alexisrodrigues Alexis Rodrigues

Apenas os pensamentos revoltados de alguém que está de luto novamente.


Histórias da vida Impróprio para crianças menores de 13 anos.

#Morte #Luto
Conto
2
656 VISUALIZAÇÕES
Completa
tempo de leitura
AA Compartilhar

Único

Que péssimo hábito a gente tem de achar que as pessoas que a gente gosta nunca irão nos deixar.

A gente sempre acha que a morte não é algo que vai rolar com a gente ou com eles, só com os vizinhos, os estranhos, os inimigos.

Mas a morte vem pra todo mundo. A gente tende a esquecer isso e não deveríamos.

A gente põe a cabeça no travesseiro pra dormir e pensa: "Amanhã é outro dia, amanhã as coisas vão melhorar".

E então a gente acorda e vê que nada melhorou. Às vezes, tudo que estava ruim piora e muito.

Que mania desgraçada de pensar que estamos seguros, que eles estão seguros, que nada vai acontecer, que vai dar tudo certo.

Pensei que depois de quase nove anos vivenciando pessoalmente o que é o luto, eu saberia lidar com ele.

A verdade é que não importa quantas vezes eu passe por ele, eu nunca irei me acostumar.

Uma avó, um ídolo e inspiração, um ex-irmão de santo.

Quando penso nas próximas pessoas da fila, meu peito dói, meus olhos embaçam, a voz some.

Eu não sei lidar com a morte e não vou mais mentir pra mim. Não tem terapia que me ajude a ficar numa boa, continuando a viver a minha vida, sabendo que aqueles que se foram não irão mais voltar.

Não importa se foi morte por velhice, morte por suicídio, morte por corona.

Como posso ficar em paz comigo mesma sabendo que eles nunca mais poderão tomar um café, ver o dia nascer, sentir o cheiro de terra molhada? Que nunca mais serão abraçados, que nunca mais ouviremos suas vozes?

Eu preciso ser honesta ao menos comigo mesma. Esse papo de: "é a vida" não cola comigo. Não tem sono que deixe a minha cabeça em paz sabendo que aquelas pessoas deixaram de existir. Eu não odeio Thanos à toa. Eu não trago meus personagens de volta à vida à toa.

Eu não sei lidar com a morte e sei que nunca conseguirei. Não tem terapia que compre paz de espírito e tranquilidade, não com tudo isso que está acontecendo.

Não tem ficção e personagens que me ajudem a aceitar a morte, porque eu não aceito! Eu não aceito e nunca aceitarei!

Não tem desespero maior que saber que nunca mais, nunca mais, eu ouvirei aquelas risadas, ou que eles brincarão comigo de uma forma boba só pra gente rir igual besta.

Eu não vou aceitar e eu não vou ficar bem.

Não tem Oxalá, Alá e nenhum outro que me dê paz de espírito. Se eles existem, por que nos deixam sofrer?!

Não, eu vou sentir meu luto.

Eu vou sentir meu luto porque não há como fugir dele.

Eu vou sentir meu luto porque eu preciso dele para me lembrar do que eu vivi com quem se foi.

Eu preciso do meu luto para continuar com a minha vida.

20 de Fevereiro de 2021 às 19:26 1 Denunciar Insira Seguir história
3
Fim

Conheça o autor

Alexis Rodrigues Eu não sei mais quem eu sou, ehehehe :)

Comente algo

Publique!
karina danieli karina danieli
Bonito sua história e uma verdade.
March 02, 2021, 18:51
~