J
Jéssica Silva


Caitlin fez escolhas terríveis, e quando ela achou que tudo estava perdido, encontrou Clint Barton,o homem que deveria matar ela, resolveu lhe dar uma segunda chance.


Fanfiction Seriados/Doramas/Novelas Todo o público.

#Vingadores #Shields
0
422 VISUALIZAÇÕES
Em progresso - Novo capítulo Todas as Quartas-feiras
tempo de leitura
AA Compartilhar

Uma missão na Rússia

  • Caitlin O'Connor


Acordo assustada novamente por conta do mesmo pesadelo, na verdade uma lembrança, do meu pai morrendo diante dos meus olhos, com certeza foi o maior trauma, meu irmão mais velho estava em um reformatório, eu estava sozinha.


Levanto da cama e vou até a varanda do meu quarto ainda está de madrugada e uma brisa boa batia contra mim, me sentei e fiquei olhando para o horizonte. Desde que fiquei sozinha venho procurando algo que me faz me sentir viva, foi quando eles me encontraram uma liga dos assassinos, no começo quando eles vinheram até mim, tive medo, eles sabiam sobre meu pai já ter servido exército, e depois ter virado policial, eles sabiam do meu irmão ter ido parar em um reformatório, sabiam que eu estava sozinha, eles me fizeram uma proposta e na hora eu nem pensem simplesmente aceitei, me mudei, entrei em um treinamento rígido e mórbido até, me tornei uma assassina, a MELHOR assassina, hoje me arrependo de ter feito o que eu fiz, mas acho que já é tarde demais pra mim.


Saio dos meus pensamentos com o meu celular tocando, pego o mesmo e vejo que é do trabalho.


Ligação


—Agente 1080, temos um trabalho pra você, sabe pra onde ter que ir.


—Certo.


Ligação encerrada


Levantei da cama rapidamente e fui tomar um banho, depois de alguns minutos eu já estava pronta e sai do apartamento e fui até meu carro.


Logo cheguei no local secreto, sai do carro e entrei no local.


—Bom dia agente 1080 — diz o guarda Feyer.


—Bom dia Feyer — respondo e então chego na sala do chefe e já entro.


—Sente-se agente — diz meu chefe Victor Asimov. — Aqui está o seu alvo — ele diz me entregando um arquivo. — o nome dele é Nash Virmort, ele está sendo muito prejudicial para nós, você precisa executá- lo.


—Certo — digo.


—Mas temos um problema, ele possui um guarda costas que não sabemos o nome mas o chamar de Soldado Invernal — ele diz. — Então você vai se infiltrar e aprender as fraquezas desse Soldado e usar ao seu favor, vou te dar o prazo de dois meses.


—Deixa comigo senhor — falo.


—Você é a minha melhor agente sei que vai tirar de letra, aqui está seu passaporte e seus documentos,você vai pra Rússia — ele diz e então eu saio da sala.


Caminho para fora daquele local e puxo o ar, entro no meu carro e volto pra casa tenho malas pra fazer.


Quebra de tempo


Depois de algumas horas de viagem finalmente cheguei no meu destino Rússia, eu poderia apreciar o país se não tivesse que fazer uma missão. Após sair do aeroporto peço um táxi e lhe entrego o endereço do hotel que eu iria ficar, só espero que tudo dê certo nessa missão, mas confesso que fiquei curiosa para conhecer esse tal Soldado Invernal.


  • Clint Barton


—Me chamou Fury? — pergunto entrando na sala do chefe.


—Sim, tenho um trabalho pra você Barton, preciso que vá pra Rússia — ele diz.


—Que tipo de trabalho? — Pergunto.


—Era pra ser uma prisão mas conhecendo a pessoa que você vai prender será uma execução, porque não tem jeito de você sair vivo a não ser matando ela.


—Ela? — pergunto franzindo o cenho.


—Sim, Caitlin O'Connor, ela faz parte da liga dos assassinos, ela é a melhor deles — ele diz.


—Tá — digo indiferente.


—Você vai localizar ela, observar, descobrir o que ela está fazendo na Rússia e executá- la.


—Ok — digo.


—Aqui estão seus documentos caso alguém resolva investigar você —ele me entrega e então eu saio da sala.


—E aí vamos beber mais tarde? — Natasha me pergunta assim que saio da sala.


—Vai ter que ficar pra outro dia, tenho uma missão na Rússia — digo.


—Vai falar com a Laura?


—Sim, vou — digo pegando meu celular e ligando para minha esposa.


Ligação


—Alô?


—Laura, eu tenho um missão na Rússia


—Entendi, volta logo eu e o Cooper estamos te esperando.


—Pode deixar, se cuida gravidinha.


—Tá bom, eu te amo.


—Também te amo.


Ligação encerrada.


Saio da agência e vou para o apartamento que eu havia alugado, faço minha mala e vou a caminho do aeroporto.


4 de Março de 2021 às 04:19 0 Denunciar Insira Seguir história
0
Continua… Novo capítulo Todas as Quartas-feiras.

Conheça o autor

Comente algo

Publique!
Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a dizer alguma coisa!
~

Histórias relacionadas