ficsmaddie1611023578 MaddieMermaid

Shaina, cansada das galinhagens de Milo, sai em uma Missão com Ikki de Fênix para localizar um Artefato Mítico que aparentemente estava causando problemas. O que vai acontecer nessa viagem quando estes dois Guerreiros da Justiça com temperamentos inflamados tiverem que trabalhar juntos? Uma fanfic embalada ao som de Johnny Cash.


Fanfiction Anime/Mangá Para maiores de 18 apenas.

#cavaleirosdozodiaco #Cavaleirosozodiaco #saintseiya #ikki-shaina #Fenix-ofiuco #milodeescorpiao #shina #Ikki #fenix
0
625 VISUALIZAÇÕES
Em progresso - Novo capítulo Todas as Segundas-feiras
tempo de leitura
AA Compartilhar

God's Gonna Cut You Down

Go tell that long tongue liar

Vá dizer àquele mentiroso linguarudo

Go and tell that midnight rider

Vá e diga àquele baderneiro noturno

Tell the rambler, the gambler, the back biter

Diga ao andarilho, ao jogador, ao difamador

Tell' em that God's gonna cut' em down

Diga que Deus vai dar um jeito neles

Tell' em that God's gonna cut' em down

Diga que Deus vai dar um jeito neles


Milo olhava incrédulo para a porta, que acabara de bater em sua cara.

_Shaina.... Shaina. Abre a porta, vamos conversar! - dizia ele, dando batidinhas na madeira com a falange mais baixa de seu dedo indicador.

_Vai embora, Milo! Já chega. Você é um cretino! - Gritava ela, de dentro de sua casinha na Vila das Amazonas.

O Escorpião olhava ao seu redor. Àquela altura da madrugada, a vila era praticamente deserta. Além da voz alterada de Shaina era possível apenas ouvir alguns grilos e alguns outros barulhos que eram típicos da noite.

_Shaina, pare com isso.... abre a porta, vamos conversar.... e eu preciso das minhas roupas. – dizia ele, que estava usando apenas calças com o cinto aberto.

Shaina abriu a porta. Tinha a camisa, os sapatos e as meias de Milo nos braços. Atirou as peças no peito do Cavaleiro e fechava a porta quando esse a parou com o pé, e disse:

_Shaina, esqueça isso... não foi nada demais.

Shaina suspirou fundo.

_Milo, estou cansada das suas galinhagens. Achei que estávamos de acordo em ter algo monogâmico, mas pelo visto você não está afim. Então eu também não estou. Passar bem! – e boom, fechou novamente a porta, atingindo o dedão do pé de Milo.

_Mas que bosta, Shaina! - gritou ele, dando pulinhos em um só pé e segurando o outro nas mãos, verificando o dedo. - Você vai sentir a minha falta, tenho certeza.... não vai conseguir viver sem mim e vai me procurar.

Milo se abaixou para pegar as coisas que haviam caido no chão, quando Shaina abrindo a janela, disse:

_Eu não preciso de macho nenhum para viver! Ainda mais um vagabundo galinha!

E fechou a janela após jogar a carteira dele para o lado de fora.

Milo fez uma careta, continuou pegando suas coisas e depois saiu em direção à Casa de Escorpião.

Shaina estava tremendo de raiva. Ela andava, de um lado para o outro de seu quarto enquanto se livrava do vestido e das lingeries que usava.

Ela e Milo haviam começado a ter encontros há alguns meses. No começo era apenas sexo, ou como dizia Marin, “Pica Amiga”. Mas as coisas pareciam estar ficando mais sérias e ele propôs que eles ficassem num relacionamento monogâmico. Não era um namoro, apenas não sairiam mais com outras pessoas. Shaina estava feliz coma decisão, ela não precisava de outros homens, mas Milo agia totalmente diferente, e não perdia oportunidades de flertar com outras mulheres e mesmo de ir além. Dessa vez havia sido uma das servas do Santuário. Mais uma bobinha seduzida pelo brilho daquela Armadura Dourada.

_Ah, mas vá pro inferno. – dizia ela, já despida e entrando para um banho.

Shaina se banhou, colocou seu pijama e foi dormir. Era madrugada de sábado e na manhã haveriam treinos, como em todos os dias. Pelo menos o treino a ajudaria a acalmar aquela raiva toda.

