nathfly Nathalia Azevedo

Entre diversas maneiras de encontrar alguém, eu encontrei uma pessoa, da maneira mais exótica que se pode imaginar. Quem consegue encontrar o amor na sua última noite? Nesse livro todas as suas expectativas de achar alguém na Terra, serão afundadas. Mas não desanime, ele pode estar por esse mundo, o mundo chamado a sua própria mente.


Drama Impróprio para crianças menores de 13 anos.
0
883 VISUALIZAÇÕES
Em progresso - Novo capítulo Todas as Quartas-feiras
tempo de leitura
AA Compartilhar

A Última Noite

Era uma linda noite de verão, para alguns. Mas para Anna, era somente a última. Ela estava conviccta disso, mais do que ninguém, ela tinha certeza disso. Essa era a sua última noite.

Em uma rua escura , com lágrimas nos olhos e mil pensamentos em sua mente, incontáveis despedidas. Quando na verdade ela sabia que os únicos que iam sentir a sua falta seriam seus pais "adeus paizinho, eu sei que você vai conseguir seguir em frente, sei também que vai ficar ao lado da mamãe quando ela sentir saudades." ela sussurrava essas palavras enquanto soluçava. Era evidente a sua tristeza e desespero. O grande azar era não ter niguém para vê-la assim. Até o momento em que ela dobrou uma rua, no caminho para os seus últimos passos na terra. Um jovem aparentemente feliz voltando do lugar encontrava a sua dose diária de felicidade avistou Anna, e com ela avistou uma tristeza profunda e um abismo onde ela estava prestes a se jogar.

Esse jovem não era o tipo de qualquer menina, mas era perfeito para Anna. Ele era cheio de sonhos, alegria e amor. Anna precisava de alguém assim, principalmente no momento onde se encontrava.

Ele sem exitar foi em direção de Anna tomado pela dúvida e compaixão "o que aconteceu com aquela menina?" essas eram as palavras que rodeavam os seus ouvidos desde o primeiro momento em que a viu. Quando ele perguntou a ela, o que se passava em seu coração, ela o ignorou, assim como ela sempre fez com todos ao seu redor.

Anna estava presa, presa em seu próprio mundo. O mundo de tristeza que ela mesma criou para viver. E mesmo que ela quisesse ela não encontrava a saída desse labirinto, onde tinha lembranças e traumas em cada parte. Mas o jovem que se chamava Joe, tinha algo diferente. Ele insistiu até conseguir entrar no mundo que era criação dela. No começo ela sentiu medo, por saber que não havia só ela nesse mundo caótico, a partir daquele momento, Joe estava em seu mundo.

Ela desabou e largou todas as correntes em que estava aprisionada. Enquanto Joe observava todas as lembranças e traumas que havia naquele labirinto onde ela estava presa. Ele destruiu tudo e disse:

- Se isso te causa dor então destrói.

Graças a Joe, Anna achou a saída do labirinto. As palavras de Joe confortaram o coração de Anna, e trouxeram ela de volta a Terra. A Terra em que ela tinha nascido pra viver, a Terra de sonhos e promessas. Alguém que ela tinha conhecido a menos de 30 minutos poderia mesmo fazer isso? E a resposta pra essa pergunta é sim, Joe conseguiu fazer isso. Depois de um abraço confortador, Anna olhou ao seu redor e disse:

- O que? Tudo isso não passou de um sonho?


29 de Julho de 2020 às 23:18 0 Denunciar Insira Seguir história
1
Continua… Novo capítulo Todas as Quartas-feiras.

Conheça o autor

Comentar algo

Publique!
Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a dizer alguma coisa!
~