revirando os olhos.


- Vai Hosoek não faz mistério fala qual vai fazer. - Jisoo disse andando com ele


- Ai jisoo, ele quer fazer surpresa e eu quero fazer maquiagem de estilo novo logo ! - Allen com o seu jeitinho mais afeminado andava de mãos juntas


- Gente, poxa vocês vão saber logo. - Comentei dando risada - Vocês são de berço meus amigos você faz a mais cara Allen, eu não sou de berço de ouro.


- Humm, não é de berço de ouro mas conseguiu um corpo... - Allen comentou dando risada com ambos.


- Ah eu nem ligo para mim, antes. Mas ligo agora mas, tô o mesmo só cresci - Balanço a cabeça balançando a camisa - Pra fim de tarde o local aqui estava com o sol todo.


- O que vai fazer hoje a noite Nam? - Jackson perguntou.


- Nada, e não venha me dizer que vocês querem ir para aquela festa de início do ano! - o maior já dispensou os amigos em relação a ir para a festa.


- Tá, eu nem chamo também, fica aí, assistindo seus animes e batendo punheta!


- Eu já disse pra parar de falar que faço essas coisa, sou um anjo.- ele riu.


- Uhum.. tá bom, anjo cujo nome é Lúcifer! - riu Jeon quando Jackson caçoou do mais alto.



- Allen se o Jung é literalmente alguém sem malícia que nome Angélical da ele ? - Jisoo perguntou.


- Ah bom eu lembro de poucos nomes não sou fã de igreja sabe, Hoseok.


- Amigo eu não ligo pra isso, não se preocupem Allen. - ri da conversa deles andando


- Bem que tal Miguel? É o que eu lembro mais fácil.


- Irmão de Lúcifer? - perguntei Allen querendo saber se tinha mais do porque ser aquele nome


- Amigo, mais é claro ele é puro e lúcifer não entendo, que já que você não tem malícia alguma e difícil mentir sobre isso né então, você é Miguel porque meu querido tu não se toca , não sente nada, ainda não pega referências de duplo sentido , é total Miguel.


- Ah, interessante...- ri balançando a cabeça e bem parando para pensar é verdade me toquei muitas raras vezes mas não olhei nada sobre assuntos sexuais mais afundo. Ainda me dá uns calafrios


Enquanto caminhava eles me levou até meu quarto que ainda estava vazio deixei tudo arrumado com eles o meu lado que escolhi e sai fechando a porta depois de 30 minutos com eles e voltei a conversar com eles.


- Então, terá a festa neon este ano Allen? Já que ano passado vocês disseram que deu treta no departamento de arte e proibiram a festa ano passado.


- Ah eu não sei se no dia irei ir porque tenho que até lá preencher muitos adveres e escrever listas - A garota já coçava seus cabelos fazendo beiço a baixinha olhando pro chão pensativa.


- Ah, hoje vai ter e eu vou estar no comando do Departamento de Artes, a treta que rolar vai rolar comigo e régua de madeira , hrum! - Disse o Ruivo pro laranja olhando suas unhas limpas e lichadas e jogando a franja, fazendo bico com seus lábios natural cor de pêssego, cruzando seus braços. - MAAAAAS! Eu tenho a novidade, que eu serei o planejador! Aaah!


Nós animamos com a notícia comemorando vitória.


Após uns momentos de conversa e enrolação com os caras, eles resolveram ir ver outras pessoas e Namjoon foi caminhar pelo "seu" lugar, para matar a saudade dos ambientes que fizeram e fazem dele um homem muito inteligente e talvez um pouco impuro.


Foi a biblioteca e logo depois para perto da piscina, não iria pular na água é claro, porem tinha vontade, mas haviam alunos organizando até mesmo aquele ambiente para a tal festa "dos casais", como boa parte dos alunos costavam chamar.


Jung Hoseok: Deixei os meninos irem resolver seus assuntos depois encontraria eles, mas antes vou andar novamente por este lugar que me lembro brevemente dos cantos, e de muitas pesosas, mas antes de tudo não esquecia de pegar um livro na biblioteca para ler mais tarde, desta vez ele se tratava de um suspense. E indo ver alguns que imaginei que estariam pela área da piscina.


