Problemas técnicos - estamos enfrentando alguma sobrecarga do servidor, causando grande lentidão no desempenho - seja paciente enquanto resolvemos os problemas.
0
495 VISUALIZAÇÕES
Em progresso - Novo capítulo Todos os Domingos
tempo de leitura
AA Compartilhar

AO ANJO DA MORTE

Tormento…

Que doce encanto,

faz me leve o pesar da prisão.

Quem é você que da morte faz sonho,

e da vida desencanto.

Que saudade é esta?

Onde seduz a dor do vazio,

como ímã que me puxa ao abismo,

como recanto que me conduz ao lar.

Imensa força que faz torpor na minha alma,

que cansa de lutar contra tua vastidão.

Sinto-me fraco, distante, apagando…

busco em um sonho teu semblante, tua ilusão.

Procura ingrata me traz mãos vazias,

como vazio parece estar meu coração.

Onde estás, quem é, como te procurar?

Grande é o meu penar,

sangro sem te ver chegar,

ardo sem te sentir por perto,

vivo, se partindo, a teu lado pareço estar.

Forte apatia se abate em meu corpo,

como transmutação de casca morta,

a grandiosa abstrata forma…

com asas fortes e poderosas,

que possuem o segredo do lar,

a maciez dos braços estendidos,

a leveza de jardins colorido,

às pessoas como pétalas de rosas-brancas…

Cura parece inexistente,

como sólida existência tem meu espírito.

Como se moldasse em meu corpo sua morada,

e se fundisse em meus pensamentos e sentimentos.

Que voz é essa que escuto a sussurrar:

Venha! (precisa colocar um travessão Rob pq n consigo no meu teclado)Diz suavemente.

Vamos para casa! (tb precisa de um travessão Rob) Repete insistentemente.

Sem precisar machucar para convencer…

Ainda te busco mesmo despedaçada,

mesmo ancorada em tanta emoção.

Anseio o retorno e a fuga do abandono,

almejo a paz e o esquecimento dos interesses.

Desesperadamente quero o amor e o definhamento do descaso.

Água pura, sede sua…

Beber seria o renascimento,

solver seria a devoção.

5 de Abril de 2021 às 20:48 0 Denunciar Insira Seguir história
0
Leia o próximo capítulo A TI COM AMOR

Comente algo

Publique!
Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a dizer alguma coisa!
~

Você está gostando da leitura?

Ei! Ainda faltam 14 capítulos restantes nesta história.
Para continuar lendo, por favor, faça login ou cadastre-se. É grátis!