jpsantsil Jp Santsil

Não sou ponto Só uma vírgula Na confluência


Poesia Todo o público.

#poesia
Conto
0
881 VISUALIZAÇÕES
Completa
tempo de leitura
AA Compartilhar

Presença

Sou mais

Do muito mais

Do que imaginais

Sou menos

Do pouco muito

Que restais

Não sou homem

Nem mulher

Nem animais

Não me enquadro

No quadrado

Belo quadro

Dos mortais

Nem pensamento

Nem emoção

Nem sentimento

Nem frio

Nem calor

Nem dor

Nem pulsamento

O que me resta

É o resto do julgamento

Na referência

Que discrimina

A dimensão

Na ilusão

Do espaço-tempo

Não sou ponto

Só uma vírgula

Na confluência

Não me igualo

Na matemática

Da ciência

Nem partícula

Nem onda

Só frequência

Não sou mais

Nem muito menos

Que presença

2 de Julho de 2020 às 14:21 0 Denunciar Insira Seguir história
2
Fim

Conheça o autor

Jp Santsil Nasceu em Salvador, capital do Estado da Bahia, tendo se dedicado mais da metade de sua vida a projetos de ativismo social, educacional, cultural e ecológico com crianças e jovens em estado de risco e extrema pobreza nas favelas e comunidades carentes do Brasil e Ecuador. Atualmente vive e é cidadão do Estado de Israel, oriente médio asiático, onde se dedica a projetos ecologicamente sustentáveis. ​

Comentar algo

Publique!
Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro a dizer alguma coisa!
~