- Jessy! Ei! - Chamei a Loira morena indiana que arregalou seus olhos com um sorriso


- Meu deus você disse mesmo que viria! Ahh! Nossa pensei que era brincadeira! - A morena me abraçou depois de breve corrido e abracei de volta.


- Não era brincadeira, hoje quando forem todos almoçar a gente se junta! - comentei com ela


- Claro amigo! vá conhecer de novo o lugar!! - ela disse acenando para mim já de saída - Cuidado Hoseok! - Ela voltou ao seus afazeres andando no tamanco


Namjoon caminhou pelo extenso gramado verde, na parte de trás da escola, não tinham muitas pessoas por lá, apenas um garoto ruivo, do qual ele nem se lembraria, se não fosse por sua face marcante.


- Hoseok!? É mesmo ele? - exclamou baixo, querendo saber.


- Ei te encontrei!! - Jisoo disse em um pulo abraçando ele novamente.- Hoseok!!


- Ah oi! Ei não tira minha roupa! - ri soltando ela - Então do que precisa?


- Então a amada, e adorável Jisoo aqui, sua amiga do coração vai precisar de ajuda daqui a pouquinho na biblioteca. E olha aqui não vejo diferença você com estes botões abertos e sem camisa. - Ela colocou o dedo no meu nariz cursando os braços logo após com o sorriso de criança querendo fazer besteira pela casa limpa.


- Garota, amiga do meu coração, eu te conheço que quê você está a planeja?


Olhei ela , andando me rodeando com os olhos a branquinha de saia short, uma blusa branca com seus cabelos castanhos me rodeava e parou a minha frente com um sorriso que mostrava o quanto ela queria sorrir mais ainda com alguma coisa.


- Ah nada não é que eu ...queria ver uma coisinha. - uma risadinha fechada ela deu olhando para cima, para os lados fazendo bico de canto desccruzando seus braços


- Vai Jisoo! Fala! - Fiquei inquieto com aquele mistério todo da menina, o que ela vai fazer!?


Meu último pensamento sumiu, querendo saber o que era mas, eu congelei até parece que prendi o ar sentindo arrepio correr por mim inteiro com um vento passeiro pela minha pele, a menina pegou minha camisa levantando a mesma aleatoriamente olhei ela pasmo quase, baixando minha blusa em seguida descongelando totalmente.


- Jisoo!


A menina caiu na risada, não só caiu na risada. No chão também.


- Desculpa, mas eu queria ver. Ah bonita box amigo.


Meu rosto esquentou com a sua frase.


- Olha, vamos logo você para de falar disso . - Levantei a mesma.


Namjoon mantinha o olhar fixo no garoto, tentando saber se era ele ou não, mas sua concentração e interesse em saber foram embora quando..


- Aristotéles!! - uma mão pequena deu um tapa na parte de trás da cabeça do mais alto.


- Hum? - o moreno saiu do estado estagnado anterior - Açúcar azedinho, quanto tempo.


- É mesmo. - riu o mais baixo de pele clara - Eai, tu já tá aqui achando gente pra..


- Não, calado!! - deu um peteleco na cabeça do mais baixo.


- Sei.. - riu o olhando com malícia - O que tá fazendo aqui sozinho então?


- Só andando por aí, tentando procurar o resto do povo!


- Tu não vai achar ninguém, eles foram fazer as coisas de decoração, vem vamos comer alguma coisa, porque eu to morrendo de fome!


O mais baixo, denominado Suga, parecia querer a companhia do amigo, talvez para ter com quem falar e por querer matar as saudades de dois meses distantes.


- Como foram as férias?


Namjoon sempre gostava de saber o que os amigos haviam feito, já que ele não fora a nenhum lugar muito diferente do comum.


- Ahn.. nada de mais.. - eles caminhavam juntos, falando e as vezes olhando um para o outro durante a fala.


