Blue Martell Blue Martell

Talvez seja difícil de entender, acredito que vai, na verdade. Muito pouca gente realmente entenderá, há particularidades de mim que precisam de uma saída, e palavras estranhas e sentimentos intensos proporcionam essa saída, se falados. E essa aqui fará o papel, por enquanto. Mas por mais que haja sinceridade em minhas palavras, elas com certeza serão desconexas, profundas e na maioria das vezes, doloridas. Gostaria de dizer que a poesia que há dentro de mim é bela, doce e bonita de se ver como campinas na primavera. Mas não é, e minha esperança de que seja um dia diminui a cada dia. Mas se ainda assim decidir ficar, saiba que você tem todo meu apreço. Agrada-me sua decisão, poucos a tomaram em relação a mim.


Poesia Oda Para maiores de 18 apenas.

#drabbles #solidão #angst #tragédia #poema
1
934 VISUALIZAÇÕES
Em progresso - Novo capítulo A cada 30 dias
tempo de leitura
AA Compartilhar

1 - Espinhos em Rosas Servem Pra Quê?

A raiva borbulha e assenta.

Como cócegas e falta de fôlego que vem de uma brincadeira sutil.

Eu sei que terminarei isso do jeito que comecei.

Inalcançável.

Talvez ninguém entenda, talvez alguns me perguntem.

A real é o que o invólucro a qual construímos tem a espessura que se deseja criar quando nos machucamos. Talvez até mais forte.

Nós nunca esperamos doçura e compreensão, por isso todas as duas são presentes surpreendentes.

8 de Setembro de 2020 às 19:13 2 Denunciar Insira Seguir história
5
Leia o próximo capítulo 2 - Talvez, Só Talvez, Você Devesse Ter Se Escutado.

Comentar algo

Publique!
Isís Marchetti Isís Marchetti
Olá, Blue, tudo bem? Faço parte do Sistema de Verificação e venho lhe parabenizar pela Verificação da sua história. Confesso que uma parte de mim entendeu completamente tudo aquilo que você disse nesses versos de poemas, talvez uma parte de mim esteja na mesma órbita que a sua, por assim dizer. Já questionei muito o do porque estar aqui e o porque ainda estou, mas após tantos questionamentos e tantas perguntas sem resposta, decidi optar pelo "tinha que ser assim, por isso estou aqui" então acabei por ficar conformada, por assim dizer, e viver um dia de cada vez. Uns dias são altos, outros nem tanto, mas gosto de pensar que estou aqui para ter a oportunidade de vivê-los, até é um pouco contraditório alias, haha. Bom, a coesão e a estrutura do seus poemas (sim, seus, pois li todos) estão ótimas. Eu pude sentir vida neles, a melancólico e ate mesmo os momentos de tristeza, isso foi passado de uma forma bem sutil. Eu achei suas poesias muito profundas, e com um tom bem melancólico, mas eu espero de verdade ver no fim, conforme os poemas forem saindo aos poucos, o lírico ir melhorando e mostrando no fim a alegria de se viver. Abraços.
September 25, 2020, 14:00

  • Blue Martell Blue Martell
    Muito obrigada por ler! Também acho que há dias e dias, e a gente deve viver conforme a vida se apresenta. O eu lírico é alguém confuso, e uma parte misteriosa do todo. Eu também espero que ele melhore, e fique mais feliz depois de toda essa caminhada. Muito feliz com sua opinião 💙✨ 4 days ago
~

Você está gostando da leitura?

Ei! Ainda faltam 7 capítulos restantes nesta história.
Para continuar lendo, por favor, faça login ou cadastre-se. É grátis!

Mais histórias

Clube das Palavras Clube das Palavras
Lua e Sangue Lua e Sangue
Na Beira Na Beira