theblueb0y Levi Luka

—Você não precisa me perdoar. — olhou no fundo das orbes negras, com o Sharingan ativado, e o outro olho totalmente branco, desprovido de poder — E não importa o que faça daqui para frente, saiba disso... — ele encostou suas testas, falando com uma voz calma e gostosa de escutar — Eu sempre vou te amar. Sasuke viu aquele sorriso gentil que seu doce Nii-san sempre teve, o sorriso que deixava suas pernas bambas e seu coração mole. Suas respirações se mesclaram, sentia seu rosto ardendo em vergonha. O mais velho não tinha muito tempo restando, então agilizou o que tanto desejava e quis por toda sua vida. Quebrou a pouca distância que os separava, selando seus lábios num beijo suave. E então, ele se foi. Era uma mistura de alegria pelo beijo, dor de tê-lo perdido, raiva daquela maldita vila e vazio pelo choque da situação. Ouviu-se um grito esganiçado de agonia de Sasuke ecoando na caverna, cheio de mágoa, dor, solidão, luto e sofrimento. Mas principalmente, De saudades.


Fanfiction Anime/Mangá Impróprio para crianças menores de 13 anos.

#LGBT #Naruto #Sasuke #Itachi #Gay #Yaoi #BL #Angst #Uchihacest #Oneshot #Incesto #Itasasu #sasuita
Conto
3
2.2mil VISUALIZAÇÕES
Completa
tempo de leitura
AA Compartilhar

Não importa o que você faça, eu sempre vou te amar.

Lá estavam os irmãos Uchiha, dentro daquela caverna escura, úmida e fria, depois da intensa batalha com Kabuto, que estava preso num genjutsu, inerte.

—Rato, Boi, Macaco, Tigre, Dragão, Javali. — Kabuto revelava à Itachi os selos manuais que eram necessários para desfazer o Edo Tensei —

"Então é isso."Ele pensou.

—Muito bem. — disse para si mesmo, fazendo uma breve pausa — Rato...

O jovem ajudante de Orochimaru, dentro da ilusão, o obedecia fazendo os selos manuais, sem questionar.

—Boi. Macaco. — ele ordenava, querendo cumprir sua missão, preocupado com os shinobis que estavam lá fora lutando ferozmente pelo bem da vila, sem perceber seu irmão mais novo ao fundo, com uma face desanimada e triste —

Sasuke ao fundo franziu todo seu rosto, como se sentisse uma dor intensa. Ele suspirou, fechando os olhos e apertando os lábios, antes de quebrar o monólogo do primogênito.

—Acho que... Não importa o que eu diga, né? — a voz grossa, porém juvenil do Uchiha invadiu os ouvidos do moreno de cabelos longos —

O outro ficou alerta, prestando atenção, porém não ousou virar para encará-lo.

Era claramente desconfortável para ambos. A tensão era quase palpável no ar. Eles tinham tanto a dizer. Aqueles sentimentos fortes retornaram ao coração de ambos, e mesmo que tentassem omitir, era bem óbvio que estavam apaixonados, e que se aproximaram muito mais depois que Itachi fora ressuscitado.

—Quando te vi... — ele iniciou novamente, sua voz indicava que estava ansioso — eu te segui para confirmar se Tobi e Danzou diziam ou não a verdade. Mas isso não foi tudo que eu confirmei. — o mais velho sabia do que o caçula falava, e isso fez seu estômago gelar — Quando estou com você, o passado volta. Os sentimentos que eu tinha quando criança, a adoração pelo meu irmão. — mesmo que não pudesse ver, sabia que Sasuke estava triste, e por isso, e por não saber o que falar depois de quase uma declaração, não tinha coragem de olhar — por isso que... quanto mais perto eu chego de você e me sinto como antigamente, mais eu te entendo... e mais eu odeio Konoha por te causar tanta dor! — cuspiu as palavras com ódio; Se não fosse por esses desgraçados, não teria matado quem mais amava no mundo, não teria acontecido aquilo tudo, e eles estariam bem, até juntos, quem sabe — Eu a odeio mais que sempre! Eu sei o que você quer que eu faça. E por você ser meu irmão, você não vai aprovar. Mas também por eu ser seu irmão que, não importa o que você diga, você não vai me impedir! Mesmo que você a proteja agora... Eu vou destruir a Vila um dia.

