rav Raven Black

"A vida não é um filme do John Hughes Tyr, ela se parece mais com um conto de horror de Edgar Allan Poe." Sem esperanças de dias melhores e fugindo literalmente de um monstro, Tyr se sente em outro mundo quando se muda com a sua tia e primo para a aparente pacata cidade de Blackbird, no começo dos anos 90. Tentando ao máximo se adaptar com a sua nova vida e a lidar com seus próprios demônios, o garoto se ver cada vez mais submerso pela vida caótica dos jovens da cidade, aos mesmo tempo que se aproxima perigosamente do carismático e sombrio Morfeu.


Horror Horror teen Para maiores de 18 apenas.

#darkfic #258 #metal #grunge #ensino-médio #suspense #horror #adolescentes #rock #bandas
0
890 VISUALIZAÇÕES
Em progresso - Novo capítulo Todas as Quartas-feiras
tempo de leitura
AA Compartilhar

Prelúdio

Quando nasci fui banhado pela esperança e água quente. Disseram a minha mãe que era um milagre eu estar respirando, seja lá qual ser místico ela acreditava, havia olhando por mim, me dado a vida através do espírito santo. Meu pai falava coisas bonitas e ruins, dizia sobre a vida e nossos pecados. Quando os questionamentos vieram, eu me puni, em um flagelo mental a cada pensamento impuro. Porque todos diziam que era errado, sem nem mesmo entender, algo que até mesmo para mim era incompreensível.


Então você chegou, como uma força da natureza. Veio como tornado, furacão e tsunami, engolindo-me com tudo de bom que poderia me oferecer, alimentando-me com o seu néctar e regando-me com a sua sabedoria. Os dias antes taciturnos e carregados de breu, se tornaram luz, vida, música e amor.


Por favor, ache-me como te achei.

Sussurre meu nome pelas paredes.

Tire meu sangue do assoalho.

Eu preciso de você, amor.

20 de Agosto de 2020 às 17:44 0 Denunciar Insira Seguir história
0
Leia o próximo capítulo Dois pratos de trigo pra dois tigres tristes

Comentar algo

Publique!
Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a dizer alguma coisa!
~

Você está gostando da leitura?

Ei! Ainda faltam 1 capítulos restantes nesta história.
Para continuar lendo, por favor, faça login ou cadastre-se. É grátis!