- E seu namoradinho?


- Ah, tem isso... Nós terminamos!


Os dois se entre olharam e moreno mais alto lançou uma pergunta.


- Você não está triste por isso?


- Não, supero rápido! - deu de ombros.


- Tudo bem, Ariana Grande!


- Como? - Suga parecia confuso.


- Os seus relacionamentos são todos na base do "thank u next"?


- Cada dia um apelido diferente, só eu pra aguentar mesmo! - riu o garoto baixo, escostando-se no balcão de pedidos, esperando as outras pessoas a frente serem atendidas.


- O que vamos comer? - Namjoon falou olhando o cardápio.


- Que tal batatinhas e refri?


- Que saudável! - Namjoon falou ironicamente, rindo.


- Como de costume né!


Brr...


Chequei o celular livrando no bolso e cutuquei Jisoo


- Allen está indo comer, chamou a. Gente pra ir.


- Liga pra ele, ele fala mas não fala o lugar as vezes- A morena fez careta


- Não, eu sei qual é o lugar ou imagino ser.


- Ótimo estou faminta mesmo, então corre vêm!


Fui arrastado por Jisoo ainda tentando inicialmente acompanhar ela, bom acho que não acharia mais ninguém por estes lados que estávamos antes de começar a correr e ainda consegui acompanhar ela, caminhadas 5h da manhã até que me ajudou bastante durante 6 meses, ainda farei mesmo na faculdade. Bem Allen deve querer nossa companhia para jogar papo fora além de comer muito.


- Anda Hoseok! Achei o Allen!!


Cheguei me apoiando na parede ofegando e voltei a andar para acompanhar ele.


- Aí cheguei.


- Ah, Hoseok o que vai pedir?


- Ah não sei ainda, Jisoo. O que você sugerir provavelmente será uma Bad Idea. - Olhei ela e indo pegar apenas um refrigerante.


- Magina, vai sabe que gosto de salada , sou saudável. - Ela disse convencida.


- Aiai - sorrio pra ela ao lado


- Thank Me Later, Jisoo por ser alguém saudável. - Comentei pensativo, me virando olhei alguém que me fez virar a cabeça de lado confuso. Alguém que eu não via a milênios. - Namjoon?? Ele está aqui!? - Sussurro para mim mesmo


Ouvindo uma voz de alguém me chamando, apenas sair do fixo para pessoa por Allen me puxando para me sentar.


- Amigo! Estava pensando em quê?... Ou você estava olhando alguém.. - ele sugeriu a última parte sorrindo um pouco malicioso.


- Não, sai fora. Apenas pensando.


Após comprar as benditas batatinhas, Yoongi e Namjoon foram a uma das mesas, próxima a de onde se encontrava Hoseok, porém intretido com toda a conversa do açúcar, o senhor inteligência nem notava o arco-íris, que ele odiava tão próximo.


Os dois comiam e viam algumas coisas nos seus celulares, as vezes prestavam atenção em vídeos aleatórios da tela e até chegaram a falar dos estudos e sobre a inteligência.

Os nossos pedidos não era lá aqueles saudáveis mas, era na medida que a gente considera tranquilo...jogamos muito papo fora sobre muitos assuntos bobos inicialmente.


- Ah nossa Allen lembra de quando tiramos uma foto nosso grupinho da rua ? Lembra Hope?


Olhei a morena com um sorriso calmo suspirei e respire fundo lembrando do dia de tarde 18h com o sol se pondo no verão em horário de verão no meio da rua todos sujos descabelados dando risada mas saiu uma foto muito bonita com o sol atrás de mim.


- Eu lembro, foi a melhor foto daquele ano inteiro e um dos melhores dias .


- Simplesmente aconteceu de tudo naquele dia, Hoseok chorou, eu caí , você perdeu uma ponta do cabelo gigante Jisoo, a Jessy sujou a roupa, o Jadson caiu no meio da rua caiu jogando bola, e a gente caiu da ponte dentro do riacho - Allen deu risada lembrando da apartes mais engraçadas pegando um pacotinho de ketchup para abrir.