Itachi não balbuciou uma palavra, não pincelou nem uma expressão. Apenas continuou a falar, retomando a concentração, tentando se distrair de todas aquelas sensações que o invadiam.

—Tigre. Dragão.

—Adeus. — antecipadamente se despediu, sabendo que agora ele partiria, para sempre dessa vez —

—Javali. Edo Tensei no Jutsu... Liberar!

Uma ventania forte e gélida se espalhou para todas as direções, fazendo os cabelos do caçula balançarem.

"Nii-san..."Sasuke disse em sua cabeça, quase como uma súplica para que ele ficasse ali consigo. As palavras ainda estavam entaladas em sua garganta.

Foi quando o corpo do maior iluminou-se numa luz branca que a ficha caiu. Ele realmente partiria desse mundo.

Finalmente, Itachi girou os calcanhares em sua direção, com a cabeça baixa e o braço estendido. Resquícios de seu corpo pairavam no ar enquanto caminhava.

—Ainda temos tempo... Eu sinto minha consciência sumindo lentamente... — vinha em passos pequenos, numa enorme dificuldade — Preciso contar tudo antes de nos despedirmos... Não preciso mais mentir.

Sasuke observava com os olhos arregalados e a boca entreaberta, os lábios secos pelo nervosismo. Uma gota de suor escorria pela sua têmpora esquerda.

—Aquela noite que eu te deixei... Eu fiz sim tudo que Danzou e Tobi te contaram.

O mais novo engoliu em seco, comprimindo os lábios e arregalando ainda mais as orbes negras, numa expressão dolorosamente surpresa.

Então era verdade mesmo...? Ele realmente fizera tudo aquilo para protegê-lo? Por quê fora obrigado? Para evitar uma guerra?

Ele se sentia tão culpado, com tanta raiva daquela vila estúpida... Seu irmão se sacrificou de todas as formas para que ele vivesse bem, e permitiu que o matasse para levar o título de herói. Como ele podia ser tão ingênuo e altruísta aquele ponto? Queria chorar, abraçá-lo e consolá-lo.

—Eu vou te mostrar... A verdade. — ativou seu Sharingan, colocando Sasuke numa espécie de genjutsu para mostrar-lhe suas memórias —

E ele viu... Tudo. Enxergou cada minucioso pedaço de dor que o acompanhava. Que carregou nas costas por anos. Sentiu a dor dele em si, de forma tão profunda, que foi pior do que ser desmembrado em mil pedaços.

—Contei toda a verdade. E não vou ter que fazer de novo... — ele cambaleava para os lados, quase tombando no chão — Eu sempre menti para você e pedi para me desculpar... te mantendo longe de mim. Tudo porquê eu não queria que você se envolvesse em nada disso. — agora entendia que sua escolha só causou mais dor e sofrimento, mesmo que tivesse tentado protegê-lo de tudo, ele ficou mais vulnerável — Mas agora eu acredito... — estava a apenas alguns passos do seu amado irmão — que talvez você pudesse ter mudado o papai, a mamãe e o resto dos Uchiha. Se eu tivesse sido aberto com você desde o começo... — sua mão encontrava-se bem próxima da cabeça dele — olhado em seus olhos e falado a verdade, eu não teria que ficar na sua frente, de cima, como uma falha, e te contar isso. Então, desta vez, quero gravar essa verdade em você.

Sasuke viu a mão do maior próxima a sua testa, e pensou que fosse fazer o mesmo gesto de sempre, que tanto o irritou por anos. Porém, fora diferente. Ele segurou sua cabeça, o trazendo para mais perto.

Ficou sem reação, em choque, totalmente tocado pelas palavras verdadeiras que ele finalmente proferiu, e tímido e corado pela proximidade. Seu coração retumbava dentro do peito, quase a ponto do mais velho escutar.