Após duas ou três horas de sono, ela se levantou. Estava cansada ainda, mas preferia descontar sua raiva nos bonecos ou aprendizes no treino. Colocou sua armadura de treinamento, escovou os dentes, pegou uma mochila com algumas coisas, preparou um café, tomou e saiu. Chegou até o Coliseu e vestia suas luvas quando um dos mensageiros veio ao seu encontro, dizendo:

_ Sra. Shaina, bom dia. A Deusa Athena gostaria de vê-la em uma hora em sua sala.

Athena estava fazendo uma pequena revolução no Santuário. Ela havia banido as Máscaras das Amazonas e as estava envolvendo muito mais em missões e deveres do cotidiano. Ela também estava em busca de meninas para substituir alguns dos cavaleiros que já haviam morrido, e Shaina pensou que talvez fosse esse o motivo pelo qual fora chamada. Desde a morte de Cássius ela não havia tido nenhum aprendiz, então talvez Athena tivesse localizado àquela que seria sua nova pupila.

Após 45 minutos de exercícios com o boneco de treino, ela limpou o suor com uma toalha, bebeu água em uma garrafinha, guardou suas coisas na mochila e foi encontrar-se com Saori.

_Bom dia Amazona, como está? - Disse a Deusa, sentada em um pequeno trono, desviando a atenção de uns papéis que lia ao perceber a entrada de Shaina no salão de seu templo.

_Bom dia, Athena, estou bem. Fui chamada, alguma novidade sobre novos aprendizes? - respondeu ela.

_Infelizmente ainda não, Shaina, mas ainda estamos procurando meninas com dons especiais. Creio que em breve poderei lhe dar uma boa nova sobre isso. Eu lhe chamei aqui pois quero que parta em uma missão.

Shaina, embora decepcionada por ainda não ter um pupilo, gostou da idéia. Pensava que iria ser bom se ausentar do Santuário, afinal de contas ela não queria ver Milo nem pintado de Ouro (esse pensamento a fez abrir um pequeno sorriso, “pintado de ouro”... “francamente Shaina você e seus trocadilhos infames” conversava ela consigo mesma, mentalmente).

_Pois sim, Athena, sou toda ouvidos. – disse, voltando a prestar atenção na Deusa.

_Alguns arqueólogos da Fundação estão certos de que localizaram um artefato Mítico, que vem causando alguns problemas, e não podemos permitir que caia em mãos erradas. Vou lhe dar mais informações sobre a missão, juntamente com as passagens em breve. Apenas lhe adianto que primeiro você vai para os Estados Unidos, pois você e o parceiro que escolhi devem escoltar uma Arqueóloga Americana, que os ajudará na localização do objeto, até a América Central. Cremos piamente que o objeto se encontra no local conhecido como “Ring of Fire”, em algum local perto da linha do Equador, na costa do Pacífico.

_Athena me desculpe pela insolência, mas meu inglês anda meio enferrujado, me ajude aqui – disse ela. Como assim iria aos Estados Unidos? Ela mal conseguia falar expressões básicas como “hi, how are you?”

_Não se preocupe, Amazona, o seu parceiro fala bem inglês. Depois de algum esforço consegui localizar o Cavaleiro de Fênix e ele irá ajudá-la, afinal o clima e a geografia na região do Anel de Fogo é muito parecido com o obtido na Ilha da Rainha da Morte, que na verdade não ficava muito longe dalí. Não creio que há necessidade de mandar nenhum dos Cavaleiros de Ouro, você e Ikki são muito bons e creio que executarão a missão com excelência.

Athena sinalizou que havia terminado, Shaina agradeceu, prestou uma pequena reverência e saiu. Ela conhecia Ikki, mas mal havia trabalhado ao lado dele diretamente. De qualquer forma estava confiante em seu taco e tinha certeza de que a missão seria bem sucedida.


Continua...

19 de Janeiro de 2021 às 17:47 0 Denunciar Insira Seguir história
0
Leia o próximo capítulo Cry, Cry, Cry

Comente algo

Publique!
Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a dizer alguma coisa!
~

Você está gostando da leitura?

Ei! Ainda faltam 5 capítulos restantes nesta história.
Para continuar lendo, por favor, faça login ou cadastre-se. É grátis!

Histórias relacionadas