Contagem regressiva para a Copa dos Autores 2020. Registre-se agora e tenha a chance de ganhar prêmios!. Leia mais.
Conto
0
674 VISUALIZAÇÕES
Completa
tempo de leitura
AA Compartilhar

Capítulo Único

Han e Leia observavam Luke e Rey se aproximando de longe.

A General segurava-se forte no ex-contrabandista para não ir correndo abraçar o irmão-gêmeo, mas quando eles ficam enfim próximos um do outro não foi um abraço que Luke recebeu, muito pelo contrário, ganhou justo um soco no braço.

"Nunca mais vá para tão longe de novo!"

Luke pareceu chateado, mas logo formou um sorriso no rosto e agarrou a irmã em um abraço.

Ele olhou para seu amigo Han e novamente parou de sorrir e soltou Leia de uma vez.

"Vocês não estão com raiva de mim? Ou melhor: Vocês deveriam estar com ódio de mim, não deveriam?"

"Luke, por que nós teríamos ódio de você?" Perguntou Leia confusa e até um tanto irritada com a pergunta.

Luke continuou olhando para Han até ele entender oque estava acontecendo com o Skywalker.

"Não foi sua culpa, garoto. Você sabe disso."

"Não, Han, foi minha culpa sim e vocês deveriam ver isso. Você quase foi assassinado pelo seu próprio filho!"

"Mas ele não foi! Han está vivo e Ben não matou o próprio pai, ok?"

"Ela está certa, Luke. Eu estou bem e não é sua culpa Ben ter escolhido o lado errado, mas meio que vai ser sua culpa não fazer nada a respeito. Oque importante mesmo é se você vai nos ajudar a trazê-lo pra casa."

"Eu prometo que não deixarei a escuridão o consumir. Prometo isso a vocês dois, Ben voltará para nós."

"Agora deixe de besteira e venha cumprimentar os outros. Todos estão tão ansiosos para te ver, Luke."

"Já nós vamos, Leia. Só me deixe falar com Luke um pouquinho."

A General se afastou dos dois homens e os deixou a sós.

"Olha, Luke, eu só queria que soubesse que eu não sei se vai fazer alguma diferença, se algo vai melhorar ou se é o começo do fim. Mas eu estou feliz por ver a sua cara idiota na minha frente de novo, e mais ainda por nós três estarmos juntos novamente."

"É como nos velhos tempos, não é?"

"Sim, eu senti falta disso e ela também."

"Eu estou aqui agora e posso lhe assegurar que nunca mais terão do que sentir falta."

Os dois amigos e amantes se olharam por uma última vez até serem interrompidos por um dos pilotos de Leia e ambos sabiam muito bem que não deviam demorar nem mesmo um segundo para correrem atrás de sua princesa.

11 de Agosto de 2020 às 12:42 0 Denunciar Insira Seguir história
0
Fim

Conheça o autor

Brave Princess Ana | 18 | Bi Ace | INFP | Spirit / Nyah / AO3: Brave_Princess | Twitter: boowiewho | Tumblr: iammyownsaviour

Comentar algo

Publique!
Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a dizer alguma coisa!
~

Mais histórias

Tell me a secret Tell me a secret
Poções Poções
As aparências enganam As aparências enganam