brunapaiva Bruna Paiva

Anne Butcher é uma estudante do ensino médio, que logo sofre com a doença da mãe. Que é requerido uma cirurgia às pressas por ser um tumor cerebral. Mas nem tudo é fácil, ela precisa de 60.000 mil dólares para cirurgia sabendo que não tem nem 100 dólares no bolso. Mas logo ela irá se surpreender com a chegada do bilionário Willian Harrison, que irá lhe fazer uma proposta a troco do 60.000 mil dólares para a cirurgia de sua mãe. Mas será que Anne aceitará a proposta de Willian? "Lembrando que tudo pode acontecer, até amar alguém totalmente diferente de você... E não se esqueça... o amor pode mudar tudo... até uma pessoa."


Romance Chick-lit Impróprio para crianças menores de 13 anos.
0
572 VISUALIZAÇÕES
Em progresso - Novo capítulo Todas as Segundas-feiras
tempo de leitura
AA Compartilhar

Capítulo 1 - Um dia de neve

Hoje o dia está incrivelmente frio. Ás árvores estão todas cobertas de neve e o sol está escondido entre o nevoeiro branco, então vamos dizer que tudo está sem cor, inclusive o meu lindo rostinho que está totalmente congelado.

Estou saindo de casa enquanto as crianças estão brincando de guerrinha de neve na rua, algo totalmente divertido para crianças. Quando uma bola de neve me acertou, sujando meu casaco de branco. Aquilo me fez lembrar dos velhos tempos em que eu e minha mãe brincava-mos de tampar neve uma na outra, era divertido naquela época, mas tudo muda quando você cresce. Continuei andando até que uma das crianças foi até mim me pedindo desculpas. Eu sorri para criança que fez o mesmo...

Fiz uma bola de neve nas luvas e a tampei na criança que saiu correndo toda sorridente, e se juntou as outras crianças. Então prossegui até minha escola que não ficava muito longe da minha casa. Chegando ao meu destino, minha melhor amiga Sara, me aguardava em frente ao ponto de ônibus, que havia ao lado da escola.

__ Oi, Sara! -Cumprimentei sorridente.

__Anne você não sabe o que aconteceu? -Disse Sara colocando ás mãos sobre a cabeça-

__O quê, Sara!? -Perguntei preocupada-

__A minha irmã vai se casar neste final de semana, e a minha mãe quer que eu seja a madrinha! -Completou-

__E isso não é bom? -Perguntei-

__Lógico que não! você não conhece a verdadeira Olívia Murphy! -Gritou ela-

__Ela não pode ser tão ruim assim? e afinal de contas ela é sua irmã! -Disse-

Sara permaneceu em silêncio por alguns minutos... até...

__Anne, será que você poderia pegar o colar que eu aluguei na lojas Tiffany?

__Claro, mais você marcou a hora de pegar? -Perguntei-

__Não, apenas pegue o colar antes das oito horas da noite, que é o horário que a loja fecha. -Sara respondeu colocando seus livros em sua bolsa.
__ Mais será que eles vão deixar eu pegar? -Perguntei-

__Claro que vão, você é minha amiga! -Exclamou-
__Mais eles não sabem disso! é lógico que eles vão desconfiar, e se eu fosse uma ladra e, eles entregassem o colar em minhas mãos, depois ía dar problema para eles. -Disse-

__Verdade, mais deixa que eu vou avisar na loja que você vai pegar, aí não haverá problema algum. -Falou-
__Agora vamos, se não vamos nos atrasar para a aula. -Disse Sara-

Então saímos da calçada e entramos na escola que estava super lotada como sempre. Havia muitos copos de milk shake e papeis no chão, estava tudo uma bagunça, lixos espalhados, meninos tampando bolinhas de papel em um aos outros. E logo a minha frente pude avistar Harry, o garoto mais inteligente da escola. Que fundou o jornal da escola uma ferramenta e um artigo que transpassa todos os acontecimentos da escola, uma coisa muito boa para ser exata, tirando apenas as fofocas e confusões que isso nos traz. Chegando ao encontro de Harry, Sara e eu pegamos o jornal de hoje que estava na bancada a nossa esquerda.
__Bom dia, Harry. -Cumprimentei com um grande sorriso no rosto.

__Como está os jornais esta manhã? -Perguntei.

__Muito bem, você e a Sara nunca perdem um. -Disse ele alegremente.

__Seus jornais são ótimos, tirando as fofocas.- Falei, fazendo Harry cair na gargalhada.

__Mas agora temos de ir, se não pegamos detenção por chegarmos atrasada.- Avisei.

Nos despedimos de Harry e fomos a luta para passar nos corredores que estavam incrivelmente lotados. Estávamos empurrando e pedindo licença para todos para conseguirmos chegar até a sala de aula. Quando tropecei na bola de basquete que vinha rolando pelo chão, em um piscar de olhos estava de bruços no chão. Pude ouvir o som das câmeras, dos clicks e principalmente os sons das risadas. Naquela hora não conseguia me levantar com medo de ver todos a minha volta, com medo de ver todos me olhando, eu estou tão envergonhada. Logo senti a mão de Sara me ajudando a levantar e rapidamente me direcionando para o banheiro. Chegando ao local, Sara me deu uma toalhinha que carregava em seu bolso, peguei de suas mãos e comecei a me limpar.
__Está tudo bem Anne? você se machucou? -Perguntou Sara preocupada.

__Não, só estou com os joelhos doendo.- Respondi.
__Você pode ir indo para a sala, que eu vou só lavar o meu rosto. -Disse abrindo a torneira.
__Tem certeza Anne? Se quiser eu fico com você? -Perguntou ela.

__Pode ir Sara, não quero que pegue detenção por minha causa.- Respondi.
__Tá bom, mais se cuida tá! te vejo na sala. -Disse ela, acenando para mim e indo embora.

Olhei para o espelho que estava em minha frente e comecei a admirar o meu rosto molhado pelas gotas de água, que escorriam pelo meu pescoço. Até o meu telefone começar a vibrar dentro de minha bolsa. Quando o encontrei pude ver que era minha tia Helena então atendi.

__Alô, tia?- Falei.
-É você Anne?- Perguntou minha tia.

__Sim, porquê? Aconteceu alguma coisa? - Perguntei preocupada.
-Sim, a sua mãe passou mal e foi levada para o hospital!- Exclamou ela.

Espero que vocês tenham gostado do primeiro capítulo. É o primeiro livro em que escrevo, então me desculpem se algumas falas não tiveram coerência e se tiveram erros ortográficos. Mas espero que vocês possam continuar lendo e me acompanhando nessa jornada de aprendizado da minha parte, que creio que vou me aperfeiçoar mais e mais a cada capítulo que eu escrever. Então muito obrigado pelo apoio e pelo entendimento, agradecida.

PS: Bruna Paiva

28 de Fevereiro de 2021 às 18:40 0 Denunciar Insira Seguir história
0
Leia o próximo capítulo Capítulo 2 - Quem é ele?

Comente algo

Publique!
Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a dizer alguma coisa!
~

Você está gostando da leitura?

Ei! Ainda faltam 1 capítulos restantes nesta história.
Para continuar lendo, por favor, faça login ou cadastre-se. É grátis!

Histórias relacionadas