—Você não precisa me perdoar. — olhou no fundo das orbes negras, com o Sharingan ativado, e o outro olho totalmente branco, desprovido de poder — E não importa o que faça daqui para frente, saiba disso... — ele encostou suas testas, falando com uma voz calma e gostosa de escutar — Eu sempre vou te amar.

Sasuke viu aquele sorriso gentil que seu doce Nii-san sempre teve, o sorriso que deixava suas pernas bambas e seu coração mole. Suas respirações se mesclaram, sentia seu rosto ardendo em vergonha, vendo a mesma reação nas bochechas fofas de Itachi.

O mais velho não tinha muito tempo restando, então agilizou o que tanto desejava e quis por toda sua vida. Quebrou a pouca distância que os separava, selando seus lábios num beijo suave, deixando Sasuke embasbacado.

Oh, céus! Era tão bom, mas tão errado... Mas não importava agora. Fechou seus olhos, aproveitando o contato, sentindo a língua dele pedir passagem em seus lábios, adentrando sua boca com carinho. Ele, inexperiente, acompanhou seus movimentos com certa dificuldade, porém, para Itachi, mesmo que Sasuke não soubesse muito bem o que fazer, estava perfeito.

Ambos estavam em completo deleite, sentindo as texturas macias de seus lábios, o gosto de suas bocas. Só eles sabiam, em segredo, o quanto desejavam aquilo.

O menor o puxou para mais perto pela cintura, com a mão livre, fez um carinho em seus cabelos longos, que quando criança fazia questão de elogiar e sentir o cheirinho gostoso que emanava.

Eles só se separaram quando a alma de Itachi saiu do corpo, subindo, sorrindo para si, falando um suave"eu te amo".O corpo se despedaçou no chão, caindo e revelando o ninja que fora usado para reviver o Uchiha.

O caçula o viu partir com lágrimas nos olhos, proferindo um"eu tambémte amo".Suas pernas estavam tão fracas que despencaram no chão sujo e gelado, suas mãos apoiaram seu tronco. Logo a superfície de terra estava molhada pelas lágrimas que caíam grossas e em abundância.

Sua garganta chiou num ruído que indicava que estava sobrecarregado daquilo tudo.

Chorava alto, como uma criança perdida, soluçando, puxando os cabelos. Ele mal fora, e já sentia imensamente sua falta.

Era uma mistura de alegria pelo beijo, dor de tê-lo perdido, raiva daquela maldita vila e vazio pelo choque da situação.

Seu peito doía de forma fulminante, o ar faltava, seus pulmões imploravam por um pouco de oxigênio. Doía do fundo de seu âmago, e como doía.

Ouviu-se um grito esganiçado de agonia de Sasuke ecoando na caverna, cheio de mágoa, dor, solidão, luto e sofrimento.

Mas principalmente,

De saudade.

25 de Janeiro de 2021 às 02:02 0 Denunciar Insira Seguir história
1
Fim

Conheça o autor

Levi Luka 🔹𝕋𝕠𝕠 𝕨𝕖𝕚𝕣𝕕 𝕥𝕠 𝕝𝕚𝕧𝕖, 𝕥𝕠𝕠 𝕣𝕒𝕣𝕖 𝕥𝕠 𝕕𝕚𝕖🔹 Iae, meu nome é Levi Luka. Bem vindes ao meu lar doce inferno. Quer saber um pouco mais sobre mim? Então toma: 🔭Ele/Dele. 🔭LG(B)(T). 🔭Homem trans. 🔭Obcecado por Naruto. 🔭NaruSasu/SasuIta OTP. 🔭Escrevo porquê me completa, me fascina, mas principalmente, para fugir da realidade. 🔭Apaixonado pela arte. 🔭Minhas criações são minha fonte de energia. 🔭#MakeChesterProud. 🔭Spirit: @theblueb0y

Comente algo

Publique!
Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a dizer alguma coisa!
~