Contagem regressiva para a Copa dos Autores 2020. Registre-se agora e tenha a chance de ganhar prêmios!. Leia mais.
oiretimec Luis Fernando

A continuação de Eu sei aonde você está. Dois anos após os terríveis acontecimentos que marcaram sua vida, Nely tenta retomar sua vida. Ela vive agora com sua amiga Sandra e tenta se livrar da sombra de seu assombroso passado e das lembranças de seu ex marido psicopata. Nicolas, um de seus amigos, tenta ajudá-la de todas as formas e parece manter uma espécie de obsessão por ela. Na tentativa de fazê-la esquecer o passado ele organiza uma viagem ao campo, entre amigos. Nely é relutante mas, convencida por Sandra acaba aceitando. Mas o que parecia ser uma descontraída semana no campo acaba se tornando um novo pesadelo quando Coder ressurge para terminar sua cruel vingança.


Suspense/Mistério Impróprio para crianças menores de 13 anos.

#medo #psicopata #assassino #mistérios #terror #suspense
0
1.1mil VISUALIZAÇÕES
Completa
tempo de leitura
AA Compartilhar

INTRODUÇÃO

EPÍGRAFE

"Às vezes estamos perto demais de alguma coisa para conseguir enxerga-la."

REVIVAL

Stephen King



Em 1998 eu criei uma história chamada O predador da montanha, um terror que nasceu de uma outra ideia que nunca chegou a ser escrita de fato, que tinha em sua ideia principal um assassino mascarado que atacava com uma foice.

O predador da montanha tinha algumas inconsistências normais a todo escritor em início de carreira, e tratava-se de uma repetição de mortes aparentemente sem explicação. As dificuldades principais da história original estava principalmente no fato de não haver uma explicação sobre quem era o assassino e porque as pessoas estavam morrendo.

Em 1999, eu fiz uma tentativa de melhorar isso mas acabei criando uma história totalmente diferente, um suspense onde uma garota enfrentava a fúria de seu ex marido que queria matá-la a todo custo e acabava eliminando seus amigos um a um.

Na época eu tinha conhecido uma garota de treze anos chamada Nely que era uma gracinha, e essa Nely me encantou tanto que eu resolvi colocar ela como personagem principal da história. A história era meio longa e eu acabei criando, sem querer meu primeiro romance que naquela época ainda se chamava OPredador da montanha ( A história só passou a se chamar Eu sei aonde você está em finais de 2001). Essa história tinha uma continuação. Na verdade tinha mais três continuações. É uma coisa meio complicada, mas vou tentar explicar.

Ainda em 1999, eu escrevi a segunda parte da história que se chamava O predador da montanha parte 2. O texto do livro passou a ser quase que integralmente, o texto do conto (O predador da montanha) que eu escrevi em 98. Eu só mudei alguns detalhes para encaixar a história de Nely, o nome dos personagens e o final da história.

No mesmo ano apareceu o projeto da terceira parte do romance que na verdade seria escrito somente em 2001.

O que eu fiz foi pular a terceira parte e escrever a quarta parte. O predador da montanha 4, na verdade foi escrito por causa da Nely (a Nely real). Eu me lembro que escrevi a história bem rápido, e uma amiga minha levou a história depois de pronta para a Nely ler, ela leu e adorou, o que para mim foi uma espécie de incentivo.

Mas o predador da montanha 4 era relativamente curto para ser um romance e ficou um pouco esquecido por algum tempo.

Nesse processo eu acabei meio que desistindo da ideia de continuar o romance de O predador da montanha e resolvi reunir o conto que tinha escrito em 98 e O predador da montanha 4 em uma coletânea (Rastros do medo - O predador da montanha).

Escrevi na sequência, coloquei a história de 98 na frente, escrevi mais duas (OVNI- O predador da montanha 2, O predador da montanha 3) , e fechei com o predador da montanha 4 tirando a Nely como personagem principal do conto.

Os anos passaram-se. Vieram as queimadas, as primeiras reconstruções. Novos romances e ideias. Em 2001, finalmente eu resolvi colocar a parte 3 da história no papel. Eu já tinha mudado o nome da novela para Eu sei aonde você está, e a terceira parte se chamou Eu achei você, porque depois de um tempo vivendo escondida o psicopata finalmente acha Nely e tenta matá-la de novo

A segunda parte se chamou Eu ainda sei aonde você está, e foi destruída algum tempo depois em alguma queimada. Passaram-se anos sem que eu me interessasse em reconstruir a saga de Nely até que eu decidi fazê-lo.

Foram três reconstruções diferentes de Eu sei aonde você está, até que eu decidisse fazer a parte dois. Quando fiz a primeira reconstrução de Eu ainda sei aonde você está em 2010, mantive apenas a ideia principal do livro e criei um novo formato de texto. O resultado foi bom, mas o texto não me agradou muito.

Em finais de 2013, veio uma outra versão também com um texto não fiel ao de 1999 e também esse se tornou obsoleto, na minha modesta opinião. Essa edição foi para o fogo, como fiz com as outras.

Em 2015 veio a quarta edição do texto, e ele foi o mais aproximado da versão de 99. Mas ao fazer uma revisão no texto descobri algumas lacunas e discordâncias que manchava a história. Não. Essa não era a versão que eu queria fazer.

Trabalhei algum tempo depois na reconstrução de Eu sei aonde você está (primeira parte) com 99% de exatidão no texto em relação ao de 1999. Até que cheguei nessa versão aqui, a quinta edição.

O que eu queria dessa vez era fazer uma cópia exata da versão de 1999. e para isso o que eu precisava era do texto do conto O predador da montanha de 98. O que eu fiz aqui foi praticamente o mesmo que fiz em 99, ou seja, comecei dando sequência de onde a historia parou em Eu sei aonde você está, depois coloquei o texto de O predador da montanha e o modifiquei em alguns pontos incluindo o final. Troquei os nomes dos personagens e pronto. Temos o texto original de Eu ainda sei aonde você está dezoito anos depois

-----------------------------












22 de Julho de 2020 às 22:53 0 Denunciar Insira Seguir história
0
Leia o próximo capítulo HÁ DOIS ANOS ATRÁS

Comentar algo

Publique!
Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a dizer alguma coisa!
~

Você está gostando da leitura?

Ei! Ainda faltam 36 capítulos restantes nesta história.
Para continuar lendo, por favor, faça login ou cadastre-se. É grátis!

Mais histórias

A detetive Duda Danger A detetive Duda Danger
Miranda Miranda
Quem matou Summer? Quem matou Summer?