Conto
4
6.1mil VISUALIZAÇÕES
Completa
tempo de leitura
AA Compartilhar

Sobre a Fantástica Solidão

Todos do distrito acompanhavam curiosos aquele período de gestação.

Já faziam quase 7 anos que aquela mulher estava grávida.

Muitos achavam que se tratava de uma mentira sensacionalista.

Mas era real e uma menina nasceu.

Saúde perfeita para uma recém nascida , mas um detalhe instigava. Ela parecia
não se desenvolver fisicamente.

21 anos depois e ela tinha a condição física de uma criança de 3 anos.

Mais ou menos à cada 7 anos ela envelhecia 1.

Aos 13 anos já não haviam mais parentes vivos e pouquíssimas pessoas

sabiam da sua verdadeira história.

Quando completou seu 20° aniversário,

foram 140 anos de juventude e saúde perfeita.

Orava por uma doença ou tragédia que lhe tirasse a vida.

Vivia na escuridão de não pertencer à memória coletiva de uma família,

na tristeza de sempre ser a ultima amiga, aquela que enterrou todas as pessoas

que admirou. Vivia com a certeza que ninguém que realmente importa vai
lembrar da sua história quando ela partir.

10 de Dezembro de 2020 às 15:24 2 Denunciar Insira Seguir história
8
Fim

Conheça o autor

Arnaldo Zampieri Assimétrico como a vida é o meu trabalho. Dividindo essa existência em: Composições, crônicas, contos, poesias e HQs.

Comente algo

Publique!
 Silva Silva
Curto e surpreendente. Achei genial a forma em que você desenvolveu a narrativa de um jeito sucinto passando uma grande profundidade quando chegamos na última linha. Me lembrou o fardo de "seres imortais" nas histórias em que estes criam vínculos com pessoas comuns. Estas se tornam amadas e se vão com o tempo. Aqui foi um jeito mais "crível" eu diria e ainda causa essa reflexão sobre aqueles que amamos e o peso da solidão.
December 10, 2020, 15:31

~