O amigo de Jung Hoseok abriu com o dente furou o lado mais cheio do pequeno plástico enquanto Hoseok ria na hora do sofrimento do amigo que tentou oferecer ajuda, que na mesma hora leve esguicho foi a blusa de Jung ambos todos dando risada.


- Aí Hoseok! Desculpa amigo - Ele gargalhou. - Nossa foi muito, vai ver se sai com água!


- Não, vai sair não eu vou trocar a blusa e volto aqui correndo. Coisa rápida.


Seok se levantou e foi caminhando para fora do local enquanto tentava tirar um excesso daquilo, aproveitando no caminho pegou suas coisas e levou pro quarto para trocar a blusa por lá mesmo. O caminho para o quarto é de 5 a 15 minutinhos, rápido, pegou a maçaneta da porta abrindo-a levando suas coisas dentro e deixando em um lado que queria, deixando apenas a bolsa onde deixou camisas fáceis na bolsa.


Será que hoje, tem mais coisas doidas para nós contarmos uns para os outros , eu , Jessy , Jisoo Allen e o Jadson? Aliás onde ele está será? Ajudando a Jessy? Talvez imagino que sim.

Em meus pensamentos até sorria, enquanto passava um pano na blusa preste a tirar ela...


- Calma que eu já vou.. - Namjoon falou ao telefone e abriu a porta de seu quarto, vendo o ruivo de costas para ele, porém ainda sem camisa - Ahn? - notou o garoto se virar e olhou seu abdômen, em seguida as calças e por fim sua face - Ai caralho!


O maior estava paralisado, nem sabia o que dizer, porém nem sequer conseguiu tirar os olhos do abdômen de Hoseok.


" O que foi? " pode ser ouvido do outro lado da linha telefônica, onde estava Jackson.


- Ligo depois! - ainda falou paralisado, apenas movendo o dedão para encerrar a ligação, sem mais nem menos.


Seu olhar e pensamento estavam perdidos no ruivo que estava em seu quarto, ele sentia ódio do garoto, porém aquela gostosura toda o fazia paralisar.


Meu coração parou por minutos, quando virei para trás me faltou ar pela garganta, não esperava ver Namjoon, me bateu certo receio pisquei engolindo e virando o rosto novamente, pegando outra camisa deixando a que eu usava na cama e fechei a bolsa antes de por a camisa.


Logo após a vestindo. Olhei a camisa com muitos pelinhos


- Inferno. - resmunguei abrindo a blusa e a bolsa e retirando ela. E pensando em qual pegar da bolsa que não parecesse que sou algum tipo de baladeiro pra sair de noite , mas com o maior ali mordi os lábios sentindo o olhar dele sobre mim.


Que diabos aquele homem alto estava a pensar do ruivo sem camisa? Nem se pode dizer com certeza já que suas idéias estavam confusas.


- Ahn... O que você tá... - ele parou de falar quando o ruivo expressou certa raiva com a palavra que saiu de seus lábios.


Dessa vez tentou desviar o olhar e passou a mão pela parte de trás de seu pescoço, em seguida, para quebrar o clima estranho, somente pegou o seu livro de cima da mesinha que havia alí.


- Me diga que seu quarto não é esse. - falou sem olhar para o homem, pois a raiva começara a surgir.


Vesti a camisa e estralei o pescoço para os lados soltando leve suspiro me virando-me pra ele.


-Hum-Olhei ele - Bom, é sim. Bom, felizmente é sim. - Peguei o celular na cama deixando aberto dois botões da camisa logo em seguida e puxando a calça um pouco para cima




10 de Maio de 2021 às 22:16 0 Denunciar Insira Seguir história
0
Leia o próximo capítulo Capítulo 2

Comente algo

Publique!
Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a dizer alguma coisa!
~

Você está gostando da leitura?

Ei! Ainda faltam 23 capítulos restantes nesta história.
Para continuar lendo, por favor, faça login ou cadastre-se. É grátis!